Estudo inédito detalha saúde de “filhos de Chernobyl”

O acidente nuclear na usina de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986, foi uma das maiores tragédias da história da humanidade envolvendo radiação.

As consequências desse evento ainda são conhecidas totalmente pela humanidade; entretanto, um estudo feito com famílias de sobreviventes do acidente nuclear buscou compreender como o acidente pode ter afetado os filhos que viriam depois de Chernobyl.

Os efeitos da radiação em crianças que eram gestadas durante o acidente são conhecidas; malformações, cânceres e outros problemas de saúde oriundos da exposição aos raios de urânio emitidos pela emergência nuclear foram comuns nessa geração. O novo estudo, comandado pela professora Meredith Yeager, do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI) e publicado na revista Science aborda as gestações pós-Chernobyl.

O artigo publicado no periódico de divulgação científica aborda um medo comum que ocorre após tragédias nucleares: após as bombas nucleares de Hiroshima e Nagasaki em 1945, o acidente na usina de Fukushima em 2011 e Chernobyl, famílias apresentaram um medo de gerar filhos por conta de mutações causadas pela radiação.

A pesquisa decidiu analisar um grupo de 200 famílias entre os mais de 600 mil trabalhadores soviéticos que trabalharam como “liquidantes”, responsáveis por conter as vias de contaminação do urânio envolvido no acidente. Além disso, os moradores de Pripyat e outras comunidades no raio de 70 quilômetros do reator 4 da usina de Chernobyl também participaram do estudo.

Milhares de famílias foram evacuadas de Pripryat e passaram a morar em Kiev, capital ucraniana. Mais de 30 mil mulheres recebem pensão do governo da Ucrânia por terem perdido seus maridos após consequências do desastre

“Nós olhamos os genomas das mães e pais e depois da criança. E passamos mais nove meses procurando por qualquer sinal no número dessas mutações que estava associado à exposição dos pais à radiação. Não encontramos nada”, afirmou Stephen Chanock, também do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, à BBC.

Resumidamente, as mutações genéticas encontradas em crianças que nasceram de sobreviventes de Chernobyl não são diferentes da encontrada no resto da população. Os cientistas acreditam que o estudo pode tranquilizar famílias que tenham dúvida na decisão de gerar filhos após acidentes nucleares.

Entre as crianças que estavam sendo gestadas no momento da exposição à radiação, o câncer de tireoide foi dado como a consequência mais comum do evento. Cientistas avaliam que hoje, apenas 5% dos trabalhadores soviéticos que trabalharam como liquidantes estejam saudáveis. Muitos deles apresentam câncer e doenças cardiovasculares.

Uma outra pesquisa realizada pela Universidade de São Francisco nos EUA mostrou que pessoas afetadas pela radiação emitida durante o acidente tem uma propensão maior a desenvolver leucemia em comparação à população em geral. Milhões de pessoas foram afetadas pela radiação na Ucrânia, em Belarus e regiões da Europa Central. Entretanto, as consequências precisas do acidente de Chernobyl nunca serão conhecidas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …