Grande Muralha da China foi pavimentada com cimento e a Internet reagiu

zsoolt / Flickr

-

Fotos de uma parte da Grande Muralha da China transformada numa reta lisa e plana, coberta de cimento, após os trabalhos de restauração, estão motivando duras críticas dos internautas chineses.

Situado na província de Liaoning, nordeste da China, o trecho Xiaohekou, cuja construção remonta a 1381, compõe oito quilômetros daquele monumento, considerado patrimônio da humanidade pela Unesco.

As imagens que circulam nas redes sociais mostram que o piso acidentado e degraus irregulares, onde ervas brotavam, foram pavimentados, dando lugar a uma longa faixa branca de betão.

“Isso parece obra de um grupo de pessoas que nem o ensino básico completou”, diz um utilizador do Sina Weibo, o Twitter chinês. “Se as obras serviram para isto, o melhor era terem rebentado com tudo”, acrescenta.

Outro internauta lamenta o “tratamento tão mau dos monumentos deixados pelos nossos ancestrais”. “Como é que pessoas com um nível de cultura tão baixo podem ocupar posições de liderança?”, pergunta ainda.

No entanto, a indignação se estende a todo o mundo e vários utilizadores das redes sociais têm manifestado seu espanto e desagrado com a forma como as obras foram realizadas.

O próprio vice-diretor do departamento de Cultura de Liaoning admitiu, em declarações à televisão estatal CCTV, que o resultado da reparação “é bastante feio”.

Autoridades chinesas já estão investigando

A Grande Muralha, construção da Dinastia Ming, não é uma estrutura única, integrada, mas sim uma construção por secções que se estende por milhares de quilômetros a partir de Shanhaiguan, na Costa Leste de Jiayuguan, atravessando as areias do deserto de Gobi.

Em alguns locais a estrutura está tão deteriorada que está em risco de desaparecer. As estimativas da sua extensão total variam entre nove e 21 mil quilômetros, dependendo se as secções que entretanto desapareceram são incluídas ou não.

Os trabalhos de restauração de Xiaohekou foram iniciados em 2012, visando “evitar maiores danos e degradação” devido a “problemas graves na estrutura e inundações”, e completados em 2014, segundo um comunicado difundido pela Administração Estatal de Patrimônio Cultural.

O organismo governamental anunciou já uma investigação sobre quem aprovou e conduziu os trabalhos de reparo, afirmando que irá punir seriamente os responsáveis.

Mais de 30% da Grande Muralha da China desapareceu ao longo do tempo devido a condições meteorológicas adversas e à atividade humana, como a retirada de tijolos para construção de casas, segundo estimativas divulgadas pela imprensa estatal.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Encontrada a origem da vida no universo

Uma estrela morre por segundo no universo. Mas esses objetos estelares não somem totalmente, algo sempre fica para trás. Certas estrelas entram em supernova, que geram um buraco negro ou uma estrela de nêutrons, enquanto a …

Bolsonaro afirma que está com covid-19

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo. Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da …

Caso de peste bubônica é confirmado na China

Enquanto o mundo vem buscando tratamentos para a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), antigas doenças e ameças podem ressurgir, como um sinal de alerta para a sociedade. É esse o caso relatado pelas autoridades da saúde …

Petição que substituir estátua de Cristóvão Colombo por uma do músico Prince

O histórico processo de revisão das estátuas, nomes de rua e outras homenagens a personagens ligados ao racismo ou outros massacres étnicos prevê a retirada de tais homenagens, mas não somente: figuras efetivamente merecedoras dos …

EUA podem proibir aplicativos chineses, incluindo TikTok, diz secretário de Estado

Mike Pompeo já acolheu uma medida semelhante da Índia, que emitiu uma ordem provisória bloqueando o TikTok e outros 58 aplicativos ligados à China em meio ao primeiro choque fronteiriço mortal em décadas. O secretário de …

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19

O Brasil superou a marca de 65 mil mortos por covid-19 nesta segunda-feira (06/07), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde. Foram 620 óbitos registrados nas últimas …

Homem cria uma "cadeira de rodas" off-road para que sua esposa possa ir a lugares que ela nunca imaginou

Quem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover sabe que não é nada fácil percorrer certos terrenos. Viagens a lugares nevados, trilhas tropicais, montanhas… Tudo isso parece impossível. Mas não deveria ser. Aliás, …

Samsung pode ser beneficiada por tensão entre China e Índia

Enquanto os exércitos da China e da Índia se estranham na fronteira entre os dois países, quem pode sair ganhando com a rivalidade é uma empresa sul-coreana. A Samsung deve ser a principal beneficiada com o …

Com epidemia de Covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional

Enquanto o coronavírus segue se propagando pelo continente americano, Cuba garante que a epidemia está controlada no país e reabre algumas praias ao turismo internacional. No total, país registrou pouco mais de 2.300 contaminações …

Pesquisadores encontram novos dados sobre época de Genghis Khan

Grande parte da vida de Genghis Khan permanece ainda um mistério, mas um novo estudo de pesquisadores da Austrália e Mongólia fornece novos dados sobre sua época. Genghis Khan, que teria vivido entre 1162 e 1227, …