Família de Prince processa médico que receitou remédios ao cantor

Sound Opinions / Flickr

O artista anteriormente conhecido como Prince (quando ainda era Prince)

A família de Prince, que morreu em 2016 aos 57 anos, denunciou nesta sexta-feira um médico que tratou o cantor por sua dependência de opiáceos e que supostamente lhe proporcionou vários remédios sem a receita adequada pouco antes de morrer, segundo informou a emissora “ABC”.

O processo apresentado em uma corte federal de Minnesota, nos Estados Unidos, acusa o médico Michael Todd Schulenberg de negligência quando atendeu o criador de “Purple Rain”, que morreu em consequência de uma overdose do opiáceo fentanil.

“Falhou na hora de avaliar, diagnosticar, tratar e aconselhar apropriadamente Prince por sua reconhecível dependência de opiáceos e, além disso, falhou na hora de adotar medidas apropriadas e razoáveis para prevenir o previsivelmente fatal resultado dessa dependência”, assegura a denúncia.

“Estes desvios do padrão da prática médica aceitável tiveram um papel substancial em propiciar a morte de Prince”, acrescenta.

O médico se defendeu hoje por meio de um comunicado de seu advogado, que assegurou que o processo carece de fundamento e que seu cliente demonstrará que suas ações foram corretas.

No último mês de abril, a família de Prince denunciou também um hospital de Illinois (EUA) que atendeu Prince uma semana antes de sua morte.

O médico Michael T. Schulenberg ganhou importância dentro do caso sobre a morte de Prince quando os investigadores encontraram na residência do músico vários medicamentos que não estavam receitados em nome do artista.

Prince recebia estes remédios através de uma rede de amigos e conhecidos, entre os quais estava Kirk Johnson, encarregado da segurança de sua equipe.

Schulenberg foi quem assinou as receitas para estes medicamentos sem fentanil e disse que fez isso para “proteger a privacidade de Prince”.

Em abril, o escritório do promotor do condado de Carver (Minnesota) anunciou que não seriam apresentadas acusações pela morte de Prince já que, após quase dois anos de investigação, não tinham “suficientes provas” para indiciar ninguém.

As autoridades admitiram que não puderam determinar como o fentanil chegou às mãos de Prince, já que o músico não tinha prescrição médica para sua posse, e apontaram como hipótese que o cantor tenha morrido ao consumir por engano Vicodin falso que, na realidade, continha fentanil.

Nessa mesma entrevista coletiva, o promotor garantiu que Schulenberg examinou Prince e lhe proporcionou pastilhas de Percocet, que não tiveram nada a ver com a morte do artista. Schulenberg chegou então a um acordo com as autoridades federais pelo qual pagou US$ 30.000 de multa.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …

Alemanha quer exigir de viajantes teste de covid-19 feito antes de embarque

Ministro da Saúde alemão defende que passageiros vindos de territórios de risco, incluindo o Brasil, apresentem exame negativo realizado em país de origem para entrar na Alemanha. O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, defendeu nesta …