Em resposta ao jogo Baleia Azul, “Baleia Rosa” promove desafios em prol da vida

Com o aumento dos casos de jovens arriscando suas vidas no jogo da Baleia Azul, uma iniciativa criada por usuários brasileiros faz justamente o contrário: promover desafios de valorização da vida através da página Baleia Rosa.

Lançada no último dia 13, a fan page já conta com mais de 110 mil curtidas, e propõe uma corrente do bem entre os internautas, que precisam cumprir determinadas tarefas, como postar uma foto usando uma roupa que te faça sentir bem, fazer carinho em alguém, se olhar no espelho e agradecer por tudo o que tem, entre outras atividades.

As pessoas também precisam compartilhar uma imagem nos comentários do desafio do dia para provar que completaram as missões. Até o momento, são 23 desafios disponíveis na página.

O projeto foi criado por um designer e uma publicitária paulistas que trabalham juntos. Eles preferem não se identificar e afirmam ter recebido muitas mensagens de crianças e adolescentes pedindo ajuda. Por isso, a dupla buscou uma psicóloga, que agora está respondendo esses usuários, além de enviar o número do Centro de Valorização da Vida (CVV) para quem está buscando ajuda.

“Eu vi essa história da baleia azul e pensei em fazer alguma coisa ligada ao desafio, só que 100% voltada para o bem. Queríamos mostrar que a internet também tem forças para fazer coisas positivas. Estamos alertando as crianças para não entrarem nesses tipos de grupo, é muito perigoso”, disseram os criadores.

“Também estamos procurando um caminho profissional porque estamos falando com pessoas que estão passando por situações muito difíceis e queremos arrumar uma forma de ajudar. O nosso pensamento é continuar recebendo mensagens e ajudando como der”, acrescentaram.

A página é uma resposta ao perigoso jogo da Baleia Azul. O fenômeno surgiu na Rússia, de onde se espalhou rapidamente e já foi associado a 130 casos de suicídio em todo o mundo. O jogo viral consiste em completar 50 desafios, sendo um por dia, que são distribuídos por um “mentor” em grupos fechados nas redes sociais.

Os objetivos iniciais são simples, como assistir a um filme de terror sozinho ou desenhar uma baleia num pedaço de papel, mas as tarefas ficam mais sérias e macabras conforme mais atividades forem sendo completadas: desde subir no alto de um telhado ou edifício até tatuar uma baleia no braço com uma faca. O desafio de número 50, o último, é o suicídio.

No Brasil, pelo menos três estados registraram casos em que jovens estão envolvidos no Baleia Azul alguns chegaram a tirar a própria vida.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …

Evo recua e diz que não pretende mais criar milícias

Em carta pública divulgada nesta quinta-feira (16/01), o ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está refugiado na Argentina há mais de um mês, recuou da ideia de promover a formação de milícias no país. "Há alguns …

Dinossauros foram extintos por impacto de asteroide, defende pesquisa científica

O mistério que levou ao fim da era dos dinossauros motiva pesquisadores do mundo inteiro a debater o que teria provocado essa extinção. Um novo estudo busca descartar a teoria de que a atividade vulcânica …