Futebol norte-americano se ajoelha contra Trump

John Cetrino / EPA

Jogadores, treinadores e proprietários ajoelham-se massivamente durante o hino nacional antes dos desafios da liga profissional da NFL

O futebol norte-americano se uniu neste domingo no desafio ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com jogadores, treinadores e proprietários massivamente a permanecerem ajoelhados durante o hino nacional antes dos desafios da liga profissional da NFL.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou neste domingo a criticar os jogadores da liga de futebol americano (NFL) que protestam durante a execução do hino nacional do país antes do jogo e pediu que eles sejam demitidos.

“Se os fãs da NFL se negassem a ir às partidas até que os jogadores deixassem de faltar com o respeito à nossa bandeira e ao nosso país, veríamos uma mudança rápida. Que sejam demitidos ou suspensos“, afirmou Trump em uma mensagem no Twitter.

“O público da NFL e os índices de audiência estão no chão. Muitos não vão porque amam o nosso país. A liga deveria apoiar os EUA”, completou o presidente na rede social.

A polêmica começou na última sexta-feira, quando Trump criticou jogadores da NFL que fizeram protestos durante a execução do hino. O presidente, inclusive, chegou a xingar os atletas.

No ano passado, o afro-americano Colin Kaepernick, então jogador do San Francisco 49ers e hoje sem time, chamou a atenção por permanecer ajoelhado durante a execução do hino nacional.

Não vou me levantar para mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime as pessoas negras e de cor”, explicou na época.

Trump também chocou o mundo do basquete ontem ao desconvidar o armador Stephen Curry, astro do Golden State Warriors, da NBA, a visitar a Casa Branca.

É tradicional que as equipes campeãs das ligas americanas visitem a residência presidencial, mas Curry admitiu que não queria ir à Casa Branca em uma forma de protesto contra Trump.

Após a mensagem do presidente, o Golden State confirmou que não irá à Casa Branca e disse que aproveitará a viagem a Washington, prevista para fevereiro, para celebrar a igualdade, a diversidade e a inclusão.

Stephen Curry recebeu mensagens de apoio de vários astros da NBA, entre eles do ala LeBron James, do Cleveland Cavaliers, um dos principais nomes do esporte americano. No Twitter, James disse que ir à Casa Branca era um grande prazer até Donald Trump chegar ao poder.

//

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Restaurante alemão proíbe entrada de crianças

Chamado "cozinha da vovó" em alemão, estabelecimento barra menores de 14 anos após 17h. Proprietário diz querer proporcionar um "oásis de paz" a seus clientes. Um restaurante no balneário de Binz, na ilha alemã de Rügen, …

Sobe número de mortos com queda de ponte em Gênova

Com a morte do motorista romeno de 36 anos Marian Rosca, subiu para 43 o número de mortos após o desabamento de um viaduto na cidade de Gênova, na Itália. Dos nove feridos que estavam …

Identificadas as galáxias mais antigas do Universo (no quintal da Via Láctea)

Astrônomos identificaram algumas das galáxias mais antigas do Universo em órbita da Via Láctea. Encontrar estas entidades cósmicas é como encontrar os restos dos primeiros humanos que habitaram a Terra. Segundo os autores do estudo, publicado …

Sul da Índia "se afoga" nas piores inundações em um século

O estado indiano de Kerala vive há dez dias as piores inundações em um século por causa das torrenciais chuvas de monção, que já deixaram cerca de 200 mortos e mais de 220 mil evacuados …

200 mil bombas de Hiroshima: o poder do supervulcão de Santorini

Um novo estudo, realizado com base em análises de anéis de árvores, pode definir com mais precisão o momento em que o supervulcão de Santorini, na Grécia, entrou em erupção. A nova pesquisa ajudou a …

Matemáticos do MIT resolvem um velho mistério sobre o espaguete

Partir um palito de espaguete seco em somente dois pedaços é uma missão praticamente impossível. Ou era, até que matemáticos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos EUA, conseguiram descobrir um truque que permite …

Colapso de ponte em Gênova: sobe para 41 o número de mortos

O número de vítimas da desmoronamento de uma pontos na cidade de Gênova, no noroeste da Itália, subiu para 41, depois que as equipes de bombeiros encontraram entre os blocos de concreto um veículo com …

Morre o ex-secretário-geral da ONU e Nobel da Paz Kofi Annan

Morreu neste sábado (18) o ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e vencedor do prêmio Nobel da Paz, o ganês Kofi Annan, de 80 anos. A informação foi confirmada pela família. Não foram divulgados …

Dos 27,4 mil registros de candidaturas, 8,4 mil são de mulheres

As candidaturas femininas nas eleições de outubro chegam a 30,7%, o equivalente a 8.435, do total de 27.485 pedidos de registros encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Centro-Oeste é a região com maior percentual …

"Multa do bem" diminui casos de atropelamento no trânsito

Elogiar motoristas que dão preferência aos pedestres no trânsito é uma maneira simples de evitar atropelamentos. Afinal, quem não gosta de ser elogiado quando faz a coisa certa? Qualquer pessoa gosta, e a psicologia tem …