Rover Curiosity descobre que Marte tinha um oásis há 3,5 bilhões de anos

NASA/JPL-Caltech/MSSS

Rede de rachaduras pode ter se formado a partir de camadas úmidas que se secaram há mais de 3 bilhões de anos.

O rover Curiosity, que vem explorando o Planeta Vermelho desde 2012, pode ter proporcionado uma nova descoberta fascinante: há 3,5 bilhões de anos, a região onde hoje existe a Cratera Gale possivelmente abrigava um verdadeiro oásis.

Na bacia de 150 quilômetros de largura, haveria naquela época riachos que transbordavam e depois se secavam, num ciclo que provavelmente se repetia muitas vezes ao longo de milhões de anos.

A nova descoberta foi documentada na revista Nature Geoscience, e também divulgada pela NASA em seu site oficial. Os autores do estudo entenderam que as rochas enriquecidas com sais minerais (descobertas pelo Curiosity) seriam evidências de lagoas rasas e salgadas, que passaram por muitos episódios de transbordamento e secagem. Então, esses depósitos servem como uma espécie de marca d’água do que aconteceu no passado.

A Cratera Gale é o que restou de um enorme impacto ocorrido em Marte há muito tempo, e os sedimentos transportados pela água e pelo vento acabaram preenchendo o chão da cratera, criando várias camadas.

Então, depois que o sedimento endureceu, o vento acabou esculpindo a rocha em camadas, criando o Monte Sharp, que hoje está sendo escalado pelo Curiosity. Cada camada da região revela uma era diferente da história marciana, oferecendo pistas sobre as mudanças ambientais sofridas pelo Planeta Vermelho no passado.

“Entender quando e como o clima do planeta começou a evoluir é uma peça de outro quebra-cabeça: quando e por quanto tempo Marte foi capaz de suportar vida microbiana na superfície?”, indaga William Rapin, da Caltech e principal autor do estudo.

O documento revela uma descrição dos sais encontrados em rochas sedimentares de 150 metros de altura, na região chamada Sutton Island, visitada pelo Curiosity em 2017. A equipe já sabia que tal área mostrava a ocorrência de períodos mais secos e intermitentes, mas os sais encontrados ali sugerem que a água da região era uma salmoura concentrada.

A NASA explica que “normalmente, quando um lago se seca completamente, ele deixa pilhas de cristais de sal puro para trás, mas os sais da Sutton Island são diferentes: por um lado, são sais minerais, não sal de mesa, mas eles também são misturados com sedimentos, sugerindo que eles se cristalizaram em um ambiente úmido — possivelmente logo abaixo de lagoas rasas e evaporantes, cheias de água salgada”.

E, considerando que a Terra e Marte seriam parecidos em seus primeiros “dias”, Rapin imaginou que a região de Sutton Island poderia ser parecida com os lagos salinos que encontramos no Altiplano Andino, aqui na América do Sul, onde córregos e rios que fluem a partir das montanhas para o platô árido agem de maneira semelhante ao que foi observado em Marte.

“Durante períodos mais secos, os lagos do Altiplano Andino se tornam mais rasos e alguns podem secar completamente, e o fato de estarem livres de vegetação os faz parecer um pouco com Marte”, diz Rapin.

Contudo, o martelo ainda não foi batido quanto à existência de antigos oásis em Marte: a investigação continua, o que deverá acontecer nos próximos anos de atividade do Curiosity.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brexit: União Europeia e Reino Unido anunciam um acordo em Bruxelas

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou na manhã desta quinta-feira (17) que encontrou um "excelente novo acordo" para o Brexit com a União Europeia, a poucas horas da cúpula da UE para selar a saída …

Câmara dos EUA condena retirada militar do norte da Síria

Por 354 votos a 60, deputados rejeitaram decisão de Trump de abandonar forças curdas que lutavam ao lado dos EUA. Resolução contou com apoio de mais da metade da bancada republicana. A Câmara de Representantes dos …

Vacina contra o câncer de mama pode estar disponível em 8 anos, diz a Clínica Mayo

Pesquisadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o câncer ovário e de mama que poderia estar disponível dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes a …

Líder de Hong Kong abandona discurso no Parlamento após protestos

Parlamentares pró-democracia forçam Carrie Lam a interromper pronunciamento anual. Sem conseguir completar fala, chefe do Executivo faz discurso sobre futuro político da região administrativa especial da China em vídeo. A chefe do Executivo de Hong Kong, …

Barcelona se prepara para novos protestos, depois de noite tensa em aeroporto

A Catalunha se prepara para um novo dia de indignação, depois que milhares de ativistas pela independência cercaram o aeroporto de Barcelona, na segunda e terça-feira, para denunciar a condenação de seus líderes a sentenças …

Erdogan acusa militares sírios de bombardear posições turcas

Dois soldados turcos foram mortos na área de Manbij pelo Exército do governo sírio, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan. No dia anterior foi noticiada a morte de mais dois soldados turcos durante um ataque …

Operação da PF amplia briga interna no PSL

A disputa pública pelo comando do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15/10) quando agentes da Polícia Federal (PF) realizaram uma operação de busca e apreensão na casa …

Cidade na Itália proíbe Google Maps porque pessoas 'se perdem' o tempo todo

Serviços de emergência de Baunei já tiveram que resgatar 144 perdidos em dois anos devido ao Google Maps. O prefeito da cidade italiana de Baunei, Salvatore Corrias, proibiu o uso do aplicativo de localização geográfica Google …

Emma Watson lança consultoria jurídica gratuita para mulheres assediadas no local de trabalho

A atriz Emma Watson acaba de lançar uma consultoria jurídica gratuita para mulheres que sofreram assédio no local de trabalho. O serviço está disponível na Inglaterra e no País de Gales. De acordo com o texto …

Polícia do Rio perdeu imagens que poderiam identificar assassinos de Marielle

A Polícia Civil do Rio de Janeiro perdeu imagens do carro dos suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco gravadas no dia do homicídio, em 14 de março de 2018. A informação foi publicada neste domingo …