Hackers estão usando apps sobre coronavírus para roubar dados e infectar PCs

Mapas de acompanhamento em tempo real da pandemia do coronavírus estão sendo usados por hackers para infectar computadores com malware.

Na promessa de entregar dados desse tipo, os criminosos levam os usuários a baixarem aplicativos a partir de domínios comprometidos e passam a registrar tudo que é digitado e interceptam informações pessoais enquanto o usuário, efetivamente, tem acesso aos dados que queria, numa forma de dar aparência de legitimidade ao processo.

A descoberta é de Shai Alfasi, pesquisador de segurança da Reason Labs, que emitiu mais um alerta sobre o uso do pânico sobre o SARS-CoV-2 em operações de crimes virtuais. Neste caso específico, uma praga já conhecida — e normalmente utilizada em golpes desse tipo — voltou a aparecer. Ela se chama AZORult, foi descoberta originalmente em 2016 e atinge computadores com Windows.

O ataque acontece por meio de e-mails de phishing ou compartilhamentos falsos em redes sociais e mensageiros instantâneos, levando o usuário a uma URL sob controle dos hackers. Lá, o download e instalação de um aplicativo é solicitado e as vítimas, após fazerem isso, acabam tendo acesso ao mapa em tempo real do coronavírus, que é administrado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, e pode ser acessado por meios oficiais sem a necessidade de nenhum software adicional.

Diferentes crimes podem ser cometidos de acordo com a variação do AZORult instalada. O malware é capaz de registrar os dados digitados, de forma a coletar credenciais de acesso a serviços online ou senhas bancárias, roubar criptomoedas desviando transferências para carteiras sob o controle de hackers ou criar uma conta de administrador no PC para a realização de ataques de negação de serviço.

Segundo informações da Trend Micro, responsável pela descoberta original do AZORult, o malware foi criado por hackers russos e tem código aberto, com variações e diferentes capacidades sendo vendidas em fóruns de malware. Os golpes também envolveriam tentativas de aplicação de engenharia social e fraudes.

O alerta se une a outros avisos sobre o uso da epidemia do coronavírus por hackers, que se aproveitam do pânico para realizar ataques. De acordo com informações da Check Point Research, por exemplo, 50% dos domínios registrados em relação ao SARS-CoV-2 são perigosos e tentam realizar algum tipo de golpe ou instalar malwares no sistema. Golpes direcionados também acontecem, com criminosos tentando se passar por centros médicos regionais na tentativa de infectar as máquinas das vítimas.

Segundo os dados mais recentes, o novo coronavírus tem 121,1 mil casos confirmados em todo o mundo, com 4,3 mil mortos pela doença causada por ele. No Brasil, são 34 ocorrências e outros 893 casos suspeitos de contaminação, com o Ministério da Saúde afirmando que haverá aumento nos números ao longo das próximas duas semanas, antes de a epidemia chegar a um platô.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …