Há 3 bilhões de anos, Marte tinha clima parecido com o da Islândia, diz estudo

ESA

Desde 2012, o rover Curiosity explora a cratera Gale em busca de pistas sobre como eram as condições no Plante Vermelho a bilhões de anos atrás.

Usando dados do rover Curiosity, da agência espacial norte-americana NASA, cientistas descobriram que, há mais de três bilhões de anos, Marte era muito provavelmente um planeta com clima parecido com o da Islândia. Os resultados foram publicados na semana passada na revista científica JGR Planets.

Desde 2012, o rover Curiosity tem explorado a cratera Gale, formada há cerca de 3,5 mil anos e com 150 km de diâmetro, em busca de pistas sobre como eram as condições no Plante Vermelho há cerca de três bilhões de anos, quando Marte estava mais quente e úmido.

Após comparar as evidências coletadas pelo Curiosity com dados da Terra, os cientistas concluíram que o terreno basáltico da Islândia e as baixas temperaturas desse país são o mais próximo que existia em Marte antigamente. A semelhança entre formações com mais de três bilhões de anos em Marte e sedimentos encontrados em rios e lagos na Islândia hoje foi realmente surpreendente para a equipe.

“A Terra forneceu um excelente laboratório para nós neste estudo, onde poderíamos usar uma variedade de locais para ver os efeitos de diferentes variáveis ​​climáticas no intemperismo, e a temperatura média anual teve o efeito mais forte para os tipos de rochas na cratera Gale. A variedade de climas na Terra nos permitiu calibrar nosso termômetro para medir a temperatura de Marte antigamente”, afirma em comunicado Kirsten Siebach, coautora do estudo.

A semelhança só é possível porque as rochas em Marte sofreram muito pouco desgaste nos últimos três bilhões de anos.

“À medida que a água flui através das rochas para erodi-las […], ela dissolve os componentes químicos mais solúveis dos minerais que formam as rochas. Em Marte, vimos que apenas uma pequena fração dos elementos que se dissolvem mais rapidamente foram perdidos da lama em relação às rochas vulcânicas, embora a lama tenha o menor tamanho de grão e geralmente seja a mais intemperizada”, explica Siebach.

Os resultados também indicam que o clima no Planeta Vermelho mudou ao longo do tempo de condições semelhantes à Antártica para se tornar mais “islandês”, enquanto os processos fluviais continuaram a depositar sedimentos na cratera. Esta mudança mostra que a técnica usada neste estudo pode ser utilizada novamente para ajudar a rastrear as mudanças climáticas que ocorreram em Marte há bilhões de anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …