Essa é a primeira imagem da teia cósmica de filamentos gasosos que conectam o universo

(dr) Joshua Borrow

Graças aos mais avançados telescópios da Terra, pesquisadores conseguiram fazer a primeira imagem da misteriosa “teia cósmica” que permeia todo o universo.

De acordo com os modelos cosmológicos padrão, filamentos de matéria (principalmente hidrogênio) permeiam todo o espaço aparentemente vazio entre aglomerados de galáxia no universo. Tais filamentos são conhecidos como “teia cósmica”.

A teoria dita que são uma espécie de resquício do Big Bang, compõem mais de 60% do gás do universo e alimentam diretamente a produção de estrela em diversas regiões. Nas intersecções de tais filamentos, vias gasosas que conectam todo o espaço, galáxias florescem.

Os filamentos são parte importante da nossa compreensão do universo, mas são extremamente difíceis de detectar, porque são superdifusos e não emitem luz suficiente para serem identificados por telescópios terrestres. Um artigo sobre a pesquisa foi publicado na revista científica Science.

Para conseguir finalmente observá-los, os pesquisadores utilizaram um instrumento chamado “Explorador Espectroscópico de Unidades Múltiplas” do Telescópio Muito Grande do Observatório Europeu do Sul (uma organização intergovernamental localizada na Alemanha).

Eles apontaram o telescópio para um grupo de galáxias muito antigas localizadas na constelação de Aquário. A luz das estrelas e buracos negros da região iluminam fracamente os filamentos de hidrogênio que existem entre essas galáxias, permitindo que os pesquisadores mapeiem pelo menos um pedaço dessa teia cósmica.

A imagem resultante, vista abaixo, mostra filamentos de hidrogênio (azuis) se estendendo por mais de 3 milhões de anos-luz e cruzando um aglomerado de galáxias antigas (brancas), situadas a cerca de 12 bilhões de anos-luz de distância da Terra.

Conforme previsto pelos modelos cosmológicos, os filamentos de gás parecem alimentar diretamente as galáxias mais ativas do aglomerado, bombeando hidrogênio para estrelas recém-nascidas e buracos negros famintos.

Vale observar que, embora as evidências coletadas neste estudo sejam as mais convincentes de que a teia cósmica realmente existe, o estudo de estruturas tão distantes e difusas gera algumas limitações.

Por exemplo, é basicamente impossível dizer onde cada filamento começa e termina, de forma que diferentes pesquisadores podem definir suas fronteiras de diferentes maneiras, o que por sua vez pode resultar em imagens potencialmente diferentes da mesma estrutura.

Um novo telescópio ultravioleta espacial poderia nos ajudar a visualizar melhor como essa teia se conecta a galáxias mais jovens e próximas de nós, mas essa possibilidade ainda é remota, uma vez que tal instrumento é complexo e sairia muito caro.

De qualquer forma, pesquisas futuras devem auxiliar os cientistas a mapear ainda melhor a teia cósmica rastreando suas emissões em comprimentos de onda de rádio ou raio-X.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Arqueólogos encontram o que seria o túmulo de Rômulo, fundador de Roma

A descoberta é considerada "excepcional" pelos arqueólogos. O que poderia ser o túmulo de Rômulo (Romulus), o rei fundador de Roma, foi apresentado ao público pela primeira vez nesta sexta-feira (21), trazendo à tona uma …

Venezuela pede investigação do aeroporto de Lisboa em caso de tráfico de drogas

Polícia prendeu duas pessoas em Caracas, envolvidas em envio quinzenal de drogas para Portugal. Segundo autoridades venezuelanas, o transporte era feito em voos da TAP e o aeroporto de Lisboa foi acusado de cumplicidade. O Ministério …

Alemanha reforça medidas de segurança contra extrema direita após atentado

Após o choque do ataque racista em Hanau e pressionado por todos os lados a reagir, o governo alemão anunciou nesta sexta-feira (21) um fortalecimento da vigilância policial, especialmente em torno das mesquitas, diante de …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta nos arredores de Berlim

O Tribunal Administrativo Superior de Berlim-Brandemburgo, na Alemanha, autorizou nesta quinta-feira (20/02) a fabricante americana de carros elétricos Tesla a continuar derrubando uma floresta nos arredores de Berlim para a construção de sua primeira fábrica …

McDonald’s lança vela perfumada com ingredientes de hambúrguer

Quando você pensa que o McDonald’s já esgotou a sua cota de criatividade, eis que o marketing da franquia de restaurantes surge com as velas perfumadas com ingredientes de hambúrguer. Criadas para comemorar os 50 anos …

Câmara oculta no túmulo de Tutancâmon poderia abrigar rainha Nefertiti, revelam cientistas

Uma equipe de arqueólogos afirma ter encontrado evidências da existência de uma câmara oculta por atrás das paredes da famosa tumba de Tutancâmon, no Vale dos Reis, Egito. Essa câmara, segundo cientistas, poderia ser a …

Donald Trump critica Oscar por ter escolhido Parasita como Melhor Filme

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não ficou nada satisfeito com a escolha de Parasita, longa sul-coreano, como vencedor do Oscar de Melhor Filme. O político disparou contra a Academia, que escolheu a produção de …

Vídeo viral de menino que sofre bullying gera onda de comoção e apoio global

Pessoas de todo o mundo se uniram em apoio a um menino australiano de nove anos depois que um vídeo mostrando sua profunda angústia por ter sofrido bullying viralizou nas redes sociais. Yarraka Bayle postou o …

Inteligência dos EUA diz que Rússia atua por reeleição de Trump

Oficiais alertam parlamentares de que Moscou vem interferindo para ajudar campanha eleitoral do presidente americano. Mídia afirma que Trump substituiu diretor de Inteligência Nacional após se irritar com a revelação. Oficiais de inteligência dos EUA alertaram …

Levantamento aponta que Brasil tem 300 mil bruxos e bruxas

De acordo com a União Wicca do Brasil (UWB), há cerca de 300 mil bruxos e bruxas no país. O Rio de Janeiro é o estado campeão em número de praticantes, somando 40 mil adeptos …