Índios bloqueiam rodovia federal no Pará para cobrar acordo com Eletronorte

Marcelo Camargo / Agência Brasil

-

Cerca de 100 índios da etnia Gavião bloqueiam, desde o início da manhã de hoje (31), um trecho da BR-222, entre as cidades paraenses de Morada Nova e Bom Jesus do Tocantins, próximo a Marabá, no sudoeste paraense.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os manifestantes retiveram um caminhão carregado de madeira (eucalipto) e ameaçam atear fogo em torres de transmissão de energia da Eletronorte.

De acordo com policiais rodoviários, os índios moradores da Reserva Indígena Mãe Maria cobram o cumprimento de um suposto acordo negociado com a Eletronorte.

Procurada pela reportagem da Agência Brasil, a gerente de relações institucionais do escritório local da empresa, Cristiana Magno Charone, não comentou as reivindicações do grupo, mas confirmou que a Polícia Militar foi acionada para garantir a integridade das instalações elétricas. A empresa deve divulgar uma nota sobre o assunto ainda hoje.

Os índios estão concentrados no quilômetro 226 da rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, nenhum confronto entre manifestantes e motoristas foi registrado até as 13 horas, embora o congestionamento de veículos tenha chegado a atingir um quilômetro, no momento de tráfego mais intenso.

De tempos em tempos, os índios liberam o fluxo em um dos sentidos por cerca de meia-hora e voltam a bloquear a pista. Três policiais rodoviários estão no local, monitorando a situação.

Segundo o diretor de Cultura e de Comunicação da prefeitura de Bom Jesus do Tocantins, Robson Louzada, esta não é a primeira manifestação dos moradores da Reserva Mãe Maria.

“As aldeias iniciais vêm dando origem a novos núcleos. E como há, de fato, um acordo que prevê que, em contrapartida à instalação das torres no interior da reserva, a Eletronorte deve garantir a instalação de postos de saúde e de rede de energia nas aldeias, os índios desses novos núcleos passam a reinvindicar os mesmos benefícios”.

O coordenador substituto da Regional Baixo Tocantins da Fundação Nacional do Índio (Funai), Eric de Belém Oliveira, confirmou que os grupo de manifestantes reúne representante de seis das 12 aldeias já estabelecidas na Reserva Mãe Maria – há outras duas em processo de organização.

Segundo o coordenador, já há algum tempo os índios vêm cobrando a eletrificação das novas aldeias, partipando de reuniões acompanhadas pela Funai e pelo Ministério Público.

“Mas eles estão achando que o processo está muito moroso e exigem celeridade”, disse Oliveira, revelando que a fundação está em contato com representantes da Eletronorte a fim de mediar uma solução pacífica que ponha fim ao bloqueio da rodovia e atenda da melhor forma possível as necessidades indígenas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Biden anuncia pacote de estímulo de quase US$ 2 trilhões

Para revitalizar a maior economia do mundo em meio à pandemia, "Plano de resgate americano" apresentado pelo presidente eleito inclui auxílio a desempregados e escolas e investimento na vacinação. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe …

Coronavírus: Reino Unido proíbe entrada de viajantes vindos da América do Sul e de Portugal por variante encontrada no Brasil

Chegadas ao Reino Unido da América do Sul e Portugal serão proibidas a partir de sexta-feira (15/01) devido a preocupações com a variante brasileira do coronavírus. O secretário de transportes, Grant Shapps, disse que a mudança …

Vacinação nacional contra a COVID-19 começa no dia 20, às 10h

Ao que tudo indica o Brasil já tem uma data oficial para o início da vacinação, em massa, contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a …

"Futuro assustador de extinção em massa" nos espera, elite dos cientistas alerta

O planeta enfrenta um “futuro assustador de extinção em massa, declínio da saúde e distúrbios climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana por causa da ignorância e da inação, de acordo com um grupo internacional de …

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Variante da Covid-19 no Brasil faz Reino Unido banir viajantes da América Latina e Portugal

O governo britânico proibiu, nesta quinta-feira, as chegadas de todos os países da América do Sul e do Panamá, além de Portugal, em resposta à nova variante da Covid-19, descoberta no Brasil. A decisão …

CEO do Twitter defende banimento de Trump da rede social

Jack Dorsey diz que medida resulta do “fracasso” da plataforma em mediar diálogo saudável e admite que pode abrir “precedente perigoso”. Proibição veio após presidente dos EUA insuflar apoiadores que invadiram Capitólio. O CEO da rede …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

Monocultura da soja destruiu mais de 30% do cerrado brasileiro entre 2004 e 2017, alerta WWF

Os 24 principais focos de desmatamento no mundo provocaram a perda de uma superfície equivalente ao tamanho do Paraguai em menos de uma década, aponta um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na …