Golfinho tarado causa fechamento de praia na França

Uma cidade na costa da França teve que fechar suas praias por causa de um visitante particularmente agressivo. E não, não é um tubarão, mas um golfinho muito “animado”.

O golfinho, com 3 metros de comprimento e chamado Zafar, passou os últimos meses frequentando a baía de Brest, em Landévennec, na Bretanha (noroeste da França). No entanto, nas últimas semanas, ele começou a mostrar comportamentos peculiares.

De acordo com a imprensa local, citada pelo IFLScience, ele tem “se esfregado” contra caiaques e pequenos barcos, além de impedir os banhistas de retornarem à costa e até mesmo usar o focinho para empurrar uma mulher desavisada para fora da água.

Zafar já foi culpado de alguns sustos, mas ninguém foi ferido ainda.

Em resposta às travessuras do golfinho, o prefeito da cidade, Roger Lars, proibiu atividades de banho e mergulho sempre que Zafar estiver nas proximidades. Chegar a menos de 50 metros do golfinho também é estritamente proibido.

Alguns criticaram a decisão, chamando-a de “excessiva”. Um deles é o especialista em direito ambiental Erwan Le Cornec, que disse ao Ouest-France que o prefeito tenta fazer os golfinhos parecerem “bestas ferozes”.

Segundo o IFLScience, os golfinhos têm vidas sexuais interessantes e parecem fazer sexo não apenas para fins reprodutivos, mas também por puro prazer.

Estes cetáceos já foram observados praticando comportamento homossexual e se masturbando (com a cabeça de um peixe morto). Houve até histórias de golfinhos mostrando uma atração por seres humanos. Um exemplo disso é o caso de Margaret Howe Lovatt e um jovem golfinho macho chamado Peter, que teve um fim particularmente trágico.

Quanto a Zafar, a situação também é triste.

Elizabeth Hawkins, pesquisadora líder da Dolphin Research Australia, disse ao Washington Post que esse desempenho não é tão incomum para um golfinho na posição de Zafar, sendo um “pária social” (por qualquer razão, ele foi isolado dos outros golfinhos e agora quer se envolver socialmente). “Essa fricção [contra caiaques e barcos] é uma tentativa de satisfazer esse desejo”, afirma.

A proibição não é apenas do interesse de potenciais “vítimas” humanas, mas o melhor para Zafar, diz a pesquisadora.

Isto porque os golfinhos solitários correm o risco de se acostumar com o contato com as pessoas, o que pode deixá-los extremamente vulneráveis ​​a maus-tratos nas mãos de humanos e outros perigos relacionados a nossa espécie, incluindo barcos de pesca.

A prefeitura da cidade espera que a proibição ajude Zafar a recuperar seus instintos naturais, mas a lição aqui é a seguinte: os golfinhos têm uma reputação de serem criaturas sociais e amigáveis, mas, como todos os animais selvagens, é melhor que sigam suas vidas – sem interferência humana.

EM, Ciberia // IFLScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19: Brasil deve enfrentar pior fase da pandemia nas próximas semanas

Nos últimos dias, a pandemia no Brasil foi marcada por imagens de dor e de esperança. De um lado, a falta de oxigênio em Manaus mostrou a tragédia causada pela falta de coordenação contra a …

Após meses, Jack Ma reaparece publicamente via vídeo em evento no interior da China

Sem aparecer publicamente desde o fim de outubro de 2020, Jack Ma faz sua primeira aparição em evento de bem-estar social para professores em área rural da China. O bilionário cofundador do grupo Alibaba, gigante do …

Donald Trump perdoa Steve Bannon e outros aliados

Nas suas últimas horas no cargo, o presidente dos EUA concede perdão a vários aliados e também políticos condenados por corrupção. Entre os perdoados está seu ex-estrategista-chefe. O presidente dos EUA, Donald Trump, usou suas últimas …

Máscara com nariz de fora rende eliminação de exame e prisão de candidato

Um homem de 49 anos foi preso no Japão após se recusar a utilizar corretamente uma máscara facial durante um exame de admissão para faculdade. Ele foi desqualificado da prova e acabou tomando as notícias …

Esconderijo moedas de ouro medievais são descobertas em uma fazenda na Hungria

No século XVI, um ataque do Império Otomano pode ter levado húngaros em pânico a enterrar um estoque de valiosas moedas de prata e ouro. Agora, arqueólogos descobriram este tesouro enterrado em uma fazenda moderna …

Vacina covid-19. As respostas para as 10 perguntas mais procuradas sobre vacinação nas últimas 24 horas

A aprovação da CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan) e da CoviShield (FioCruz/Universidade de Oxford/AstraZeneca) representou um enorme avanço para conter a pandemia de covid-19, que já vitimou quase 210 mil brasileiros. Essas duas vacinas são as primeiras …

Satélites Starlink agora são invisíveis a olho nu, mas não para telescópios

Quando a SpaceX lançou as primeiras 60 unidades da rede Starlink em maio de 2019, a comunidade científica expressou preocupações, prevendo que as observações astronômicas seriam afetadas pelo brilho das unidades que compõe a constelação …

Sites de Apostas Legalizados no Brasil: fique atento

Com o crescimento dos sites de apostas esportivas, é preciso ficar atento a quais deles atuam de maneira legal no mercado e quais estão trabalhando ilegalmente. Infelizmente, os novatos no mundo das apostas podem acabar tendo …

Europa e EUA exigem que Rússia liberte Alexei Navalny

Detenção do ativista russo gera onda de condenações no Ocidente, sendo classificada como tentativa inaceitável de silenciar o crítico de Putin que foi alvo de envenenamento. Juiz determina prisão preventiva por 30 dias. A União Europeia, …

"O que vai curar a economia é a vacinação", diz economista do setor de comércio brasileiro

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reduziu a previsão de crescimento do setor mesmo com o início da vacinação. Para discutir a questão, a Sputnik Brasil conversou com Fábio Bentes, …