Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora.

Já são mais de 81 mil infectados pelo vírus e mais de 2.700 mortes em decorrência da infecção respiratória chamada de Covid-19, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins. No ocidente, a Itália anunciou a sua décima segunda vítima fatal e, hoje (26), o Brasil confirmou o primeiro caso na América Latina.

Enquanto o vírus da Covid-19 se espalha, médicos de todo o mundo se mobilizam contra o coronavírus e procuram desenvolver ou ainda resgatarem vacinas (já existentes) que podem ser administradas contra essa cepa.

É o caso do médico e pesquisador norte-americano Peter Hotez, especialista em vacinas e doenças infecciosas da Baylor College of Medicine, no Texas, que investiga o uso de medicamentos desenvolvidos para o combate da SARS (Síndrome respiratória aguda grave).

Durante o surto da SARS, também originária da China em 2002, Hotez trabalhou no desenvolvimento de uma vacina capaz de proteger ratos, em laboratório, contra o vírus. No entanto, o projeto foi abandonado e a vacina nunca foi testada em seres humanos, porque foram necessários 16 anos (após o término do surto de SARS) para fabricá-la.

Agora, Hotez acredita que pequenos ajustes possam transformar essa vacina em uma defesa viável contra o Covid-19. Isso porque a SARS e o Covid-19 são altamente semelhantes, por serem ambos coronavírus — um termo genérico para uma categoria de vírus que leva a infecções do trato respiratório superior — e compartilham 82% de seu genoma.

Mesmo assim, a vacina, que ainda não foi testada em humanos e está parada há quatro anos em um “freezer”, provavelmente não ajudará na maneira em que está configurada hoje. Mesmo assim, Hotez acredita que ela seja um bom ponto de partida.

“Pode exigir alguns ajustes, mas é estável”, afirma James LeDuc, diretor do Laboratório Nacional de Galveston, financiado pela Universidade do Texas, que colaborou com os pesquisadores da Baylor. “Todo vírus é diferente, apresenta algumas adaptações”, esclarece LeDuc sobre a necessidade de algumas adaptações na vacina.

Para alterar a fórmula da vacina e testar em humanos, Hotez solicita subsídios para financiar seu projeto. Segundo o cientista, esse não será um caminho fácil, porque as empresas farmacêuticas não estão interessadas neste financiamento — a não ser que o Covid-19 se torne uma doença sazonal, ou seja, recorrente.

COMPARTILHAR

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …