Hobby horsing, o bizarro esporte que está conquistando as jovens da Finlândia

Há um novo esporte que já é um sucesso na Finlândia entre garotas de 10 a 18 anos e que se pratica com um cavalo de brinquedo. Falamos do hobby horsing, uma modalidade bizarra para quem vê, mas que parece ter efeitos terapêuticos para quem a pratica.

Há cerca de dez mil jovens praticando hobby horsing na Finlândia, segundo dados da BBC. A modalidade combina a mestria dos saltos de equitação com movimentos de balé e um cavalo de brinquedo.

Essencialmente praticada por meninas, há quem veja neste esporte peculiar uma forma de “empoderamento feminino” e de “imaginação sem limites”, embora para quem vê tudo possa parecer simplesmente estranho.

É certo que a modalidade está tão disseminada na Finlândia que há até campeonatos nacionais que imitam a estrutura das competições equestres, com provas de dressage e de saltos de obstáculos, mas com um cavalo de brinquedo.

A popularidade do esporte está se espalhando por outros países nórdicos, mas nada comparado, ainda, com aquilo que acontece na Finlândia. A paixão pelo hobby horsing é tal que já há um documentário sobre o assunto que estreou neste ano nos cinemas finlandeses.

Realizado pela cineasta Selma Vilhunen, vencedora de um Oscar, o documentário intitulado “Hobbyhorse Revolution” segue um grupo de jovens enquanto elas se preparam para uma competição.

O lado terapêutico e feminista do hobby horsing

Afinal, o que explica o sucesso do esporte? É que, mais do que uma mera prática física e competitiva, está em causa um verdadeiro sentimento de comunidade. Isso fica perceptível na força que o hobby horsing tem nas redes sociais, onde as jovens praticantes compartilham dicas sobre as melhores técnicas e sobre a construção dos cavalos.

A aposta no “do it yourself“ é outra forte vertente da modalidade, sendo que os cavalos são quase todos feitos em casa, por cada uma das suas donas. Há também quem os venda nas redes sociais por quantias da ordem dos 200 euros (cerca de R$ 900).

Liberdade para criar e imaginação são aspectos chave para as pessoas começarem a fazer hobby-horsing“, nota a finlandesa Alisa Aarniomaki, citada no site Vancouversun.com.

A jovem com um ar punk rock continua, aos 20 anos, sendo adepta do hobby horsing.

“Me ajuda muito poder, ocasionalmente, galopar pela floresta com meus amigos. De certa forma, equilibra minha mente”, destaca Alisa, destacando o lado “fortemente terapêutico” da modalidade e afirmando que o esporte a ajudou a lidar com o divórcio dos pais e com o bullying na escola.

Alisa ainda diz que “o hobby horsing tem uma agenda feminista“, sustentando o fato de ser maioritariamente praticado por meninas.

“Não há rapazes aparecendo e dizendo o que temos que fazer ou mandando em todos”, frisa a jovem que está envolvida na organização de competições da modalidade.

Já o secretário geral da Federação Equestre da Finlândia, Fred Sundwall, afirma, citado pelo mesmo site, que o hobby horsing dá às crianças e adolescentes que não têm cavalos uma “oportunidade” de “interagirem com eles fora dos estábulos e das escolas de equitação”.

 

// ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA:

Cientistas estão mais próximos da cura para a diabetes tipo 1

Uma equipe de cientistas desenvolveu o primeiro medicamento com potencial para curar a diabetes tipo 1, abrindo as portas para a cura da doença. A equipe internacional de cientistas liderada pelos pesquisadores do Centro Andaluz de …

Cientista revela como é o som do Sol

Já parou para pensar no som que as estrelas fazem? Bill Chaplin, professor de Astrofísica na Universidade de Birmingham, na Inglaterra, explica que esses corpos celestes têm um barulho natural. Segundo explica o professor Bill Chaplin, …

Grande Barreira de Corais sofreu um “colapso catastrófico”

A Grande Barreira de Corais na Austrália, patrimônio mundial da UNESCO, sofreu um “colapso catastrófico” de corais durante uma onda de calor em 2016. “Uma ameaça à diversidade da vida marinha”, revelou um estudo da …

Bolas gigantes de ervas daninhas "atacam" cidade da Califórnia

As bolas gigantes conhecidas como “tumbleweed” cobriram casas, invadiram ruas e lançaram um verdadeiro caos em uma cidade do estado da Califórnia, nos Estados Unidos. “Invasão” foi a palavra que a moradora Tanya Speight utilizou para …

Hans Asperger colaborou ativamente com os nazistas na Segunda Guerra Mundial

Documentos recentemente descobertos sugerem que Hans Asperger, o pediatra cujo nome descreve uma forma de autismo, esteve ativamente envolvido no programa de eutanásia do regime nazista na Áustria. As provas foram retiradas de documentos e registros …

Quase 40 anos depois, a Arábia Saudita voltou a ter cinema

A Arábia Saudita inaugurou nesta quarta-feira (18) o primeiro cinema comercial, pondo fim a uma proibição de quase 40 anos, em um esforço do príncipe saudita para modernizar o reino conservador. Segundo a Reuters, o novo …

Se reunião com a Coreia do Norte não correr bem, Trump se levanta e sai

Donald Trump admitiu haver a possibilidade de libertar os três norte-americanos presos na Coreia do Norte e adiantou que pode cancelar o encontro com Kim Jung-un se achar que não será produtivo. Nesta quarta-feira (18), Donald …

Miguel Díaz-Canel, o primeiro presidente da Cuba pós-Castro

Miguel Mario Díaz-Canel, o número 2 do governo de Cuba desde 2013, se tornou nesta quinta-feira (19) o novo presidente do país, onde, pela primeira vez em seis décadas, a principal liderança não tem Castro …

Projeto que prevê proibição de plástico descartável no Brasil é aprovado pelo Senado

Na terça-feira (17), a Comissão de Meio Ambiente (CMA), que faz parte do Senado, aprovou um projeto importantíssimo, que prevê a retirada gradual do plástico descartável no Brasil. De acordo com o projeto, em dez anos, …

MPF pede que Ibama indefira exploração de petróleo na foz do Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amapá expediu recomendação nesta quarta-feira (18) para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) indefira licença para exploração de petróleo na foz do …