França: Estudo com cães farejadores de coronavírus dá resultado preliminar surpreendente

Pixabay

Nas últimas três semanas, cerca de 20 cães farejadores do Corpo de Bombeiros e da polícia francesa, especializados em detectar explosivos ou drogas, foram treinados para identificar a presença do coronavírus no suor de pacientes com a Covid-19.

Os primeiros resultados surpreenderam o coordenador do estudo, o professor Dominique Granjean, da Escola Veterinária de Maison-Alfort, na região parisiense.

Alcançamos 100% de resultados positivos em algumas sessões“, disse o professor à rádio France Inter. Agora, o estudo entra na segunda fase e deve fornecer resultados conclusivos dentro de dez dias.

O objetivo da primeira etapa da pesquisa, iniciada no dia 23 de abril, era verificar se os cachorros habituados a identificar explosivos e drogas também tinham o faro sensível ao coronavírus. “Os resultados foram surpreendentes”, explicou o veterinário.

Inicialmente, os cães foram apresentados a amostras de suor de pacientes positivos à Covid-19 para despertar o olfato ao “cheiro” do novo vírus. Depois, o pesquisador organizou várias sessões nas quais colocava em uma sala apenas uma amostra positiva para o Sars-CoV-2 ao lado de várias outras negativas. A cada vez, o cão devia parar diante da amostra positiva para mostrar que havia farejado o vírus.

“Uma das nossas interrogações era saber se o coronavírus provoca um odor específico no suor do doente. Chegamos a sessões em que os cães acertavam em 100% das vezes a amostra contamidada pelo coronavírus”, revelou o professor Granjean.

“Ficou claro que os cães conseguem distinguir o cheiro da amostra positiva seja em relação a amostras negativas de suor ou sem nenhum traço de transpiração”, explicou.

A segunda fase do estudo, a partir desta semana, será de validação da experiência. Os cães terão de distinguir entre duas amostras, uma positiva e outra negativa.

O objetivo será verificar se o cachorro para diante do indício positivo, se ele late ou se senta quando fareja o coronavírus. Para o ensaio demonstrar sua eficácia, o cão deve latir sistematicamente quando estiver diante do indício positivo para a Covid-19 e não o confunda, em hipótese alguma, com uma amostra negativa.

Esta fase deve estar concluída dentro de dez dias, estima Grandjean. “Mas nunca se sabe, os cães, mesmo treinados, não são máquinas”, explica o veterinário, entusiasmado com a possibilidade de ver os farejadores se tornarem úteis para o diagnóstico do coronavírus.

Além da França, vários países estão testando cães para essa função, incluindo Brasil, Bélgica, Reino Unido e Estados Unidos.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …

Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em "ângulo letal"

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta. Agora, segundo …

Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro. Trump pede tiros em manifestantes

Minneapolis vive uma escalada de violência provocada por um policial branco que matou, de forma brutal, um homem negro. George Floyd foi asfixiado pelo joelho do oficial enquanto era filmado em plena luz do dia. Nem …

Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão. Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas …

Coreia do Sul registra aumento de casos de coronavírus e teme nova onda da epidemia

A Coreia do Sul anunciou nesta quinta-feira (28) o maior aumento de novas contaminações por coronavírus em quase dois meses, devido a um surto de casos em um armazém de uma empresa de comércio …

Desigualdade eleva letalidade da covid na favela, diz estudo

Quase todos os dias, com ou sem pandemia, a diarista Joceliane Gomes Santos de Freitas, 29 anos, sai de casa às 7h em Barra do Ceará, comunidade de Fortaleza onde mora com o marido e …

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …