Alunos de escola particular dão bolsas para alunos da pública no Paraná

(dv) Tony Minighini

Alunos da escola St. James’ Internacional School, no Paraná, deram a três estudantes bolsas integrais para estudarem do primeiro ao terceiro ano do ensino médio no colégio particular. Os felizardos foram Bruno Oliveira Campos, Bruno Souza Milke e Evelyn Klein, que até o 9º ano do ensino fundamental estudavam em escolas públicas de Londrina.

A iniciativa é dos adolescentes Giovanna Lino e Andre Abudi, líderes do projeto Leadership, inspirado em universidades e colégios dos Estados Unidos que escolhem alunos pela meritocracia: boas notas e bom exemplo no comportamento e nas atitudes.

Faz pouco mais de três anos que a equipe pedagógica do colégio tem incentivado os alunos a tomar iniciativas de liderança.

“Os alunos disseram que queriam ter mais convívio com estudantes que estivessem em uma situação maior de vulnerabilidade e que eles também tivessem acesso ao ensino bilíngue”, conta Márcia Kobayashi, diretora geral da escola.

Ela percebeu nos estudantes uma vontade de compartilhar o que têm e o colégio bancou a ideia. A partir daí, os alunos organizaram tudo: pesquisaram modelos de bolsas, ligaram para escolas públicas – algumas não abriram espaço para o projeto deles – e, por fim, organizaram uma seleção para escolher três bolsistas.

Seleção

Mais de 60 adolescentes se inscreveram e realizaram provas de redação, português e matemática, fizeram entrevistas com os futuros colegas, uma dinâmica de grupo e, por fim, uma conversa com a própria diretora.

Os três escolhidos estudam desde o início do ano de graça, o que farão até o último ano do ensino médio, no St. James. Por mês, eles teriam de pagar uma mensalidade em torno de R$ 2,4 mil, incluindo material e uniformes, pelo primeiro ano do ensino médio.

“Muitos colegas nos desencorajaram, dizendo que ia ser mais difícil, ou que não seriam bem acolhidos. Mas não foi o que aconteceu. Fiquei animada com a oportunidade. E a recepção foi muito boa“, diz Evelyn.

“Eu também fiquei animado e fui com a intenção de passar. Há uma diferença enorme de conteúdo, uma carga pesada de estudo, mas no terceiro dia os colegas já nos chamaram para sair”, conta Bruno Souza.

“Não é mais difícil ou mais fácil. São provas mais puxadas, temos que estudar. Mas é o aluno que tem a mentalidade que o faz querer ser grande, ser alguém na vida”, ressalta Bruno Oliveira.

Oportunidade

A ideia era aproximar duas realidades. “O projeto era para envolver a escola pública”, diz Giovanna. E oferecer aos estudantes selecionados as oportunidades que eles mesmos tiveram. “Pensamos em dar acesso aos alunos esforçados a um ensino melhor para estarem mais preparados”, complementa André, que aguarda o início da aulas de administração na Pensilvânia, nos EUA.

Agora, os alunos aguardam ansiosamente o primeiro boletim, para ver se as aulas no contraturno estão ajudando-os a superar as dificuldades na diferença de conteúdo.

E, se tudo der certo, a escola avalia abrir um novo processo de bolsas nesse mesmo formato, tudo organizado pelos alunos, para outros estudantes ingressarem no ano que vem.

Ciberia // Duo / Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …