Facebook quer que bancos compartilhem dados dos clientes (e dá internautas em troca)

O Facebook abordou os principais bancos norte-americanos para lhes propor o compartilhamento de informação sobre seus clientes que fossem utilizadores da rede social, propondo internautas em troca serviços através do Messenger.

Dê os dados bancários dos clientes, e leve meus internautas em troca. Esta é, tudo indica, a mais recente iniciativa de mérito duvidoso a colocar a conduta do Facebook muito além do limiar da legalidade e da ética.

A empresa de Mark Zuckerberg manteve vários meses de discussão com o Chase, o banco de retalho do JPMorgan, o Citi, o U.S Bancorp e o Wells Fargo, indicou fonte conhecedora do assunto à AFP, sob anonimato, destacando que o Chase tinha acabado com as negociações.

Zuckerberg deseja ter acesso a informações sobre todas as transações financeiras efetuadas por cartões bancários e conhecer os saldos das contas correntes de depósitos à ordem dos clientes, ainda segundo a mesma fonte.

Em troca das informações que pretende obter sobre as empresas com quem os clientes dos bancos transacionam, Zuckerberg propôs aos bancos que colocassem no Messenger, que reivindica ter 1,3 bilhão de utilizadores ativos, alguns dos seus produtos.

Segundo o Wall Street Journal, que nesta segunda-feira (6) revelou o caso, o Facebook não especificou o que tencionava fazer com a informação obtida dos bancos sobre os clientes.

“Como várias empresas na internet com atividades comerciais, nos associamos aos bancos e aos emissores de cartões bancários para oferecer serviços como o chat com os clientes e a gestão de conta”, disse uma porta-voz da Facebook à AFP.

“As contas correntes ligadas às páginas do Facebook permitem aos proprietários receber em tempo real atualizações na Messenger e podem assim guardar o percurso dos dados das transações, como os recibos, as datas de entrega e o saldo das contas”, acrescentou a porta-voz.

A porta-voz da Facebook assegurou ainda que estas informações “não seriam usadas para fins publicitários”.

Sem confirmar nem desmentir, uma porta-voz do Citi disse à AFP que a instituição tinha “discussões regulares com potenciais parceiros”. Já uma fonte interna do banco admitiu à AFP uma parceria com uma rede social, uma vez que constata que os clientes passam cada vez mais tempo nas redes sociais.

Por sua vez, Patricia Wexler, porta-voz do JPMorgan Chase, reenviou para a AFP a resposta que tinha dado ao Wall Street Journal. “Não compartilhamos dados das transações efetuadas pelos nossos clientes, por consequência rejeitamos certas propostas”, afirmou Wexler ao jornal.

O Wells Fargo não quis comentar o assunto.

As revelações colocamem evidência a controvérsia do acesso aos dados pessoais dos utilizadores da Facebook depois, entre outros, do escândalo Cambridge Analytica, empresa britânica acusada de ter coligido e explorado sem autorização, para fins políticos, informação pessoal dos utilizadores da rede social.

Semanas após a revelação do escândalo, a Cambridge Analytica acabou por falir e fechar as portas. O Facebook, por sua vez, continua imparável – porque, sustenta a própria empresa, são os próprios utilizadores que querem assim.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …

Freiras desviam 500 mil de escola católica para jogar em Las Vegas

Duas freiras norte-americanas admitiram terem desviado fundos escolares estimados em 500 mil de dólares para realizarem viagens aos cassinos de Las Vegas, anunciou esta semana a arquidiocese de Los Angeles. O desvio de fundos destinados a …

Uma selfie em meio aos protestos em Paris: “metáfora do nosso tempo”

Uma foto do jornalista russo Ilya Varlamov está correndo o mundo, sendo considerada por muitos internautas como um documento que “capta de forma precisa o espírito da nossa era”. A imagem de uma jovem tirando uma selfie …

Experiências de quase-morte: luz no fim do túnel pode ter explicação

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim de um túnel e encontrado familiares ou animais de estimação. Apesar do tom sobrenatural, a ciência consegue explicar o …

Setenta anos depois, teste de DNA reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que sua bebê recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que mentiu sobre suas origens. Agora, mãe e filha se conheceram graças a um teste de …

“Lobisomem da Sibéria”: maior assassino em série da Rússia era policial e matou 78 mulheres

Um ex-policial russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado nesta segunda-feira (10) na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história …

Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira (10) por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade marroquina de Marraquexe. A …

Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social

O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Abi-Ramia Caetano, foi eleito para o cargo de secretário-geral da Associação Internacional de Seguridade Social (2019-2024). Ele será o primeiro brasileiro a ocupar a posição. Em …

Professora diz aos alunos que o Papai Noel não existe (e é demitida)

Uma professora substituta, em uma cidade norte-americana, já não vai voltar a ser chamada para dar aulas – além do Papai Noel, ela também “matou” o Coelhinho da Páscoa e a Fada do Dente. Por todo …

Maior quebra-cabeças do mundo é uma ilha congelada na Rússia

Localizado entre o Oceano Ártico e os mares gelados do norte da Sibéria, o aglomerado de rochas, conhecidas como as Ilhas da Nova Sibéria, é frio e remoto. As ilhas são uma tela quase desabitada coberta …