Ministro francês da Educação defende ensino de árabe nas escolas

Jérémy Barande / Wikimedia

O ministro da Educação da França, Jean-Michel Blanquer

O ministro francês da Educação, Jean-Michel Blanquer, manifestou nesta terça-feira (11) seu interesse de implementar o aprendizado da língua árabe nas escolas. A ideia não é inédita e pode, de acordo com seus defensores, contribuir na luta contra a radicalização na França.

Convidado pela rádio francesa RMC, Jean-Michel Blanquer afirmou que é preciso dar prestígio ao árabe para que sua prática não seja um monopólio de instituições religiosas ou extremistas. “É uma grande língua literária e seu aprendizado não deve se limitar às pessoas de origem magrebina”, disse.

O discurso segue a linha de raciocínio de um relatório do Instituto Montaigne, que diz que o número de alunos aprendendo o árabe no ensino fundamental e médio “foi dividido por dois em vinte anos” e “se multiplicou por dez nas mesquitas”.

De acordo com o documento, reforçar o aprendizado nas escolas permitiria uma luta contra a “influência religiosa e o proselitismo”.

Mas o debate não agrada a todos. Para Adballah Zekri, presidente do Observatório de luta contra a islamofobia, a radicalização ocorre nos lugares exteriores às mesquitas.

Não podemos colocar a culpa nos muçulmanos de forma geral. Não podemos proibir uma criança de aprender sua religião ou de ir à mesquita, do contrário também vamos proibir o catecismo”, argumenta. Ele se diz favorável, entretanto, ao ensino do árabe nas escolas “para se concentrar nos aspectos culturais e civilizatórios.”

A fala de Jean-Michel Blanquer não demorou muito para provocar reações da extrema-direita, bastante sensível à questão da reintrodução da língua árabe na escola. “Trata-se de uma luta contra a radicalização ou de sua entrada na educação nacional?”, interrogou o ex-ministro da Educação Luc Ferry.

“Nos dias de hoje, todos os nossos esforços devem ser gastos no aprendizado da língua francesa”, estimou a deputada Laurence Sailliet, do partido Republicanos, de direita. Já Louis Alliot, deputado do Reunião Nacional, antigo Frente Nacional, de extrema-direita, vai mais longe e denuncia uma “ideologia de submissão”.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …

Monolito misterioso achado no deserto dos EUA desaparece

O misterioso monolito de metal que causou grande especulação após sua descoberta em um deserto no estado americano de Utah, nos EUA, aparentemente desapareceu, segundo funcionários locais. O escritório de administração fundiária do estado de Utah …

Parlamento iraniano assina texto que impede inspeção de centrais nucleares

A proposta é uma represália ao assassinato do cientista Mohsen Fakhrizadeh, chefe do Departamento de Pesquisa e Inovação do Ministério da Defesa, nesta sexta-feira (27). O governo iraniano responsabilizou Israel pelo crime, dizendo que …

Campanha pede debate da Globo online após Boulos testar positivo para covid-19

De última hora, o candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), testou positivo para covid-19. Nessa sexta-feira (27), haveria o último debate antes das eleições entre ele e o candidato à reeleição Bruno Covas …

MDZhB: a misteriosa rádio soviética que segue emitindo sinais e ruídos há quase 50 anos

Uma misteriosa estação de rádio segue ininterruptamente transmitindo somente ruídos estáticos interrompidos por sons robóticos há mais de quatro décadas. Conhecida como UVB-76 ou MDZhB, os sinais da rádio são transmitidos de dois diferentes pontos da …

Atmosfera da Terra primitiva pode ter sido tão tóxica quanto a de Vênus hoje

Pesquisadores tentaram reproduzir o equilíbrio delicado entre os gases que evaporaram do oceano de magma e a atmosfera que eles podem ter criado, e descobriram que esta seria fina e composta por dióxido de carbono …