Diretora da Vogue Brasil pede demissão após festa racista

A socialite Donata Meirelles não é mais diretora de estilo da revista Vogue Brasil, publicada pela Globo Condé-Nast. Ela pediu demissão após uma festa racista de aniversário, em Salvador, em que ela comemorou 50 anos.

Este tem sido um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas. Como bem aponta Kauê Vieira, jornalista da equipe do Hypeness, as fotos da festa não ficaram ótimas. “São tantos os signos presentes na fotografia, que fica difícil crer na abolição concreta da escravidão”, escreveu.

Donata Meirelles, que esteve no posto por sete anos, apareceu em várias fotos sentada em uma cadeira, acompanhada por mulheres negras ao seu redor, vestindo os trajes tradicionais de baianas do acarajé, enquanto ela usava um vestido de grife. Segundo a socialite, a intenção não foi ser racista, mas homenagear a cultura do Candomblé.

“O caso de Donata revela certo fetiche de parte da chamada elite brasileira de ‘brincar’ com elementos da cultura negra. Como se a negritude estivesse à venda ao lado de uma bolsa de grife”, analisa Vieira no Hypeness.

A festa em questão aconteceu na última sexta-feira (8), no Palácio de Aclamação, em um jantar luxuoso cuja decoração evoca o período escravocrata e colonial do Brasil.

A repercussão foi tão intensa que chegou a ser internacional: Shelby Ivey Christie, diretora de marketing da L’Óreal e ex-executiva de vendas da Vogue dos Estados Unidos, usou o Twitter para chamar de “nojento” o tema da festa de Meirelles.

Segundo a colunista social do Estadão, Sônia Racy, a ex-diretora da Vogue comunicou amigos a demissão, “com tristeza no coração, mas com coragem e cabeça erguida”,na última segunda (11). De acordo com o HuffPost Brasil, a Globo Condé-Nast deve anunciar a demissão internamente ainda nesta quinta (14).

“Com tristeza no coração, mas com a coragem e a cabeça erguida que sempre pautaram a minha vida, inicio um novo ciclo e peço demissão da Vogue Brasil, uma publicação que ajudei a construir”, escreveu no comunicado, como mostra o UOL.

“Te amo Vogue, te amo desde jovenzinha. Conte comigo para que você continue fazendo a diferença no mercado editorial e de moda, defendendo e promovendo todas as belezas humanas, como eu continuarei a defender.”

No Instagram, ela afirmou: “aos 50 anos, a hora é de ação. Ouvi muito, preciso ouvir ainda mais. Quero agir em conjunto com as mulheres que têm a me ensinar e com quem mais estiver disposto a ser elo em uma transformação que se faz necessária”.

Vogue, por sua vez, também se posicionou, afirmando que “lamenta profundamente o ocorrido e espera que o debate gerado sirva de aprendizado”.

Nós acreditamos em ações afirmativas e propositivas e também que a empatia é a melhor alternativa para a construção de uma sociedade mais justa, em que as desigualdades históricas do País sejam debatidas e enfrentadas”, comunicou.

Além disso, a revista oficializou a criação de um “fórum permanente” de ativista e estudiosos para dar suporte à Vogue em “conteúdos e imagens que combatam essas desigualdades”.

O tradicional baile de carnaval da revista deste ano acontecerá, após boatos circularem na internet sugerindo o contrário.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …