Escândalo de abusos sexuais em organizações humanitárias se alastra

O governo britânico ameaçou neste domingo (11) retirar apoio público a todas as organizações não governamentais (ONGs) que não colaborem com as autoridades para evitar abusos sexuais por parte de seus colaboradores.

A notícia surge depois de, na semana passada, a Oxfam, confederação de instituições humanitárias cuja sede se situa em Oxford, no Reino Unido, ter admitido que responsáveis da instituição usaram dinheiro da ONG para pagar prostitutas no Haiti depois do terremoto de 2010 – algumas das quais seriam supostamente menores.

A preocupação chegou ao setor de ajuda humanitária no Reino Unido depois de o diário The Sunday Times ter noticiado que mais de 120 trabalhadores de organizações britânicas estiveram envolvidos em casos de abuso sexual no ano passado.

A ministra da Cooperação Internacional britânica, Penny Mordaunt, afirmou neste domingo que as organizações envolvidas nestes casos devem “colaborar plenamente” com as autoridades e mostrar iniciativa moral no combate à cultura de abuso – e que o executivo irá cortar o financiamento àquelas que não o façam, salienta o The Guardian.

Em entrevista à BBC, a ministra lamentou que a Oxfam não tenha informado o governo sobre as razões para ter demitido quatro homens e aceitou a demissão de outros três em 2011.

O diário The Times revelou nesta semana que esses trabalhadores, entre os quais diretores e colaboradores, pagaram para ter relações sexuais com prostitutas pouco depois do terremoto devastador no Haiti, que deixou cerca de 1,5 milhões de pessoas sem casa.

A organização humanitária destaca que o incidente levou à criação de uma equipe dedicada a evitar casos similares e um canal de comunicação seguro para poder receber denúncias de abusos.

A governante acusou, no entanto, a Oxfam de falta de “liderança moral” e destacou que devem enviar todos os dados à sua disposição sobre o caso do Haiti.

“Se não entregarem toda a informação que recolheram na investigação às autoridades relevantes, incluída a Comissão de Organizações Não Governamentais e ao Ministério Público, não poderei continuar trabalhando com eles“, apontou a ministra.

Segundo o The Times, Roland van Hauwermeiren, ex-diretor da ONG no Haiti, teve encontros com prostitutas em uma casa alugada pela Oxfam para uso deste responsável e citou testemunhos que relatam festas sexuais organizadas por membros de ajuda humanitária.

Por sua vez, o The Observer divulgou acusações de que os trabalhadores da Oxfam contrataram prostitutas em 2006 no Chade, quando o responsável da ONG nesse país era van Hauwermeiren, que mais tarde passou a liderar a missão da francesa Ação contra a Fome, em Bangladesh.

O executivo máximo da Oxfam desde maio de 2013, Mark Goldring, admitiu à BBC Radio 4 que a organização deveria ter especificado ao governo quais as más condutas detectadas no Haiti estavam relacionadas com assuntos sexuais.

Mesmo assim, Goldring considerou que “não era do interesse de ninguém” descrever “os detalhes daquele comportamento de forma a atrair a atenção de forma extrema”. A organização conta com 5 mil empregados e uma rede de 23 mil voluntários.

A presidente do Conselho de Administração da Oxfam, Caroline Thomson, afirmou que irá trabalhar para “corrigir os problemas culturais subjacentes que permitiram esses comportamentos”.

“Como nova presidente da Oxfam, compartilho a raiva e vergonha pelo fato de comportamentos como este no Haiti tenham ocorrido na nossa organização”, disse, em comunicado, a antiga diretora da BBC, designada para o cargo na ONG em 2016.

De acordo com o The Sunday Times, a Oxfam registrou 87 incidentes relacionados com abusos sexuais no ano passado, dos quais 53 foram levados às autoridades.

A ONG Save the Children registrou 31 casos, dos quais 10 foram do conhecimento da polícia e das autoridades civis, enquanto que a organização Christian Aid registrou dois incidentes, acrescentou. A Cruz Vermelha no Reino Unido admitiu que houve “um pequeno número de casos de assédio”, que o diário quantifica em cinco.

Um antigo trabalhador da Cruz Vermelha e das Nações Unidas, Andrew MacLeod, advertiu ao diário que existe falta de resposta contra a “pedofilia institucionalizada” entre os cooperantes em missões internacionais.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil quase completo revela segredos sobre leão marsupial que aterrorizou a Austrália

A recente descoberta do fóssil de um esqueleto quase completo de um leão marsupial extinto revelou alguns dos seus segredos. Segundo a equipe de cientistas, cujo estudo foi publicado no dia 12 de dezembro na revista …

Boris, um robô altamente avançado, era na verdade um homem disfarçado

Em um fórum dedicado à robótica, a estação televisiva Rússia 24 apresentou um robô humanoide altamente avançado. Mas Boris era apenas um disfarce. “O Boris já aprendeu a dançar e não é ruim nisso”, foi assim …

Senado dos EUA responsabiliza príncipe saudita pelo homicídio de Khashoggi

Os senadores norte-americanos aprovaram por unanimidade uma resolução que refere que o príncipe herdeiro é “responsável pelo homicídio”, solicitando ao governo da Arábia Saudita que “garanta a aplicação de medidas apropriadas”. O Senado dos Estados Unidos …

Desigualdade cria ambiente propício para extrema direita no Brasil, diz Dilma

Personificada no presidente eleito Jair Bolsonaro, a extrema direita estava latente no Brasil e aproveitou-se da desigualdade para pavimentar seu crescimento. A avaliação foi feita pela ex-presidente Dilma Rousseff, derrotada nas eleições de outubro ao …

Químicos usados em panelas e roupas tornam os pênis menores

Um novo estudo científico concluiu que a exposição a altos níveis de compostos perfluoroalquílicos, mais conhecidos por PFCs, atrofia o crescimento dos órgãos sexuais masculinos, tornando os pênis menores e afetando também a fertilidade dos …

Atriz pornô é condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump para cobrir os gastos do presidente dos EUA com a Justiça. A atriz pornô Stormy Daniels, cujo nome real é Stephanie Clifford, foi condenada …

McDonald's vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem se adaptar e se tornar resistentes. Quando se trata de …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade na Alemanha

Um “rio” de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, esta semana. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade, se …

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …