Destroços de porta-aviões dos EUA afundado na Segunda Guerra são encontrados na Austrália

Os destroços do USS Lexington, um porta-aviões norte-americano da Segunda Guerra Mundial bombardeado pelos japoneses no mar de Coral em 1942, foram localizados ao largo da costa leste da Austrália, por uma equipe do cofundador da Microsoft, Paul Allen.

O que ainda resta do porta-aviões USS Lexington foi descoberto neste domingo (4) pelo barco de pesquisa do multimilionário Paul Allen, o Research Vessel Petrel, a cerca de 800 quilômetros ao largo da costa leste da Austrália.

Os destroços se encontravam a 3 mil metros de profundidade. A equipe do fundador da Microsoft divulgou fotografias e vídeos que mostram os restos da embarcação. O USS Lexington foi um dos primeiros de uma longa linha de porta-aviões, com carcaças de aviões particularmente bem preservadas, apesar de estarem há 76 anos no fundo do mar.

“Com base na geografia, na época do ano e em outros fatores relevantes, eu e Paul Allen trabalhamos para determinar quais as missões que merecem ser realizadas”, explicou Robert Kraft, diretor de operações submarinas.

Para Kraft, o USS Lexington era uma prioridade. “Planejamos localizar o Lexington durante cerca de seis meses”, adiantou ao Business Insider.

As expedições lideradas por Allen resultaram também na descoberta do USS Ward, do USS Astoria, do navio de guerra japonês Musashi, do navio italiano da Segunda Guerra Mundial Artigliere e do USS Indianapolis.

Os destroços deste último foram localizados no fundo do Pacífico Norte, a mais de 5,5 mil metros de profundidade. O USS Indianapolis foi o navio cruzador da Segunda Guerra Mundial que desempenhou um importante papel no bombardeamento atômico de Hiroshima, antes de ser torpedeado por um submarino japonês.

Paul Allen foi fundador da Microsoft, em parceria com Bill Gates. O bilionário da Microsoft desenvolveu ainda o maior avião do mundo. A aeronave, que foi criada com o objetivo de ser lançada ao espaço, tem características técnicas que lhe permitem transportar cargas de até 250 toneladas.

Além disso, informa o Público, Allen irá investir mais 125 milhões de dólares nos próximos três anos para equipar máquinas com senso comum. O objetivo é garantir que a inteligência artificial sabe que não se deve virar um copo cheio de água ao contrário (a não ser para jogá-la fora), por exemplo.

No USS Lexington estavam, no total, 35 dispositivos embarcados, dos quais a equipe de Paul Allen disse ter avistado 11. Em uma das fotografias, é possível observar um desenho do Gato Félix e, ao lado, quatro bandeiras japonesas que assinalam, provavelmente, o número de aviões inimigos abatidos.

O Lexington, carinhosamente apelidado de “Lady Lex“, ficou muito danificado após a batalha do mar de Coral, ocorrida entre 4 e 8 de maio de 1942 – a primeira entre porta-aviões, através dos respectivos aviões.

Os norte-americanos decidiram então afundá-lo no fim da batalha, que custou a vida a mais de 200 membros da tripulação. Segundo o Jornal de Notícias, os sobreviventes foram transferidos para outras embarcações ainda antes do afundamento.

A batalha do mar de Coral é considerada uma vitória estratégica para os Estados Unidos porque obrigou, pela primeira vez, o império japonês a travar sua expansão.

O pai do almirante Harry Harris foi um dos combatentes retirados do “Lady Lex”. O almirante, que deverá se tornar embaixador dos Estados Unidos na Austrália, prestou homenagem à tripulação do navio de guerra.

“Homenageamos a coragem e os sacrifícios dos marinheiros do Lady Lex e de todos aqueles que combateram durante a Segunda Guerra Mundial, continuando a garantir a liberdade que eles defenderam para todos nós”, declarou.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

VSR: o pouco conhecido vírus que se espalha entre crianças no mundo e também no Brasil

No início de 2021, a equipe do Hospital Infantil de Maimonides, no Brooklyn, em Nova York (EUA), começou a experimentar uma cautelosa sensação de alívio. Os casos de covid-19 na cidade estavam em queda. Como …

Com popularidade em queda, premiê britânico Boris Johnson reforma equipe de governo

Após semanas de boatos, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu modificar o governo nesta quarta-feira para formar uma "equipe unida" e enfrentar os desafios depois de um ano e meio de pandemia e em …

Relatório lista mais de uma dezena de crimes atribuídos a Bolsonaro

Um grupo de juristas liderados pelo ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior entregou nesta terça-feira (14/09) à CPI da Pandemia um relatório de 226 páginas com possíveis crimes cometidos pelo presidente Jair Bolsonaro durante a …

Simulação virtual mais realista de sempre do Universo é revelada

Um dos aspectos mais incríveis da simulação é que mostra a evolução da matéria durante praticamente os 13,8 bilhões de anos de história do Universo, desde o Big Bang até a atualidade. Uma equipe internacional de …

Asteroide que dizimou dinossauros determinou sucesso das cobras, aponta estudo

As cobras devem seu sucesso na Terra, em parte, ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, de acordo com um estudo publicado nesta terça-feira (14/9) …

“Abandonados pelo resto do mundo”: África vacinou apenas cerca de 3% da população contra a Covid

As autoridades alertam para os baixos índices de vacinação contra a Covid-19 no continente africano. Segundo dados divulgados nesta terça-feira, cerca de 3,5% da população foi totalmente imunizada contra o coronavírus. O balanço foi anunciado …

Europeus aprovam Merkel e confiam na liderança da Alemanha

Os europeus têm alta estima pela chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, e aprovam o estilo de liderança dela, baseado na busca de consensos, mostra uma pesquisa do Conselho Europeu de Relações Exteriores (ECFR, na …

Mudanças climáticas: número de dias com calor acima de 50ºC no mundo dobrou em 40 anos

O número de dias extremamente quentes, quando a temperatura passa de 50°C, registrados a cada ano dobrou desde a década de 1980. Essa foi a conclusão de um estudo realizado pela BBC, que apontou também que …

Cofundador da Apple está criando sua própria empresa espacial privada

Steve Wozniak, cofundador da Apple, ao lado de Alex Fielding, fundador da Ripcord, estão lançando a empresa Privateer Space, que irá atuar no setor espacial. Se a descrição do negócio parece vaga, é porque a novidade …

Guia para apostas de sucesso no futebol

Toda semana, há milhares de jogos de futebol e mercados para apostar no Brasil. As casas de apostas como a Betsson fornecerão apostas sobre a probabilidade de resultados e eventos específicos da partida, como o número …