Diretora da Vogue Brasil pede demissão após festa racista

A socialite Donata Meirelles não é mais diretora de estilo da revista Vogue Brasil, publicada pela Globo Condé-Nast. Ela pediu demissão após uma festa racista de aniversário, em Salvador, em que ela comemorou 50 anos.

Este tem sido um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas. Como bem aponta Kauê Vieira, jornalista da equipe do Hypeness, as fotos da festa não ficaram ótimas. “São tantos os signos presentes na fotografia, que fica difícil crer na abolição concreta da escravidão”, escreveu.

Donata Meirelles, que esteve no posto por sete anos, apareceu em várias fotos sentada em uma cadeira, acompanhada por mulheres negras ao seu redor, vestindo os trajes tradicionais de baianas do acarajé, enquanto ela usava um vestido de grife. Segundo a socialite, a intenção não foi ser racista, mas homenagear a cultura do Candomblé.

“O caso de Donata revela certo fetiche de parte da chamada elite brasileira de ‘brincar’ com elementos da cultura negra. Como se a negritude estivesse à venda ao lado de uma bolsa de grife”, analisa Vieira no Hypeness.

A festa em questão aconteceu na última sexta-feira (8), no Palácio de Aclamação, em um jantar luxuoso cuja decoração evoca o período escravocrata e colonial do Brasil.

A repercussão foi tão intensa que chegou a ser internacional: Shelby Ivey Christie, diretora de marketing da L’Óreal e ex-executiva de vendas da Vogue dos Estados Unidos, usou o Twitter para chamar de “nojento” o tema da festa de Meirelles.

Segundo a colunista social do Estadão, Sônia Racy, a ex-diretora da Vogue comunicou amigos a demissão, “com tristeza no coração, mas com coragem e cabeça erguida”,na última segunda (11). De acordo com o HuffPost Brasil, a Globo Condé-Nast deve anunciar a demissão internamente ainda nesta quinta (14).

“Com tristeza no coração, mas com a coragem e a cabeça erguida que sempre pautaram a minha vida, inicio um novo ciclo e peço demissão da Vogue Brasil, uma publicação que ajudei a construir”, escreveu no comunicado, como mostra o UOL.

“Te amo Vogue, te amo desde jovenzinha. Conte comigo para que você continue fazendo a diferença no mercado editorial e de moda, defendendo e promovendo todas as belezas humanas, como eu continuarei a defender.”

No Instagram, ela afirmou: “aos 50 anos, a hora é de ação. Ouvi muito, preciso ouvir ainda mais. Quero agir em conjunto com as mulheres que têm a me ensinar e com quem mais estiver disposto a ser elo em uma transformação que se faz necessária”.

Vogue, por sua vez, também se posicionou, afirmando que “lamenta profundamente o ocorrido e espera que o debate gerado sirva de aprendizado”.

Nós acreditamos em ações afirmativas e propositivas e também que a empatia é a melhor alternativa para a construção de uma sociedade mais justa, em que as desigualdades históricas do País sejam debatidas e enfrentadas”, comunicou.

Além disso, a revista oficializou a criação de um “fórum permanente” de ativista e estudiosos para dar suporte à Vogue em “conteúdos e imagens que combatam essas desigualdades”.

O tradicional baile de carnaval da revista deste ano acontecerá, após boatos circularem na internet sugerindo o contrário.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Suíça quer devolver dinheiro ganho com tráfico de escravizados para as Américas

O horror do tráfico de pessoas escravizadas entre os séculos XVI e XIX para os EUA, Caribe, América Latina e principalmente o Brasil teve mais responsáveis do que nos dita a história. E a Suíça …

Reino Unido pós-Brexit fecha portas para imigrantes pouco qualificados

No Reino Unido pós-Brexit, os estrangeiros que quiserem obter um visto de trabalho no país vão ter que provar muitas habilidades. Os candidatos receberão pontos de acordo com seu nível de inglês, diploma e profissão …

Síria realiza primeiro voo comercial entre Damasco e Aleppo desde 2013

Diretores de aeroportos da Síria mencionam o trabalho realizado no aeroporto de Aleppo para permitir o feito, realizado graças à vitória do Exército sírio e esforço dos operários. A Síria realizou seu primeiro voo comercial em …

Mudanças climáticas ameaçam futuro das crianças do mundo, diz ONU

Estudo de Nações Unidas, Unicef e revista 'The Lancet' aponta ações de sustentabilidade insuficientes. Países ricos fracassam em prover meio ambiente favorável, apesar de melhor ponto de partida. Países de todo o mundo estão fracassando em …

Bug no sistema do McDonald's forneceu lanches de graça sem limite de quantidade

Imagine você poder realizar quantos pedidos quiser no McDonald's e não ter que arcar com um só centavo para isso. Bem, essa mamata virtual era o que vinha acontecendo no sistema da multinacional de fast-food …

Governo chinês está até "queimando" dinheiro para combater o coronavírus

A briga do governo chinês contra o Covid-19 (também conhecido como "novo coronavírus") tem colocado diversos órgãos governamentais em alerta, e o governo da China parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença …

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …

Ações humanas alteram dispersão de sementes na Amazônia, aponta estudo

Análise de mais de 26 mil árvores demonstra que atividades como queimadas e desmatamento abalam o equilíbrio entre fauna e flora. Com degradação, restam animais pequenos na floresta, que espalham sementes menores. Quando se fala em …

Sucesso nas apostas depende do apostador

Se você quer ter lucro nas apostas, precisa fundamentalmente de duas coisas: ter vantagem em relação à casa de apostas e um método de apostas bem rigoroso. Falamos disso porque muitos dos apostadores deixam dinheiro às …

Bezos doará US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Dono da Amazon anuncia fundo para financiar pesquisas voltadas a reduzir impactos do aquecimento global. Empresa tem enorme pegada de carbono por uso de combustíveis fósseis no transporte de produtos. O multimilionário americano Jeff Bezos afimou …