Há “provas substanciais” de que nosso Universo é mesmo um holograma

Pablo Carlos Budassi / Wikimedia

Conceito artístico do aspecto de todo o Universo conhecido / observável numa única imagem radial logarítmica, por Pablo Carlos Budassi

Conceito artístico do aspecto de todo o Universo conhecido / observável numa única imagem radial logarítmica, por Pablo Carlos Budassi

Um estudo realizado por pesquisadores do Reino Unido, Canadá e Itália conseguiu fornecer o que pode ser a primeira evidência de que nosso universo é um complexo e vasto holograma.

Astrofísicos e físicos teóricos que investigavam irregularidades na radiação cósmica de fundo em micro-ondas – o “fóssil” da luz resultante de quando o universo era quente e denso, logo após o Big Bang – descobriram que há evidência substancial que fornece apoio à explicação de que o universo é um holograma.

Estes pesquisadores são das universidades de Southampton (Reino Unido), Waterloo (Canadá), Salento (Itália), Lecce (Itália) e Instituto Perimeter (Canadá). Os resultados do trabalho foram publicados na revista Physical Review Letters.

Universo holográfico

Esta ideia foi sugerida pela primeira vez na década de 1990, e diz que toda a informação que cria a nossa realidade em 3D (mais o tempo) está contida em uma superfície 2D.

O professor de ciências matemáticas Kostas Skenderis, da Universidade de Southampton explica: “imagine que tudo o que você vê, sente e escuta em três dimensões (além da sua percepção de tempo) na verdade emana de um campo de duas dimensões”.

“A ideia é semelhante à dos hologramas comuns, em que uma imagem 3D é codificada em uma superfície 2D, como naquele holograma que todo cartão de crédito tem. Porém, deste caso, é o universo inteiro que está codificado”, diz Skenderis.

Apesar de não ser um exemplo com propriedades holográficas, seria como ver um filme 3D em um cinema. Vemos as imagens como se tivessem largura, altura e profundidade, quando na verdade ela está contida em uma tela 2D. A diferença em nosso universo 3D é que podemos tocar os objetos e a projeção é real na nossa perspectiva.

Paul McFadden

Ilustração da linha do tempo do universo holográfico

Ilustração da linha do tempo do universo holográfico

Nos anos recentes os avanços em telescópios e sensores permitiram aos cientistas detectar uma enorme quantidade de informação escondida no “barulho branco” ou micro-ondas que restou do momento em que o universo foi criado.

Usando esta informação, a equipe pôde fazer comparações complexas entre as redes de características de um dado e a teoria quântica de campos.

Eles descobriram que algumas das teorias quânticas de campos podem explicar quase todas as observações cosmológicas do começo do universo.

“Holografia é um enorme passo adiante na forma que pensamos a estrutura e criação do universo. A teoria de Einstein de relatividade geral explica quase tudo em grande escala no universo, mas começa a se despedaçar quando examinamos suas origens e mecanismos em níveis quânticos”, defende Skenderis.

O professor diz que cientistas têm trabalhado por décadas para combinar a teoria de Einstein e a teoria quântica. “Alguns acreditam que o conceito de universo holográfico é o ponto de conciliação dos dois. Espero que nossa pesquisa nos leve a um passo adiante nisso”, diz ele.

Agora os cientistas esperam que este trabalho abra portas para melhorar o entendimento do início do universo e explicar como espaço e tempo surgiram.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …