Facebook usará inteligência artificial para combater terrorismo

Ainda como parte de seu movimento para lidar com a proliferação do terrorismo e extremismo em sua rede, o Facebook revelou que usará inteligência artificial para auxiliar na moderação de postagens.

A empresa diz que está aplicando sistemas de aprendizado e análise juntamente à moderação de conteúdo por mãos humanas, de forma a impedir até mesmo que conteúdos violentos ou que façam propaganda desses ideais sejam publicados.

Por meio de análises de comportamento, palavras-chave e diversos outros atributos, o sistema seria capaz de marcar e até mesmo deletar conteúdos categorizados como terroristas. Além disso, usuários associados a movimentos extremistas ou que possam ter relações com eles também serão indicados aos moderadores humanos e podem ser impedidos de publicar na rede social.

Fotos e vídeos de decapitações, combates e inimigos mortos, por exemplo, estão entre o tipo de conteúdo que será retirado do ar. Publicações desse caráter não devem mais ser permitidas no Facebook, com os usuários, muitas vezes, sendo alertados sobre isso antes mesmo de a publicação ir ao ar.

O objetivo do Facebook é criar um sistema que se alimente sozinho, aprendendo cada vez mais a lidar com o extremismo na medida em que localiza usuários relacionados a isso ou bloqueia publicações.

A inteligência artificial, claro, trabalha lado a lado com a moderação humana, algo essencial para que a empresa possa garantir um ambiente mais seguro para os usuários.

150 profissionais falantes de 30 idiomas estão trabalhando no sistema, com a rede social tendo a ambição de vê-lo, um dia, caminhando com as próprias pernas e lidando com todas as questões desse tipo.

O Facebook possui times dedicados exclusivamente a trabalhar no combate ao terrorismo, tendo, inclusive, políticas específicas para esse fim, além de estar passando por uma onda de contratações voltada para melhorar a moderação e a proteção de seus utilizadores contra abuso, assédio, bullying e outras formas de violência online.

As atitudes são uma resposta às críticas de que o site não fazia o bastante para garantir isso, permitindo a livre proliferação de ideais extremistas simplesmente por não tomar uma atitude.

A onda de atentados terroristas na Europa levou a um agravamento da situação, principalmente depois que a primeira ministra britânica Theresa May disse que as companhias de internet têm responsabilidade nesse combate, mas não estariam agindo de acordo.

A internet tem sido cada vez mais o principal meio empregado por terroristas para realizar recrutamento, com novas contas e publicações surgindo em um ritmo maior que a capacidade dos serviços de se adaptarem a essa nova realidade.

Já está mais do que na hora de isso acontecer, e, com seu sistema de inteligência artificial, o Facebook parece disposto a recuperar o tempo perdido.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …

Funcionários da Tesla são demitidos por ficarem em casa

Quando a fábrica da Tesla na Califórnia (EUA) reabriu em meados de maio, o CEO, Elon Musk, tranquilizou os trabalhadores dizendo que não precisariam ir à fábrica se "se sentissem desconfortáveis". No entanto, apesar do comunicado, …

Brasil supera marca de 60 mil mortes por covid-19

Segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde, total acumulado de óbitos no país é de 60.632, com 1.448.753 infecções. Brasil tem ainda 826.866 pessoas recuperadas. O painel do Conselho Nacional de Secretários de …

Especialista pode ter encontrado a resposta para estátuas egípcias com nariz quebrado

Na arte e na simbologia religiosa do antigo Egito, a representação da figura humana era celebrada como possível receptáculo de nossas almas ou mesmo de um Deus, em estátuas que possuíam profunda função ritualística. Passados alguns …

Estrela massiva desapareceu sem deixar traços

Um objeto espacial integrante da galáxia anã Kinman desapareceu de nossas vistas, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Essa estrela excepcionalmente grande foi descrita em 2001 …

Vacina da covid-19 produzida no Brasil será distribuída em dezembro, se aprovada

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pode começar a distribuir a vacina contra a COVID-19 em dezembro deste ano, caso os testes finais se mostrem efetivos para evitar a propagação da doença. A vacina vem sendo …

Hong Kong: um dia após adoção da lei de segurança nacional, polícia prende 180 manifestantes

Um homem que carregava uma bandeira a favor da independência de Hong Kong se tornou nesta quarta-feira (1°) a primeira pessoa presa com base na nova lei de segurança do território, promulgada na véspera …

Brasil tem 1.280 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

A contagem das vítimas da epidemia do novo coronavírus no Brasil, divulgada pelo painel do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde, voltou a registrar mais de mil mortes pela …