Coronavírus leva governo de Israel a se dar ‘poderes especiais’ de espionagem

Kremlin.ru / Wikimedia

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

O governo israelense aprovou medidas de emergência que autorizam suas agências de segurança a rastrear os dados de telefones celulares de pessoas com suspeita de coronavírus.

Os novos poderes serão usados ​​para reforçar a quarentena e alertar aqueles que podem ter entrado em contato com pessoas infectadas. As leis temporárias foram aprovadas em reunião do Executivo durante a noite, ignorando o Parlamento.

A Associação dos Direitos Civis de Israel disse que a mudança “abre um precedente perigoso”. Tais poderes são geralmente reservados para operações de combate ao terrorismo.

Detalhes de como o “monitoramento cibernético” funcionará não foram divulgados, mas entende-se que os dados de localização coletados pela Shin Bet, a agência de segurança doméstica, serão compartilhados com as autoridades de saúde.

Uma vez que um indivíduo seja destacado como um possível caso de coronavírus, o Ministério da Saúde poderá rastrear se a pessoa está cumprindo ou não as regras de quarentena.

Também pode enviar uma mensagem de texto para pessoas que podem ter entrado em contato com elas antes que os sintomas surgissem.

O chefe do sistema de justiça disse que a medida salvaria vidas, enquanto o primeiro-ministro de Israel disse que alcançou um equilíbrio entre as necessidades de saúde pública e os direitos civis.

Israel ainda está nos estágios relativamente iniciais da pandemia – e muitos israelenses comuns estão acostumados a cumprir as medidas que consideram importantes para sua segurança. Mas a pandemia é uma ameaça à saúde pública, não à segurança.

O principal teste para as agências de vigilância estará em sua eficácia a longo prazo: se elas podem retardar a propagação do coronavírus. Alguns têm dúvidas.

Em uma região muitas vezes tensa e dividida, cada vez mais partes da infraestrutura de segurança estão sendo usadas também para a área da saúde pública pelas autoridades israelenses e palestinas.

A escala e a duração das crises econômica e de saúde podem sobrecarregar essa situação. Israel confirmou mais de 300 casos do vírus e impôs uma série de outras medidas para impedir a propagação.

Elas incluem o fechamento de escolas, shopping centers, restaurantes e a maioria dos locais de lazer, além de limitar o número pessoas em encontros para até 10. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, diz que as novas medidas durarão apenas 30 dias.

Israel é uma democracia e devemos manter o equilíbrio entre os direitos civis e as necessidades do público. Essas ferramentas nos ajudarão a localizar os doentes e impedir que o vírus se espalhe”, disse ele.

Embora isso não seja público, acredita-se que outros países colhem dados de telefones celulares para serem usados ​​em programas de vigilância em massa ou em investigações criminais específicas que requerem permissão legal caso a caso.

O sofisticado sistema de vigilância em massa da China também está sendo usado para controlar os indivíduos infectados.

A Tencent, a empresa por trás do popular aplicativo de mensagens WeChat, lançou um recurso de rastreamento baseado em código QR.

O aplicativo “detector de contato próximo” notifica o usuário se ele esteve em contato próximo com um portador de vírus e determina quarentenas.

Na Coreia do Sul, tecnologia semelhante foi criticada como uma invasão de privacidade, já que algumas pessoas foram acusadas de ter casos extraconjugais com base na divulgação de seus dados de localização.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …