EUA mudam posição histórica e afirmam que colônias de Israel não são ilegais

Os Estados Unidos afirmaram nesta segunda-feira (18) que não consideram mais os assentamentos de Israel na Cisjordânia ocupada uma quebra do direito internacional.

A mudança foi anunciada pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que afirmou em coletiva de imprensa que os assentamentos não são “por si só, inconsistentes com o direito internacional”.

O chefe da diplomacia de Washington criticou um parecer de 1978 do Departamento de Estado que classificou os assentamentos como ilegais. É a mais recente das medidas do governo Trump para reforçar o domínio de Israel sobre a Cisjordânia e Jerusalém Oriental, territórios reivindicados pelos palestinos para estabelecer seu próprio estado.

Cerca de 600 mil israelenses vivem em assentamentos em territórios ocupados da Palestina.

“Chamar o estabelecimento de assentamentos civis inconsistentes com o direito internacional não funcionou, não avançou a causa da paz. A dura verdade é que nunca haverá uma resolução judicial para o conflito, e argumentos sobre quem está certo e quem está errado por uma questão de direito internacional não trará paz ”.

Pompeo disse que a decisão dos EUA não deve ser usada como precedente para nenhuma outra parte do mundo ou interpretá-la como uma tentativa de prejudicar o status final da Cisjordânia.

“Não estamos tratando ou prejudicando o status final da Cisjordânia. Isso é para israelenses e palestinos negociarem”, acrescentou.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, agradeceu à administração de Trump por “corrigir um erro histórico”.

“A política reflete uma verdade histórica – o povo judeu não é colonialista estrangeiro na Judéia e Samaria [nome de Israel para a Cisjordânia]. Na verdade, somos chamados judeus porque somos o povo da Judéia”, dizia o comunicado de Netanyahu.

Diferentemente de Israel e dos EUA, a comunidade internacional vê a presença e expansão de assentamentos judaicos na Cisjordânia ocupada e na anexada Jerusalém Oriental como um medida ilegal e que é o dos principais obstáculos para a paz no Oriente Médio.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …