Detectada “partícula fantasma” no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol.

Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio em hélio, sendo assim a fonte de energia dominante nas estrelas mais massivas. Entretanto, ainda não havia sido detectado diretamente em nenhuma estrela.

Essa é uma ótima notícia, pois comprova que a compreensão teórica dos cientistas sobre os processos de fusão estelares estava correta. O CNO foi previsto pela primeira vez na década de 1930 por Carl von Weizsäcker e Hans Bethe.

Agora, cerca de 100 cientistas participaram do novo estudo, publicado na revista Nature, e obtiveram um ótimo resultado por meio da detecção de neutrinos do Sol.

Existem duas reações de fusão pelas quais as estrelas podem converter hidrogênio em hélio: o CNO e a cadeia próton-próton. Ainda que esta segunda seja mais importante nas estrelas da massa solar ou menores, a teoria aponta que o CNO é a fonte de energia dominante nas estrelas mais massivas. Entender esses processos é fundamental porque as estrelas obtêm energia fundindo hidrogênio em hélio durante a maior parte de suas vidas, mas é muito difícil detectar o CNO em estrelas distantes.

Por isso, a chance de observá-la no Sol é fascinante.

Neutrinos, partículas emitidas durante esses processos, carregam em si uma assinatura espectral que permite aos cientistas distinguir se a estrela está fundindo hélio através da cadeia próton-próton ou do ciclo CNO. E foi exatamente isso o que a equipe conseguiu observar. Eles utilizaram um detector de neutrinos chamado Borexino, localizado na Itália, e confirmaram o que até então era apenas teórico.

A estratégia foi um acerto, pois os neutrinos são a única maneira de analisar o núcleo do Sol, já que não podemos enviar uma sonda até lá. Não que seja fácil detectar um neutrino — pelo contrário, essa partícula quase não interage com a matéria, ou seja, é capaz de atravessar qualquer objeto no universo. Eles estão atravessando seu corpo agora mesmo.

São 420 bilhões deles sendo ejetados do Sol e atingindo cada centímetro quadrado da superfície da Terra por segundo, mas não podemos vê-los, senti-los ou detectá-los (daí o apelido de “partículas fantasmas). Apenas detectores muito grandes e específicos podem, às vezes, fazer a leitura de um neutrino.

Felizmente, o Borexino conseguiu detectar não um neutrino qualquer, mas um que carrega assinaturas do ciclo CNO. O mesmo detector já havia medido com sucesso neutrinos solares próton-próton anteriormente, mas foi necessário muito trabalho refinando o equipamento para obter o novo resultado. Essa também é uma ótima notícia para toda a equipe por trás do Borexino, pois ele estava programado para encerrar suas operações no final de 2020. Agora, a coleta de dados deste detector pode continuar até 2021.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …