Homens biônicos estarão entre nós ainda neste século (e não estamos preparados)

Imagine uma pessoa com 100 anos, mas com corpo e mente de 40, capaz de jogar futebol como o Neymar e pensar como Stephen Hawking. De acordo com a ciência, isso pode se tornar realidade ainda neste século graças à evolução da bioengenharia.

A aplicação do conhecimento da engenharia aos sistemas biológicos já permitiu aos seres humanos assumir o controle da sua própria evolução e redesenhar a “plataforma” humana de uma maneira profunda.

Exemplos como tecnologias de clonagem e terapias genéticas avançadas nos mostram como estamos nos aproximando rapidamente de um mundo onde os humanos podem – e vão – mudar sua maneira de viver e morrer.

Um dos especialistas no tema é o professor Michael Bess, historiador da ciência da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, e autor de livros que falam sobre os super-humanos e sobre como o futuro geneticamente modificado pode ser, ao mesmo tempo, terrível e promissor.

Durante uma entrevista concedida ao site Vox, o professor falou que a bioengenharia será a próxima grande onda tecnológica e tem potencial para afetar a humanidade mais do que qualquer outra revolução industrial já vista.

Isso porque a tecnologia será usada para realizar mudanças em nossos próprios corpos e mentes, em vez de transformar o mundo ao redor.

Pontos negativos

Vamos começar logo com as más notícias sobre essa revolução toda.

O professor Bess destaca que, dentre os lados negativos do uso de novas tecnologias biológicas, está a possibilidade de cometermos erros irreversíveis, capazes de causar danos irreparáveis para “as coisas que realmente fazem a vida valer a pena”. De acordo com ele, estamos dando a nós mesmo “um poder que não temos sabedoria para controlar“.

Outros temas que devem gerar impacto incluem uma possível busca obsessiva pela perfeição, o aumento do poder que pode levar a conflitos ainda maiores, e também o processo de adaptação que teremos que passar para entender e conviver com tamanhas mudanças.

Pontos positivos

“Estas serão tecnologias difíceis de resistir, porque elas serão incríveis”, descreve o professor Bess. “Elas nos farão viver mais tempo, de forma mais saudável e nos farão sentir mais jovens.”

Veja algumas das previsões do estudioso:

  • Maior tempo de vida
  • Mais qualidade de saúde
  • Mente e corpo jovens por mais tempo (você pode ter 100 anos e se sentir com 45)
  • Melhora da capacidade cognitiva por meio de dispositivos bioeletrônicos
  • Memória tunada
  • Mais conhecimento
  • Humanos mais inteligentes
  • Tecnologias genéticas que geram resistência ao câncer
  • Interface cérebro-máquina

Sobre este último tópico, as previsões são que em 30 ou 40 anos existam interfaces cérebro-máquina – talvez instaladas no exterior do seu crânio como uma espécie de tecnologia não intrusiva – que permitirão que você se conecte diretamente com todos os tipos de máquinas e controle-as à distância, fazendo com que a sua esfera de poder sobre o mundo ao redor seja significativamente aumentada.

Bebês geneticamente modificados

Sobre esse tema, Bess diz que prefere ir além desse conceito de bebês previamente projetados, pois a ideia de moldar alguém antes mesmo de nascer é assustadora.

Ele alega que existe uma perda de autonomia moralmente preocupante, uma vez que não existirá a opção de escolha por parte da pessoa modificada. “Se você tiver 21 anos e decidir optar por mudanças genéticas, ok”, explica.

Além disso, novos campos da epigenética estão trabalhando para que o ser humano seja um eterno trabalho genética em andamento, pois no futuro teremos ferramentas que permitirão mudar nosso caráter, a maneira como nosso corpo funciona e a forma como nossa mente trabalha.

O futuro é agora

Se você não acredita que tanta mudança pode acontecer em tão pouco tempo, pare para pensar em como os produtos farmacêuticos já estão nos ajudando a controlar nossos humores, impulsionar o nosso desempenho físico e mental, aumentar a nossa longevidade e vitalidade.

No campo físico, veja como as próteses, implantes e outros dispositivos bioeletrônicos estão ajudando as pessoas a enxergar e andar.

O que vai acontecer daqui para frente é o aperfeiçoamento das tecnologias a fim de reforçar nossas capacidade mentais e físicas em diferentes graus e diversas combinações, levando a uma desconcertante gama de novos super-humanos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …