Facebook usará inteligência artificial para combater terrorismo

Ainda como parte de seu movimento para lidar com a proliferação do terrorismo e extremismo em sua rede, o Facebook revelou que usará inteligência artificial para auxiliar na moderação de postagens.

A empresa diz que está aplicando sistemas de aprendizado e análise juntamente à moderação de conteúdo por mãos humanas, de forma a impedir até mesmo que conteúdos violentos ou que façam propaganda desses ideais sejam publicados.

Por meio de análises de comportamento, palavras-chave e diversos outros atributos, o sistema seria capaz de marcar e até mesmo deletar conteúdos categorizados como terroristas. Além disso, usuários associados a movimentos extremistas ou que possam ter relações com eles também serão indicados aos moderadores humanos e podem ser impedidos de publicar na rede social.

Fotos e vídeos de decapitações, combates e inimigos mortos, por exemplo, estão entre o tipo de conteúdo que será retirado do ar. Publicações desse caráter não devem mais ser permitidas no Facebook, com os usuários, muitas vezes, sendo alertados sobre isso antes mesmo de a publicação ir ao ar.

O objetivo do Facebook é criar um sistema que se alimente sozinho, aprendendo cada vez mais a lidar com o extremismo na medida em que localiza usuários relacionados a isso ou bloqueia publicações.

A inteligência artificial, claro, trabalha lado a lado com a moderação humana, algo essencial para que a empresa possa garantir um ambiente mais seguro para os usuários.

150 profissionais falantes de 30 idiomas estão trabalhando no sistema, com a rede social tendo a ambição de vê-lo, um dia, caminhando com as próprias pernas e lidando com todas as questões desse tipo.

O Facebook possui times dedicados exclusivamente a trabalhar no combate ao terrorismo, tendo, inclusive, políticas específicas para esse fim, além de estar passando por uma onda de contratações voltada para melhorar a moderação e a proteção de seus utilizadores contra abuso, assédio, bullying e outras formas de violência online.

As atitudes são uma resposta às críticas de que o site não fazia o bastante para garantir isso, permitindo a livre proliferação de ideais extremistas simplesmente por não tomar uma atitude.

A onda de atentados terroristas na Europa levou a um agravamento da situação, principalmente depois que a primeira ministra britânica Theresa May disse que as companhias de internet têm responsabilidade nesse combate, mas não estariam agindo de acordo.

A internet tem sido cada vez mais o principal meio empregado por terroristas para realizar recrutamento, com novas contas e publicações surgindo em um ritmo maior que a capacidade dos serviços de se adaptarem a essa nova realidade.

Já está mais do que na hora de isso acontecer, e, com seu sistema de inteligência artificial, o Facebook parece disposto a recuperar o tempo perdido.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …