Guerra bíblica: estudo reconstrói ataque assírio a Laquis ocorrido há quase 3.000 anos

(dr)

Arqueólogos revelaram como o exército do rei Senaqueribe construiu uma rampa de cerco maciça que lhes permitiu conquistar a cidade há quase três milênios.

Há cerca de 2.700 anos, o rei assírio Senaqueribe conquistou a cidade judaica de Laquis em uma das batalhas melhor documentadas da história antiga, como descrito na Bíblia, em registros assírios e até mesmo em obras de arte que sobreviveram até hoje.

Um grupo de arqueólogos americanos e israelenses agora lançou mais luz sobre essa guerra dramática, descrevendo em particular como as tropas conquistadoras construíram a rampa de cerco para capturar a cidade. Os resultados de seu estudo, que combinou a análise de fontes bíblicas e históricas com a pesquisa dos restos arqueológicos, foram recentemente publicados na revista Oxford Journal of Archaeology.

Entre os principais autores do estudo estão o professor Yosef Garfinkel e dra. Madeleine Mumcuoglu, do Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém, e os professores Jon W. Carroll e Michael Pytlik da Universidade Oakland, nos EUA, cujo trabalho foi destacado hoje (9) pela Universidade Hebraica, segundo escreveu o The Times of Israel.

O estudo concluiu que os assírios, chefiados pelo rei Senaqueribe, muito provavelmente recolheram três milhões de pedras de uma pedreira perto da cidade, que se localizava no topo de uma colina com vista para a planície da Judeia. Em um processo excepcionalmente ordenado, o exército construiu uma enorme rampa que permitiu transportar os aríetes até as defesas da cidade, quebrando as muralhas e resultando na completa destruição de Laquis.

A rampa em Laquis é a maior rampa de cerco do Oriente Médio e a única estrutura assíria deste tipo que sobreviveu.

Conforme os cálculos, a rampa foi feita de pedras com cerca de 6,5 kg cada uma. Para obter tal quantidade de pedras em um curto período de tempo, o exército provavelmente extraiu-as de um local o mais próximo possível da extremidade inferior da rampa.

“Em Laquis, há de fato um penhasco exposto de rocha local exatamente no ponto onde se esperaria que estivesse”, contou Garfinkel.

As pedras teriam sido transportadas por chamadas correntes humanas, passado de homem para homem à mão. Com quatro cadeias humanas trabalhando em paralelo, em turnos de 24 horas, os pesquisadores calcularam que diariamente cerca de 160.000 pedras teriam sido transportadas e colocadas, possivelmente concluindo a construção em apenas 25 dias.

Na fase final, foram colocadas vigas de madeira em cima das pedras, onde máquinas de guerra (aríetes), pesando até uma tonelada, foram posicionadas.

Por meio de um enorme tronco de madeira com uma ponta de metal golpearam as muralhas, balançando o tronco para a frente e para trás, como um pêndulo. Os autores sugerem que o tronco era suspenso por correntes de metal, em vez de cordas que rapidamente se desgastam.

Apoiando esta teoria, os arqueólogos contaram ter encontrado uma corrente de ferro no topo da rampa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …