Ex-funcionário da Uber revela esquema de espionagem para roubo de dados

Fernanda Carvalho / Fotos Públicas

Quando achamos que, finalmente, a Uber está deixando as polêmicas de lado, um novo escândalo aparece. O problema mais recente envolve roubo de informações de empresas concorrentes. Quem revelou a prática foi o ex-gerente mundial de segurança da empresa, Richard Jacobs, em uma carta lida em um tribunal nos Estados Unidos.

O ex-funcionário ainda esteve presente no local e fez um depoimento contando que a Uber possui servidores de e-mails falsos, além do sistema comum, alegando que a prática é antiética, mas não ilegal.

“Eu não acreditava que fosse ilegal. Eu tive dúvidas sobre a ética disso. Suponho que, por causa da minha ética pessoal, [a prática] me parecia extremamente agressiva e invasiva”, disse Jacobs quando perguntado sobre seu trabalho na unidade para serviços estratégicos, citado pela BGR.

Jacobs testemunhou contra a empresa em uma disputa legal entre a Uber e a empresa de carros autônomos Waymo, da Google.

A companhia de Mountain View alega que o aplicativo furtou seus segredos comerciais, mais precisamente quando um ex-funcionário chamado Anthony Levandowski salvou “vários gigabytes” da Waymo antes de deixar a companhia para ingressar na Uber.

Agora, com esta nova informação, o julgamento do desentendimento das duas empresas, que aconteceria no próximo dia 4 de dezembro, será adiado. Mas, de acordo com o juiz responsável, William Alsup, pode não ser necessário que a Waymo enfrente os tribunais novamente, pois as novas evidências esclarecem os fatos.

Ciberia // CanalTech

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo implante controla fome e pode substituir cirurgia bariátrica

Um implante simples de um dispositivo sem fio, que controla o apetite, pode substituir a cirurgia bariátrica. Ele foi criado por médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas, EUA e pode ajudar na perda de …

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as …

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

"Não comemorei ou me orgulhei de ter banido Trump do Twitter", diz Jack Dorsey

Em uma série de tuítes, Jack Dorsey, cofundador e CEO do Twitter, defendeu o banimento de Donald Trump da rede social na última sexta-feira (8). Segundo o executivo, essa foi a medida certa para a …

EUA adicionam Xiaomi e mais 8 empresas chinesas à lista de companhias ligadas a militares

Departamento de Defesa dos EUA lista Xiaomi e mais oito empresas por ligações com militares chineses. Para analistas, a listagem é um "frenesi final" do governo Trump em sua campanha anti-China. Na quinta-feira (14), o Departamento …