Em um futuro não tão distante, será possível tatuar “sons”

Sabe aquela música que marcou sua vida e você quer eternizá-la na pele como uma belíssima tatuagem? Pois, em breve, ela não precisa ser mais apenas aquele verso que você tanto gosta, mas o trecho com áudio e tudo.

A empresa Skin Motion revelou uma tecnologia que permite que pessoas façam exatamente isso: tatuem sons em sua pele, por mais absurdo que isso soe.

Ao contrário do que você pode ter pensado inicialmente, a tatuagem não vai transformá-lo em uma caixinha de som ambulante e nem nada do tipo. Na verdade, a proposta da empresa é criar uma espécie de código que você vai registrar em sua pele e que será lido por um aplicativo.

Ao fazer essa comunicação, aquela imagem vai se converter em uma música que poderá ser ouvida por qualquer pessoa. Em linhas gerais, é mais ou menos como se você tivesse um QR Code para um arquivo MP3 gravado em seu corpo.

É uma forma simples de explicar a tecnologia Soundwave, mas ajuda bem a ilustrar o funcionamento da proposta da Skin Motion. Como o próprio nome sugere, o desenho será de uma onda sonora referente à música escolhida — o que significa que cada canção realmente trará um padrão diferente.

Assim, a pessoa vai simplesmente usar um aplicativo desenvolvido pela companhia para fazer a leitura daqueles dados.

Aliás, a empresa afirma que a novidade não é algo que será limitada apenas a músicas — embora a gente saiba que elas serão o grande carro-chefe dessa tecnologia. Qualquer arquivo sonoro poderá ser convertido em uma tatuagem, incluindo gravações de voz.

Isso significa que você pode tatuar a primeira palavra do seu filho ou mesmo uma conversa de telefone que marcou sua vida e você acabou gravando. Assim, quando a saudade apertar, basta fazer a leitura e ouvir a voz da pessoa em qualquer lugar.

Como o site EDM aponta, caso a proposta da Skin Motion realmente funcione como prometido, essas tatuagens em forma de ondas sonoras têm tudo para se tornarem um fenômeno em todo o mundo.

Além de serem muito mais interessantes do que o velho tribal ou aquela frase que nem sempre é bem desenhada, o Soundwave cria um desenho bem legal ao mesmo tempo em que mantém a informação um pouco reservada, já que nem todo mundo vai saber do que se trata até fazer a leitura dos dados.

Se é algo pessoal e que você gostaria de guardar apenas para si, é uma ótima opção.

E a empresa já vem demonstrando alguns exemplos em que as tatuagens sonoras já aparecem em ação. Em seu site oficial, ela traz vídeos de pessoas que fizeram a Soundwave seja para guardar a risada de um bebê ou mesmo o latido de um cachorro e mostra como o aplicativo consegue ler muito bem aquelas informações.

Talvez o único desafio seja mesmo recriar as ondas sonoras com perfeição para evitar distorções. Como é possível ver em algumas das demonstrações, é preciso um traço bastante fino e uma mão leve para que o resultado seja o esperado — caso contrário, você pode ter um áudio bem estranho na pele.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Colin Powell, ex-secretário de Estado dos EUA, morre aos 84 anos

Primeiro negro a ocupar topo da diplomacia e da máquina militar americana, ex-general teve papel de destaque na Guerra do Golfo e arranhou sua credibilidade ao apoiar a invasão do Iraque uma década depois. Colin Powell, …

Criminosos usam escaneamento por código do próprio usuário para 'sequestrar' contas do WhatsApp

Em 2019, um relatório divulgado pelo laboratório de pesquisa da empresa de segurança virtual Eset alertou que uma das formas crescentes de sequestro de contas do WhatsApp era feita por meio de um ataque conhecido …

EUA: Manobras de Trump bloqueiam investigação sobre invasão do Capitólio

Vários parceiros e associados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se recusaram a comparecer à comissão da Câmara que investiga a invasão de 6 de janeiro de 2021 contra o Capitólio, sede do …

Dor nos olhos após COVID-19: cientistas explicam causa de complicação inesperada do vírus

Uma pesquisa de cientistas alemães mostrou que o coronavírus pode penetrar nos olhos e infectar os fotorreceptores e células ganglionares na retina. Isso pode ser uma causa de problemas com os olhos após a COVID-19. Os …

Estudo mostra como mudanças climáticas afetarão a energia hidrelétrica no Brasil

Um novo relatório publicado pela Global Environmental Change revela que, nas próximas décadas, as reduções de precipitação e vazão dos rios na região amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo e uma forte candidata …

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …