Facebook quer expandir sua plataforma de eventos pagos ao mundo dos esportes

Anunciadas em março deste ano, as novas opções de realização de lives pagas do Facebook têm um novo alvo: o mundo dos esportes.

Segundo executivos da empresa falaram à CNBC, a ideia é transformar a rede social em um meio de compartilhar partidas de times colegiais e de ligas com apelo menor ao mesmo tempo em que há a geração de renda para as equipes envolvidas.

Rob Shaw, diretor de mídia esportiva e parcerias de ligas do Facebook, afirmou que acredita que as transmissões vão ajudar a injetar ânimo no modelo pay-per-view. “As pessoas estão dispostas a pagar para experimentar um momento”, afirmou o executivo. “Uma coisa que notei, no entanto, é que não acho que as pessoas estão dispostas a começar com uma assinatura logo de cara”.

Atualmente disponíveis para um número seleto de usuários, as transmissões ao vivo pagas permitem vender “ingressos” para o público interessado. Embora no momento toda a renda seja revertida para a organização dos eventos, a rede social já prevê uma mudança nas regras em agosto — o que deve vir acompanhado de uma taxa de manutenção destinada à empresa.

Foco em eventos menores

Para transmitir um evento, uma entidade terá que primeiro pedir permissão e passar por uma checagem de integridade. O Facebook afirma que realiza o monitoramento ativo das transmissões para evitar o compartilhamento de conteúdos explícitos, mas não faz distinções entre os formatos utilizados — que podem ser desde um vídeo ensinando uma receita até um torneio esportivo completo.

Durante a fase de testes, a rede social teve sucesso com a transmissão do Challenge Miami, desafio de triatlo profissional que cobrou US$ 2.99 (R$ 15,76 na conversão direta) pelos ingressos virtuais. Acompanhado por mais de 17 mil pessoas ao redor do mundo, ele teve uma audiência que se localizava majoritariamente fora dos Estados Unidos (70%).

Desde o ano passado, o Facebook vem conquistando uma grande audiência nas transmissões de competições como a UEFA Champions League e a Copa Libertadores da América por meio do Watch, mas elas não parecem ser o alvo da nova iniciativa. Pelo menos por enquanto, a plataforma deve mirar em ligas locais, esportes pouco divulgados e eventos únicos — justamente aqueles que não precisam lidar com contratos televisivos que incluem cláusulas que impedem sua transmissão através da rede social.

Ciberia // Canaltech

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …