Descoberto método inovador para formar vasos sanguíneos no coração

Unknow / Wikimedia

No âmbito de um estudo internacional foi descoberto um método inovador para induzir a formação de novos vasos sanguíneos no coração, abrindo perspectivas para o aparecimento de outros tratamentos de doenças cardiovasculares.

Uma pesquisa internacional, liderada por Henrique Girão, da Faculdade de Medicina de Coimbra (Portugal), “permitiu descobrir como induzir a formação de novos vasos sanguíneos no coração, usando exossomas produzidos por células em cultura“, anunciou a Universidade de Coimbra (UC) em nota enviada à agência Lusa.

A descoberta poderia abrir caminho para “abordagens terapêuticas inovadoras no tratamento de doenças cardiovasculares”, destaca a UC.

Os exossomas – “pequenas vesículas sinalizadoras que permitem a comunicação e compartilhamento de informação entre células, órgãos e tecidos” – podem ser encontrados na “maioria dos fluidos biológicos, incluindo sangue, urina e saliva”, circunstância que tem merecido grande atenção por parte dos cientistas, dado o seu “enorme potencial terapêutico e de diagnóstico”.

No estudo, os pesquisadores demonstraram que “o conteúdo destas pequenas vesículas varia com as condições a que o coração é sujeito”, isto é, “a informação veiculada pelos exossomas é determinada pelos estímulos, ou danos, induzidos no coração, como é o caso da isquemia, que leva ao enfarte do miocárdio”, explica a UC.

A partir desta informação, a equipe de especialistas “descobriu que exossomas libertados por células do músculo cardíaco sujeitas a isquemia têm a capacidade de libertar sinais que promovem o crescimento de novos vasos sanguíneos no coração“.

As células do músculo cardíaco, “quando deixam de ser devidamente alimentadas, por privação de nutrientes e oxigênio, devido à obstrução de um vaso sanguíneo, emitem pedidos de ajuda com o objetivo de estimular o crescimento de novos vasos sanguíneos que possam compensar os que se encontram bloqueados ou disfuncionais, permitindo restabelecer a circulação sanguínea e a função cardíaca“, adianta Henrique Girão.

Os especialistas começaram, assim, a “identificar o tipo de mensagem que é emitido pelas células do músculo cardíaco, quando expostas a condições adversas”.

Depois, acrescenta o pesquisador da Faculdade de Medicina da UC, foi demonstrado que são “exossomas ricos em determinadas moléculas reguladoras, denominadas miRNA, os responsáveis por induzir os mecanismos que levam ao crescimento de novos vasos sanguíneos, em um processo designado como angiogênese“.

Ensaios realizados no âmbito do mesmo estudo, com cobaias às quais foram aplicadas, através de uma injeção intracardíaca, exossomas liberados pelas células danificadas, permitiram verificar que, ao fim de um mês, os corações dos animais sujeitos ao tratamento apresentavam mais vasos sanguíneos e registravam uma melhoria da função cardíaca.

A descoberta, publicada na revista científica Cardiovascular Research, pode “abrir portas a abordagens terapêuticas inovadoras para tratar doenças do coração provocadas por disfunção vascular como, por exemplo, no caso do enfarte do miocárdio, a principal causa de morbilidade e mortalidade em todo o mundo”, salienta Henrique Girão.

“Além de doenças cardíacas, a abordagem poderia ser útil em outras patologias em que a terapia passe pela promoção do crescimento de novos vasos”, conclui o pesquisador.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …