Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura

A velocidade com que caminhamos fornece muitas pistas sobre o nosso estado de saúde e pode mesmo ajudar a prever uma morte prematura. 

Segundo um novo estudo, realizado o por cientistas da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, a saúde das pessoas que caminham mais rápido piora de forma mais lenta do que a das pessoas que andam mais devagar.

A pesquisa, publicada esta semana na Medical Press, quanto mais rápido uma pessoa andar, melhor será sua saúde. De acordo com os especialistas, esse indicador pode ajudar a avaliar o risco de doenças cardiovasculares e distúrbios do sistema nervoso, patologias potencialmente fatais.

Cirurgiões cardíacos explicaram também que a velocidade do passo também pode ser uma forma de identificar quais os pacientes que teriam mais probabilidade de desenvolver complicações no pós-operatório.

Em igual sentido, os médicos poderiam usar a velocidade com que os seus pacientes caminham como um dos indicadores para determinar sua idade biológica, que pode ser muito diferente de sua idade “cronológica”, sugere a publicação.

A conclusão do estudo não implica começar a andar mais rápido, pois não há evidências que demonstrem que aumentar a velocidade afeta automaticamente a saúde. Contudo, alertam os especialistas, é necessário entender quão fisicamente ativos somos.

Se o andar de uma pessoa diminui de velocidade, especialmente quando acontece de forma significativa, pode indicar um agravamento no estado de saúde subjacente. No fundo, a forma como andamos é um sintoma, a que devemos estar especialmente atentos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …