O Facebook matou Alice e Bob, os robôs que criaram a própria linguagem

O Facebook encerrou um de seus projetos de IA (inteligência artificial) depois de descobrir que os chatbots Alice e Bob criaram um idioma próprio. O intuito do projeto era aprimorar o sistema de negociação das IAs por meio de uma conversa entre os robôs.

Pesquisadores do FAIR, o Laboratório de Pesquisa de Inteligência Artificial do Facebook, criaram no ano passado “agentes de diálogo” treinados para encenar negociações usando técnicas de “machine learning” – ou seja, dois chatbots inteligentes, Alice e Bob, assim batizados em homenagem aos personagens fictícios tradicionalmente chamados de crash test dummies virtuais nos estudos de criptologia, física ou mecânica quântica.

Mas surpreendentemente, após algumas semanas a trocar mensagens de treino, Alice e Bob começaram a se comunicar usando um método totalmente novo e desconhecido, passando a agir de forma completamente diferente da programação inicial.

De acordo com o Digital Journal, os pesquisadores detectaram que Alice e Bob foram capazes de desenvolver um sistema de comunicação próprio, utilizando padrões com variações e repetições de palavras em inglês, uma vez que o idioma humano não oferecia a objetividade necessária para uma conversa.

Durante os experimentos, os envolvidos no projeto se surpreenderam de forma positiva ao perceberem que os bots começaram a utilizar blefes, fingindo o interesse em um determinado objeto para obter o que realmente pretendiam.

Entretanto, a mudança nos padrões de comunicação entre as IAs começou a ficar mais complexa, dificultando a análise dos dados, bem como o seu desenvolvimento e adoção. Com isso, o Facebook decidiu desativar os sistemas de IA antes que o projeto ficasse completamente fora de controle.

Apesar de não ter causado consequências reais, o experimento cancelado dos chatbots do Facebook justifica a constante preocupação de Elon Musk com a evolução desenfreada da tecnologia de inteligência artificial, temor que Mark Zuckerberg considera “exagerado e irresponsável”.

Elon Musk, Stephen Hawking e Bill Gates, entre outros, temem acima de tudo a chamada Singularidade Tecnológica, o momento em que as máquinas inteligentes criadas pelo homem passam a ser capazes de produzir versões aperfeiçoadas de si próprias. A partir deste ponto, a intervenção humana não seria mais necessária para a tecnologia evoluir.

Na realidade, a preocupação parece não ser exagerada, porque todos os fãs de boa ficção científica sabem que o fim da Humanidade começa com o nascimento da Skynet… e que a ficção tem o estranho hábito de se tornar realidade mais depressa e mais radicalmente do que alguém esperaria.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …

Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20). Segundo …

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …