Coreia do Sul está desenvolvendo “bomba de apagão”

A Coreia do Sul está desenvolvendo tecnologia capaz de paralisar os sistemas de energia norte-coreanos no caso de um potencial conflito militar entre os dois países, informou a agência Yonhap do domingo (8).

De acordo com a agência Yonhap, a tecnologia está sendo desenvolvida pela Agência de Desenvolvimento da Defesa da Coreia do Sul.

A tecnologia terá como alvo apenas os sistemas de energia elétrica, adiantou a Yonhap. A bomba dispersará uma nuvem de fibra de carbono sobre instalações elétricas da Coreia do Norte, bloqueando a atividade dos sistemas de energia elétrica.

Recentemente, o governo da Coreia do Sul declarou que “está monitorando atentamente a situação, havendo a possibilidade de a Coreia do Norte levar a cabo provocações nos dias do aniversário do partido” com referência à informação sobre os alegados preparativos de Pyongyang para novos testes de mísseis balísticos.

(dr) Yonhap News

A “bomba do apagão” da Coreia do Sul

Pyongyang tem de mais de 7.000 bases subterrâneas

De acordo com estimativas realizadas pelos militares sul-coreanos, na Coreia do Norte há mais de 7.000 bases e instalações militares subterrâneas, informa a agência sul-coreana Yonhap citando fontes do Ministério de Defesa do país.

Especialistas militares estrangeiros confirmam que há muito tempo que Coreia do Norte usa este método de esconder instalações militares e estatais importantes debaixo da terra e nas numerosas montanhas do país.

Segundo assinalou o colunista do jornal russo Rossiyskaya Gazeta Oleg Kirianov, este método permite esconder as instalações e protegê-las de possíveis ataques aéreos. Os engenheiros da Coreia do Norte têm ganhado fama por sua capacidade de construir túneis muito profundos em prazos curtos, acrescentou o especialista.

Em particular, nas montanhas de Myohyangsan, que estão situadas no centro do país, em apenas um ano foi construído um enorme complexo, diretamente nas rochas, que atualmente serve para guardar os presentes recebidos pelos líderes da Coreia do Norte, Kim Il-sung, Kim Jong-il e Kim Jong-un.

O complexo representa vários quilômetros de corredores subterrâneos e salas dentro da rocha maciça.

Ciberia // Sputnik News

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. essa bomba já existe. foram os americanos que criaram.
    desativa todos os sistemas eletrônicos em um raio do tamanho do território dos EUA.
    como água, luz, esgoto, comunicações, tudo depende de chips de computadores, hoje, todo esse espaço seria afetado.
    como dizem especialistas, na Internet, seria a volta imediata ao século 18.
    a Coréia do Norte só faz copiar o que já existe, a partir de dados enviados por espiões.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …