Duas pessoas são presas por suspeita de envolvimento com atentado em Londres

Filipe Araujo / FotosPublicas

Homenagens as vitimas do atentado terrorista em frente  Parlamento Britanico

Homenagens as vitimas do atentado terrorista em frente Parlamento Britanico, em Londres

Duas pessoas foram presas hoje (24) por suspeita de envolvimento com o atentado terrorista que causou cinco mortes e deixou 28 feridos em Londres na quarta-feira (22). O chefe Scotland Yard (a unidade antiterrorista da polícia britânica), Mark Rowley, afirmou que as prisões aconteceram na madrugada e foram “significativas”.

Os suspeitos foram presos no centro e no norte da Inglaterra. Rowley pediu o apoio da população para fornecer informações sobre o responsável pelo atentado.  São nove os presos por suspeita de envolvimento com o atentado.

Uma mulher presa pouco após o ataque pagou fiança e foi colocada em liberdade. As informações são da agência argentina Télam.

Identidade do terrorista

O autor dos atentados usava o nome de Khalid Masood quando foi morto pela polícia, mas a polícia revelou que o nome verdadeiro dele era Adrian Russell Ajao.

Segundo meios britânicos, ele também era conhecido como Adrian Elms, nasceu no condado de Kent (no sudeste da Inglaterra), era filho de mãe solteira e pai de três filhos.

Depois de revelar a verdadeira identidade do terrorista, o chefe da Scotland Yard afirmou que a investigação se concentra em entender “a motivação, a preparação e os cúmplices” do ataque realizado com um veículo na ponte de Westminster e bateu na grade do Parlamento britânico.

A polícia quer saber se ele atuou sozinho, se buscou inspiração em propaganda terrorista ou se contou com o apoio de terceiros. “Queremos ouvir quem conhecia Khalid Masood e que saiba quem eram seus cúmplices e que possa nos passar informação sobre os lugares que visitou recentemente”, completou Rowley.

Rowley ainda agradeceu à imprensa por ter postergado a divulgação da identidade do agressor, mesmo tendo a informação em mãos pouco depois do atentado. A Polícia pediu que o dado fosse guardado para não prejudicar os trabalhos iniciais de investigação.

Quarta vítima

O chefe da polícia informou ainda que um homem de 75 anos morreu ontem (23) à noite no hospital. Quarta vítima do ataque, ele foi identificado como Leslie Rhodes e morava no bairro de Streatham, no sul de Londres.  Com isso, elevou-se o número de mortes para cinco, já que o terrorista também morreu.

Duas pessoas permanecem em estado grave no hospital e outra tem feridas que podem ameaçar sua vida. Entre os policiais, dois permanecem hospitalizados com “feridas significativas”, segundo a Scotland Yard.

Os agentes já ouviram 3,5 mil testemulhas, entre eles mil pessoas que estavam na ponte Westminster e 2,5 mil em frente ao Palácio de Westminster, sede do Parlamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório

Um relatório publicado nesta quinta-feira na revista científica The Lancet, a poucas semanas da conferência internacional para o clima (COP25), alerta para os riscos sanitários relacionados ao aquecimento global e às emissões de gás carbônico. O …

Estudante abre fogo em escola na Califórnia

Ao menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas depois que um aluno abriu fogo nesta quinta-feira (14/11) numa escola secundária no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, causando pânico entre estudantes e funcionários. …

Governo italiano deve decretar estado de catástrofe natural em Veneza

Metade da cidade está debaixo d’água, atingida pela pior cheia em 53 anos. O nível subiu 187 cm na terça-feira (12), o segundo mais alto desde 1966. A situação levou o governo a decidir decretar …

Oxigênio descoberto em Marte intriga cientistas da NASA

Padrão de comportamento do oxigênio recém-descoberto pelo rover Curiosity, da NASA, é tão diferente que os cientistas não conseguem desvendá-lo através dos processos químicos conhecidos pela ciência. A agência espacial norte-americana divulgou os resultados da análise …

O misterioso "Monstro Tully" acaba de ficar ainda mais esquisito

Um fóssil de 300 mil anos descoberto na década de 1950 no estado de Illinois (EUA) tem gerado muitas discussões entre cientistas. Batizado de Tullimonstrum, ou Monstro Tully, ele se parece com uma lesma. Mas …

Com asilo a Evo Morales, diplomacia mexicana dá passo à esquerda

México assume liderança esquerdista na América Latina ao receber o ex-presidente boliviano. Para analistas, medida desvia atenção de problemas internos, mas é jogo perigoso diante da dependência econômica dos EUA. A viagem de Evo Morales ao …

Incêndios florestais matam quatro pessoas e centenas de cangurus na Austrália

O número de vítimas pelos incêndios no leste da Austrália, onde 140 focos ainda continuam ativos, subiu para quatro nesta quinta-feira (14), com a descoberta de um cadáver perto da cidade de Kempsey, em Nova …

Holanda reduzirá limite de velocidade para combater poluição

O governo da Holanda reduzirá o limite máximo de velocidade nas rodovias do país como parte de uma série de medidas para combater as emissões de óxido de nitrogênio, geradas em grande parte por veículos …

A polêmica sobre campos de extermínio nazistas que opôs a Polônia ao Netflix

O primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, enviou uma carta ao Netflix insistindo em mudanças no documentário The Devil Next Door (o diabo ao lado), sobre campos de extermínio nazistas. Na carta enviada no domingo, 10, e …

O único problema de ser filho único é o estigma

Filhos únicos possuem uma péssima reputação. Quantas vezes você não observou algum pai ser criticado por escolher ter apenas um pimpolho? “Ele vai ficar mimado, muito sozinho, egoísta, etc. etc. etc”. É um senso comum. Parece, …