Estátua mais antiga que Pirâmides do Egito é analisada em estudo

Sverdlovsk Regional Museum

A mais antiga estátua de madeira que se tem notícia foi esculpida na região dos Montes Urais, na Rússia, há mais de 12 mil anos.

A idade do ‘Ídolo de Shigir‘, como o artefato ficou conhecido, foi confirmada recentemente por arqueólogos da Universidade de Gottingen, na Alemanha, em parceria com especialistas do Instituto de Arqueologia RAS e do Museu Regional de Sverdlovsk, na Rússia.

O objeto espanta por se tratar de uma relíquia em madeira, material que costuma se degradar com facilidade em relativamente pouco tempo, mas que foi conservado pelas condições locais.

A estátua em dez partes foi descoberta em 1894, e inicialmente tratada como um tipo de totem ou simplesmente artefato exótico de um passado recente – especialmente pela madeira se encontrar em bom estado de conservação. Somente um século mais tarde é que a idade do ‘Ídolo de Shigir‘ foi aproximada, e incialmente calculada em torno de 9,75 mil anos.

O cálculo é dos anos 1990, porém, foi feito a partir de amostra da parte externa do objeto, e foram necessários dois outros estudos – um em 2018 e outro publicado em janeiro de 2021 – para se alcançar o resultado preciso e mais de 2 mil anos ainda mais antigo.

O último cálculo foi realizado a partir dos anéis de crescimento da madeira utilizada na feitura da escultura – feita com árvore conífera do tipo larix, que continha 159 anéis no interior de seu tronco quando o ‘Ídolo‘ foi criado, revelando a idade de 12,5 mil anos.

O cálculo confirma, portanto, se tratar de artefato da Última Era Glacial, período em que o planeta enfrentava grandes transformações climáticas, quando as primeiras florestas começaram a se espalhar pela região da Rússia e da Eurásia, que se tornava então mais quente.

“A paisagem mudou, e a arte, também. Talvez como uma maneira de ajudar as pessoas a lidar com ambientes desafiadores a que foram se deparando”, afirmou o arqueólogo Thomas Terberger, um dos autores do novo estudo.

A conservação da madeira

Para se ter uma ideia de quão antigo é o ‘Ídolo de Shigir‘, o cálculo final confirma que a estátua é nada menos que 7 mil anos mais antiga que Stonehenge, na Inglaterra – construção de 5 mil anos – e quase três vezes mais antiga que as pirâmides do Egito, construídas em torno de 4,5 mil anos atrás.

A conservação da madeira por tanto tempo se deu pelo ambiente em que foi encontrada: espécie de mangue russo, as turfas em Shigir, na região dos Montes Urais, oferece um contexto anaeróbico ácido, capaz de matar microorganismos.

A face interna da estátua é inteira coberta de gravuras que, segundo especialistas, registram temas sobre espíritos ancestrais, a Terra, a natureza e alguns mitos. A escultura está exposta no museu Sverdlovsk Regional Museum of Local Lore, em Ecaterimburgo, na Rússia.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início da pandemia, em índice superior à média dos 30 países e territórios pesquisados. Segundo pesquisa do …

Senado oficializa criação da CPI da Pandemia

Presidente do Senado diz que foco deve estar nas ações e omissões do governo federal e no repasse de recursos da União para estados e municípios. STF julgará determinação do ministro Barroso que ordenou abertura …

Bernie Madoff, maior golpista da história, morre em prisão norte-americana, diz relato

Bernard Madoff, o ex-financista que realizou a maior fraude de investimento na história dos Estados Unidos, morreu aos 82 anos de idade, de acordo com relatos da mídia. Em 2009, o notório financista recebeu uma sentença …

Salvator Mundi, obra mais cara de Da Vinci avaliada em R$2,6 bi, é vista em iate de príncipe

A obra de arte mais cara do mundo é ‘Salvator Mundi’, atribuída a Leonardo da Vinci. Com valor estimado em mais de 400 milhões de dólares ou superior aos 2,6 bilhões de reais, seu paradeiro …

Variante indiana da Covid-19 se propaga mais rápido e é menos detectada por testes PCR

A Índia enfrenta a pior onda de contaminações da Covid-19 desde o início da pandemia, com mais de 165 mil casos registrados nas últimas 24 horas: duas vezes mais do que no último pico, em …

Tipo sanguíneo não afeta risco de contrair COVID-19, diz novo estudo

Um estudo buscou entender se determinados tipos sanguíneos trazem mais riscos de contrair a COVID-19, e concluiu que não é o caso. Com a pandemia, muito se questiona em relação ao comportamento da COVID-19 em nosso …

Buracos negros são famintos, mas possuem boas maneiras à 'mesa', aponta estudo

Todos os buracos negros supermassivos nos centros das galáxias possuem períodos nos quais devoram a matéria situada de seus arredores. De acordo com um estudo publicado na revista científica Astronomy & Astrophysics, as galáxias ativas têm …

Pnad e Caged: No auge do desemprego, Brasil enfrenta falhas nas estatísticas do mercado de trabalho que confundem e desorientam

Num momento em que o país tem registrado números diários de mortes por covid-19 que ultrapassam 4 mil e diversos Estados e municípios reforçam medidas de distanciamento social, na tentativa de conter a propagação do …

Jovem negro de Minnesota morreu por “disparo acidental”, afirma polícia

Policial teria confundido arma de descarga elétrica com arma de fogo. Incidente em meio a julgamento da morte de George Floyd acirra tensões e agrava protestos. Mineápolis e outras cidades ampliam toque de recolher. A policial …

Bia, assistente de voz do Bradesco, vai responder mensagens de assédio

O Bradesco precisou tomar providências para proteger uma mulher de assédio. No caso, uma mulher que nem existe fisicamente. A mulher que dá voz ao sistema de inteligência artificial do aplicativo, a Bia (sigla para Bradesco …