Emissões de incêndios na Austrália se igualam às de queimadas na Amazônia

(h) Reuters

As emissões de gases de efeito estufa causadas pelos devastadores incêndios florestais na Austrália estão agora quase no mesmo patamar das geradas pelas chamas que atingiram a Amazônia brasileira no ano passado, afirmaram cientistas nesta quinta-feira (09/01).

De setembro a 6 de janeiro, os incêndios florestais na Austrália emitiram 370 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2), de acordo com o Serviço de Monitoramento da Atmosfera Copérnico (CAMS), do Centro Europeu de Previsões Meteorológicas de Médio Prazo (ECMWF).

Em comparação, os incêndios que atingiram os estados brasileiros localizados na Amazônia emitiram 392 milhões de toneladas de gases de efeito estufa entre 1º de janeiro e 15 de novembro do ano passado.

“As pessoas não estão percebendo as consequências da emissão de carbono”, afirmou Joe Fontaine, professor de ciências ambientais na Universidade Murdoch, em Perth, na Austrália, sobre os incêndios que estão ocorrendo no país. A estimativa das emissões de carbono geradas pelas chamas que atingem a Austrália “é sóbria e deprimente”, afirmou o especialista à Fundação Thomson Reuters.

Até agora, 27 pessoas morreram, milhares ficaram sem teto e outros milhares tiveram que deixar suas casas à medida que o fogo queimava grandes extensões da Austrália, especialmente no sudeste do país.

Enquanto a cobertura da mídia tem focado os impactos devastadores para as pessoas e a vida selvagem, juntamente com a poluição do ar, o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, tem sido criticado por tentar minimizar o papel das mudanças climáticas na crise.

A maioria dos cientistas diz que os incêndios têm sido agravados por três anos de estiagem em todo o país, e que o fogo está ligado às alterações climáticas.

O aquecimento global está tornando eventos extremos como estiagens, ondas de calor e incêndios florestais mais intensos e mais prováveis, afirma Adam Hodge, que trabalha para o Programa Ambiental das Nações Unidas.

“Os incêndios florestais são normais na Austrália como parte do ciclo natural, mas algumas estimativas mostram que a dimensão dos atuais incêndios pode ser a pior já registrada”, diz Hodge. “Eles são um prenúncio do que está por vir. Estes são os efeitos que estamos vendo em um mundo cuja temperatura média subiu para 1,1 ºC acima da média pré-industrial.”

A Austrália responde por apenas 1,3% das emissões globais de carbono, mas é o segundo maior emissor per capita, atrás dos Estados Unidos. O Brasil é o sétimo maior emissor de gases de efeito estufa.

O combate às mudanças climáticas ajudaria a evitar catástrofes como os incêndios recentes, contou Hodge, acrescentando que os países não estão fazendo o suficiente para combater o aquecimento global.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esta dieta está te deixando mais burro

Sabe aquela dieta pouco saudável, recheada de hambúrgueres e doces? Ela pode te deixar literalmente mais burro em apenas uma semana. Pelo menos foi isso que um estudo da Universidade Macquarie em Sydney (Austrália) descobriu. Além …

NASA pousará na Lua “por qualquer meio necessário”, diz Mike Pence

Nesta última quarta-feira (19), o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, fez um discurso no Centro de Pesquisas Langley, da NASA, e reforçou que os astronautas estadunidenses em breve serão lançados ao espaço a partir de …

Justiça eleitoral veta candidatura de Morales ao Senado da Bolívia

Supremo Tribunal Eleitoral boliviano argumenta que ex-presidente não cumpre o requisito de residência permanente no país. Evo Morales deixou a Bolívia após sua renúncia e vive atualmente na Argentina. O Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia vetou …

"Bicho vai pegar", diz Bolsonaro após autorizar uso do Exército e Força Nacional no Ceará

Presidente Jair Bolsonaro assina decreto que viabiliza uso do Exército e da Força Nacional para conter protestos de policiais militares no Ceará. Após diversos dias de protestos serem promovidos por policiais militares do estado do Ceará, …

Disney anuncia início de vendas do boneco do Baby Yoda

Depois de causar verdadeiro furor entre os fãs de ‘Star Wars’ e em gente que nunca ouviu falar da série de filmes, o boneco do Baby Yoda já tem data para chegar às lojas. O …

Arqueólogos encontram o que seria o túmulo de Rômulo, fundador de Roma

A descoberta é considerada "excepcional" pelos arqueólogos. O que poderia ser o túmulo de Rômulo (Romulus), o rei fundador de Roma, foi apresentado ao público pela primeira vez nesta sexta-feira (21), trazendo à tona uma …

Venezuela pede investigação do aeroporto de Lisboa em caso de tráfico de drogas

Polícia prendeu duas pessoas em Caracas, envolvidas em envio quinzenal de drogas para Portugal. Segundo autoridades venezuelanas, o transporte era feito em voos da TAP e o aeroporto de Lisboa foi acusado de cumplicidade. O Ministério …

Alemanha reforça medidas de segurança contra extrema direita após atentado

Após o choque do ataque racista em Hanau e pressionado por todos os lados a reagir, o governo alemão anunciou nesta sexta-feira (21) um fortalecimento da vigilância policial, especialmente em torno das mesquitas, diante de …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta nos arredores de Berlim

O Tribunal Administrativo Superior de Berlim-Brandemburgo, na Alemanha, autorizou nesta quinta-feira (20/02) a fabricante americana de carros elétricos Tesla a continuar derrubando uma floresta nos arredores de Berlim para a construção de sua primeira fábrica …

McDonald’s lança vela perfumada com ingredientes de hambúrguer

Quando você pensa que o McDonald’s já esgotou a sua cota de criatividade, eis que o marketing da franquia de restaurantes surge com as velas perfumadas com ingredientes de hambúrguer. Criadas para comemorar os 50 anos …