Empresa sueca implanta microchips nas mãos de funcionários

Os implantes cibernéticos ainda estão longe de se popularizarem, mas a Epicenter, uma empresa de Estocolmo, na capital da Suécia, quer mostrar que o uso desses componentes pode trazer mais praticidade no dia a dia dos usuários.

Tanto é que, dos quase 2 mil funcionários presentes na companhia, 150 já circulam com microchips implantados em suas mãos.

A técnica, mais conhecida como biohacking, consiste em implantar peças eletrônicas no corpo humano para interagir com o mundo real.

No caso da Epicenter, os microchips, que têm o tamanho de um grão de arroz, são “instalados” através de uma injeção na área que fica entre os dedos polegar e indicador. O processo dura apenas alguns segundos e não causa dores ou sangramentos.

O implante funciona por meio da tecnologia NFC, a mesma encontrada em smartphones e cartões de crédito. Ao ser ativado por um leitor a poucos centímetros de distância, uma certa quantidade de dados é transmitida entre as duas plataformas via ondas eletromagnéticas.

De acordo com a startup sueca, o chip é “passivo“, ou seja, ele guarda informações que podem ser lidas por outros dispositivos, mas não é capaz de ler essas informações.

Patrick Mesterton, CEO da Epicenter, afirma que os funcionários não foram obrigados a implantar o chip, mas toparam participar do experimento por livre e espontânea vontade.

Segundo o executivo, a tecnologia permite que os empregados abram portas automaticamente, liberem o uso de impressoras e comprem produtos em máquinas de autoatendimento. “O maior benefício é a conveniência porque [o microchip] substitui um monte de coisas que você já tem, como cartões de crédito ou chaves”, destacou.

Controvérsias

Mesmo com a praticidade, Mesterton reconhece que modificar o corpo ao colocar esse tipo de implante pode ser um movimento arriscado. “É claro que inserir coisas assim no próprio corpo significa dar um grande passo, até mesmo para mim, que fui o primeiro [a fazer a intervenção]”, disse.

De acordo com Ben Libberton, microbiologista do Instituto Karolinska, também em Estocolmo, hackers mal-intencionados podem tirar proveito desse tipo de tecnologia porque “os dados que você poderia conseguir de um chip implantado no seu corpo são muito diferentes dos dados que você pode extrair de um smartphone”.

“Teoricamente, você poderia obter dados sobre sua saúde, localização, quantas vezes você foi ao trabalho e por quanto tempo trabalhou, ou se você tem tirado muitas pausas para ir ao banheiro”, afirmou.

Ainda segundo Libberton, esse tipo de implante cibernético levanta questões sobre o que aconteceria com suas informações se elas forem coletadas de forma indiscriminada, quem as usaria e com qual propósito.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Variante da Covid-19 no Brasil faz Reino Unido banir viajantes da América Latina e Portugal

O governo britânico proibiu, nesta quinta-feira, as chegadas de todos os países da América do Sul e do Panamá, além de Portugal, em resposta à nova variante da Covid-19, descoberta no Brasil. A decisão …

CEO do Twitter defende banimento de Trump da rede social

Jack Dorsey diz que medida resulta do “fracasso” da plataforma em mediar diálogo saudável e admite que pode abrir “precedente perigoso”. Proibição veio após presidente dos EUA insuflar apoiadores que invadiram Capitólio. O CEO da rede …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

Monocultura da soja destruiu mais de 30% do cerrado brasileiro entre 2004 e 2017, alerta WWF

Os 24 principais focos de desmatamento no mundo provocaram a perda de uma superfície equivalente ao tamanho do Paraguai em menos de uma década, aponta um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na …

Coreia do Sul eleva capacidades de combate para conter ameaça norte-coreana

A Coreia do Sul planeja elevar suas capacidades militares para conter as ameaças de mísseis de curto alcance dos norte-coreanos, declarou o Ministério da Defesa sul-coreano. A declaração ocorreu após os norte-coreanos prometerem elevar o arsenal …

Como a vacinação em massa salvou a Escócia em 1950

Em 2021, haverá uma campanha de vacinação em massa como nenhuma outra realizada no mundo. Hoje se trata de parar o covid-19, mas, em meados do século passado, um programa de vacinação se tornou a …

Em provocação a Biden, Kim Jong-un avisa que vai reforçar arsenal nuclear da Coreia do Norte

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que vai reforçar o arsenal nuclear de seu país, em discurso de encerramento do congresso do partido no poder, anunciou nesta quarta-feira (13) a imprensa oficial, a uma …

Bolsonaro sabota combate à covid-19, diz relatório da Human Rights Watch

Estudo anual da Human Rights Watch sobre direitos humanos no mundo reserva capítulo com duras críticas ao governo brasileiro e diz que ele agiu deliberadamente para minar políticas contra a pandemia. O presidente Jair Bolsonaro agiu …

Nasa dá detalhes, incluindo data e horário em que asteroide pode atingir Terra

Anote na agenda: 6 de maio de 2022, às 5h12. É sempre bom saber quando um asteroide vai atingir o seu planeta, não é mesmo? As informações são da Nasa (agência espacial americana), que revelou …