Dinossauro descoberto na China tinha 4 asas – e intriga os cientistas

Um dinossauro do tamanho de um faisão descoberto na China está intrigando os cientistas: apesar de conter quatro asas, os estudos indicam que ele não podia voar. A espécie recém-nomeada de Serikornis sungei não é o único dinossauro de quatro asas já encontrado. A polêmica é devida justamente a sua não habilidade em voar.

“A emplumação de Serikornis mostra pela primeira vez uma ausência completa de bárbulas – ou seja, as microestruturas que permitem que as penas resistam à pressão do ar durante as batidas das asas”, disse o principal do estudo, Ulysse Lefèvre, paleontólogo do Instituto Real de Ciências Naturais Belga, em Bruxelas, na Bélgica.

Em vez disso, Lefèvre e sua equipe sugerem que o Serikornis fazia parte de um subgrupo de dinossauros iniciais de quatro asas, que não tinham plumagem bem adaptada para o voo. Ao invés de bater asas ou mesmo deslizar pelas árvores, esses animais provavelmente teriam passado suas vidas correndo pelo chão da floresta.

Encontrado em 2014, o fóssil de Serikornis tem cerca de 160 milhões de anos e foi localizado na província de Liaoning, no nordeste da China, uma região famosa por preservar os restos de pássaros precoces e dinossauros emplumados.

O primeiro dinossauro alado, Microraptor, foi descoberto em Liaoning em 2000. Na mesma camada de rocha em que Serikornis foi achado, os pesquisadores anteriormente haviam descoberto outras espécies de quatro asas, como Aurornis e Anchiornis.

Logo, muitos cientistas começaram a ver esse arranjo multi-alado como um precursor importante do voo em aves, com esses parentes antigos voando ou deslizando entre os ramos das florestas pré-históricas da China.

(dr) Ulysse Lefèvre

Este pode não ter sido o caso de Serikornis, no entanto. Em vida, o dinossauro recentemente descrito teria cerca de 45 centímetros de comprimento com dentes minúsculos e afiados e um corpo coberto de penas fofas.

Seus membros, no entanto, exibiam vários outros tipos de penas, incluindo penas longas e penas centrais mais parecidas com a plumagem de pássaros modernos.

É isso que faz Serikornis ser um enigma. De acordo com Lefèvre, as penas das asas do dinossauro simplesmente não eram leves e duras o suficiente para produzir o impulso necessário para contrariar a gravidade. Em vez disso, ele suspeita que o animal usava suas penas para isolamento e exibição.

A descoberta acrescenta ao nosso conhecimento sobre a diversidade de dinossauros emplumados, que podem ter usado suas penas para vários propósitos além do voo.

Nem todos concordam que o Serikornis não podia voar, contudo. Mike Benton, um paleontólogo da Universidade de Bristol, no Reino Unido, acredita que suas asas traseiras seriam inconvenientes para um corredor de terra. “As longas penas na coxa seriam como calças largas muito elaboradas, se esfregando e atrapalhando o animal enquanto andava ou corria”, sugere.

Ele ainda prefere a interpretação de que o arranjo de quatro asas é “um modelo para a origem do voo, em que os dinossauros iniciais, como Serikornis, trepavam em árvores, talvez perseguindo insetos e outros pequenos animais para alimentação. Para escapar de predadores ou para dar uma volta, eles deslizariam de ramo de ramo”.

Lefèvre admite que é possível que estes pequenos dinossauros deslizassem para o chão do alto de algumas árvores – mas isso ainda está longe do voo. “Sua plumagem não permite o voo moderno, mas pode certamente ajudar a atenuar sua descida”, argumenta.

Da mesma forma que seus parentes próximos, Serikornis também tinha garras ampliadas que poderiam ter permitido que ele escalasse troncos de árvores. “Isso continua sendo um problema complicado e requer mais tempo e fósseis para entender melhor”, observa Lefèvre.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Navio de combate alemão da 1ª Guerra Mundial é encontrado nas Malvinas

Um cruzador alemão, afundado pelos britânicos durante a Primeira Guerra Mundial em 8 de dezembro de 1914, foi achado perto da costa das ilhas Malvinas. Trata-se do SMS Scharnhorst, principal navio da esquadra do almirante Maximilian …

Impeachment de Trump avança nos EUA: entenda o caso em poucas palavras

Você já deve ter ouvido falar que a reação a um polêmico telefonema com um líder estrangeiro ameaça o futuro da Presidência de Donald Trump. O presidente americano enfrenta um inquérito de impeachment sob a acusação …

Twitter vai ser mais rígido com conteúdo adulto na internet e preocupa criadores

Desde o ano passado tem sido mais difícil para os criadores de páginas com o perfil NSFW (Not Safe for Work ou não seguro para ver no trabalho — impróprio, em tradução livre) ter seus …

Otan tenta exibir união, enquanto líderes são flagrados falando de Trump

Chefes de Estado e de Governo de 29 países participaram nesta quarta-feira (4) do segundo dia da cúpula de aniversário de 70 anos da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em Watford, nos arredores …

Radar aéreo descobre um navio viking em uma fazenda

Um estudo do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriu um navio viking em uma fazenda usando radar aéreo. O achado foi uma surpresa e um golpe de sorte, uma vez que este local …

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo saltam 61,7% no Brasil

O número de casamentos realizados entre pessoas do mesmo sexo em 2018 aumentou 61,7% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (04/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com …

Uber do entulho te ajuda a descartar resíduos corretamente

O lixo é definitivamente um problema contemporâneo de dimensões globais – e não só a qualidade, o material ou o destino desse lixo, mas também a forma de descarta-lo. Dos 387 quilos de resíduos que o …

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …