Homens biônicos estarão entre nós ainda neste século (e não estamos preparados)

Imagine uma pessoa com 100 anos, mas com corpo e mente de 40, capaz de jogar futebol como o Neymar e pensar como Stephen Hawking. De acordo com a ciência, isso pode se tornar realidade ainda neste século graças à evolução da bioengenharia.

A aplicação do conhecimento da engenharia aos sistemas biológicos já permitiu aos seres humanos assumir o controle da sua própria evolução e redesenhar a “plataforma” humana de uma maneira profunda.

Exemplos como tecnologias de clonagem e terapias genéticas avançadas nos mostram como estamos nos aproximando rapidamente de um mundo onde os humanos podem – e vão – mudar sua maneira de viver e morrer.

Um dos especialistas no tema é o professor Michael Bess, historiador da ciência da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, e autor de livros que falam sobre os super-humanos e sobre como o futuro geneticamente modificado pode ser, ao mesmo tempo, terrível e promissor.

Durante uma entrevista concedida ao site Vox, o professor falou que a bioengenharia será a próxima grande onda tecnológica e tem potencial para afetar a humanidade mais do que qualquer outra revolução industrial já vista.

Isso porque a tecnologia será usada para realizar mudanças em nossos próprios corpos e mentes, em vez de transformar o mundo ao redor.

Pontos negativos

Vamos começar logo com as más notícias sobre essa revolução toda.

O professor Bess destaca que, dentre os lados negativos do uso de novas tecnologias biológicas, está a possibilidade de cometermos erros irreversíveis, capazes de causar danos irreparáveis para “as coisas que realmente fazem a vida valer a pena”. De acordo com ele, estamos dando a nós mesmo “um poder que não temos sabedoria para controlar“.

Outros temas que devem gerar impacto incluem uma possível busca obsessiva pela perfeição, o aumento do poder que pode levar a conflitos ainda maiores, e também o processo de adaptação que teremos que passar para entender e conviver com tamanhas mudanças.

Pontos positivos

“Estas serão tecnologias difíceis de resistir, porque elas serão incríveis”, descreve o professor Bess. “Elas nos farão viver mais tempo, de forma mais saudável e nos farão sentir mais jovens.”

Veja algumas das previsões do estudioso:

  • Maior tempo de vida
  • Mais qualidade de saúde
  • Mente e corpo jovens por mais tempo (você pode ter 100 anos e se sentir com 45)
  • Melhora da capacidade cognitiva por meio de dispositivos bioeletrônicos
  • Memória tunada
  • Mais conhecimento
  • Humanos mais inteligentes
  • Tecnologias genéticas que geram resistência ao câncer
  • Interface cérebro-máquina

Sobre este último tópico, as previsões são que em 30 ou 40 anos existam interfaces cérebro-máquina – talvez instaladas no exterior do seu crânio como uma espécie de tecnologia não intrusiva – que permitirão que você se conecte diretamente com todos os tipos de máquinas e controle-as à distância, fazendo com que a sua esfera de poder sobre o mundo ao redor seja significativamente aumentada.

Bebês geneticamente modificados

Sobre esse tema, Bess diz que prefere ir além desse conceito de bebês previamente projetados, pois a ideia de moldar alguém antes mesmo de nascer é assustadora.

Ele alega que existe uma perda de autonomia moralmente preocupante, uma vez que não existirá a opção de escolha por parte da pessoa modificada. “Se você tiver 21 anos e decidir optar por mudanças genéticas, ok”, explica.

Além disso, novos campos da epigenética estão trabalhando para que o ser humano seja um eterno trabalho genética em andamento, pois no futuro teremos ferramentas que permitirão mudar nosso caráter, a maneira como nosso corpo funciona e a forma como nossa mente trabalha.

O futuro é agora

Se você não acredita que tanta mudança pode acontecer em tão pouco tempo, pare para pensar em como os produtos farmacêuticos já estão nos ajudando a controlar nossos humores, impulsionar o nosso desempenho físico e mental, aumentar a nossa longevidade e vitalidade.

No campo físico, veja como as próteses, implantes e outros dispositivos bioeletrônicos estão ajudando as pessoas a enxergar e andar.

O que vai acontecer daqui para frente é o aperfeiçoamento das tecnologias a fim de reforçar nossas capacidade mentais e físicas em diferentes graus e diversas combinações, levando a uma desconcertante gama de novos super-humanos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …

Educação e confiança fazem da Dinamarca país menos corrupto do mundo

Imagine poder almoçar tranquilamente num restaurante ou fazer compras enquanto deixa o seu bebê no carrinho, estacionado do lado de fora na calçada. Essa cena, que faz parte do cotidiano dos dinamarqueses, só é …

Brasil adianta ponteiros do Relógio do Juízo Final

O Relógio do Juízo Final teve seus ponteiros ajustados nesta quinta-feira (23/01) para a marca de apenas 100 segundos para a meia-noite, simbolizando o maior perigo para a humanidade registrado desde criação do dispositivo em …

Estudo comprova ligação entre estresse e cabelos brancos

Pesquisadores brasileiros e americanos investigaram processo de embranquecimento dos cabelos e concluem que estresse leva à liberação de substância que pode danificar células-tronco regeneradoras de pigmentos. Quando Maria Antonieta foi capturada durante a Revolução Francesa, consta …

Japão pretende desenvolver tecnologia ultrarrápida 6G até 2030

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações. O anúncio foi feito …

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …