Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

Nesta sexta-feira (15), uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou à Igreja Católica que acabe com a exigência de celibato ao clero.

A Comissão Real da Austrália, que corresponde à Procuradoria-Geral da República, divulgou nesta sexta-feira as conclusões finais da investigação sobre o escândalo de abuso sexual a menores que tem intrigado o país nos últimos cinco anos.

O relatório indicou que deve ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crime contra menores.

Sobre respostas institucionais ao abuso sexual de crianças, a comissão real australiana investiga, desde 2012, como a Igreja Católica e outras instituições no país responderam a estes crimes ao longo de mais de 90 anos.

Na investigação da comissão, a mais alta forma de inquérito no país, foram ouvidas mais de 8 mil vítimas de abuso sexual em instituições religiosas, entre os quais 62% eram católicos.

A comissão recomendou à Conferência Episcopal Australiana que peça ao Vaticano para considerar a introdução do celibato voluntário para o clero. Os investigadores apontam que, embora o celibato “não seja uma causa direta do abuso sexual de crianças, contribuiu para a ocorrência de abusos sexuais”, cita o jornal português Expresso.

“Milhares de crianças foram vítimas de abusos sexuais em muitas instituições australianas, nunca saberemos qual o verdadeiro número. Este não é um caso que envolve algumas maçãs podres. As mais importantes instituições da sociedade falharam seriamente”, destaca o relatório.

De acordo com o JN, as recomendações da comissão, num total de 409, incluem tornar crime a não denúncia de abusos infantis, e os sacerdotes não devem estar isentos de serem acusados.

Acrescenta-se às recomendações a criação de um sistema de treino de crianças em escolas e infantários para que aprendam a se proteger de abusadores, a criação de um gabinete nacional para a segurança infantil, dirigido por um ministro do governo e tornar obrigatório que todas as pessoas que trabalham com crianças denunciem abusos às autoridades.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Dormir muito é tão prejudicial quanto dormir pouco

Um novo estudo descobriu que dormir muito pode ter consequências tão prejudiciais para a saúde quanto dormir pouco, reduzindo igualmente as capacidades cognitivas.  Um grupo de cientistas da Universidade norte-americana de Ontário conduziu em junho de …

Contra desperdício alimentar, França debate aumento de prazos de validade dos produtos

16 de outubro é o Dia Contra o Desperdício Alimentar na França. Para lutar contra o problema, a ONG francesa France Nature Environnement realizou uma campanha de informação aos consumidores, enquanto um grupo de ambientalistas …

Queimaduras solares? Os dinossauros são os culpados

Sempre que apanhamos sol, uma preocupação emerge de imediato: queimaduras. Por que somos tão vulneráveis à luz solar? Um estudo recente procura responder ao enigma evolutivo, apontando os dinossauros como principais culpados. O sol emite radiação …

Cientistas revertem casos de Diabetes tipo 2

Em um novo estudo, cientistas bloquearam a proteína VDAC1 nas células que produzem insulina e conseguiram reverter casos de Diabetes tipo 2. Os pesquisadores também conseguiram mostrar que é possível prevenir o surgimento da doença. O …

Criança "vampiro" é descoberta em cemitério na Itália

Arqueólogos encontraram em um cemitério na Itália os restos mortais de uma criança de 10 anos com uma pedra na boca, um antigo ritual funerário de vampiros praticado durante a Idade Média, que visava prevenir …

Está na hora: Elon Musk quer construir um robô gigante

O mais recente plano do fundador da Tesla e da SpaceX é construir um “mecha”, um robô ou veículo mecanizado gigante de ficção científica com braços e pernas móveis. Elon Musk revelou no Twitter ser fã …

Celebridade da internet chinesa é presa por "desrespeitar" o hino do país

A Lei do Hino chinesa, aprovada no ano passado, prevê detenções de até 15 dias ou prisão de até três anos para quem cantar a Marcha dos Voluntários de forma “distorcida ou desrespeitosa”, em público. Uma …

Sauditas vão assumir morte de jornalista: foi um interrogatório que "não correu bem"

As autoridades sauditas, que negaram ter dado ordens para matar o jornalista Jamal Khashoggi, estão elaborando um relatório em que admitem a morte do jornalista e a justificam como resultado de um interrogatório que "não …

Startup brasileira oferece curso gratuito sobre estratégias do Vale do Silício

Um novo curso à distância promete ajudar os empresários brasileiros a descobrirem os segredos do sucesso do Vale do Silício. Oferecido pela Qulture.Rocks, startup de tecnologia para gestão de desempenho empresarial, o curso sobre OKRs (Objectives …

Se não pararmos de comer carne, vamos acabar com o planeta

Cada cidadão deverá reduzir em 75% o seu consumo de carne de vaca, 90% de carne de porco, comer metade da quantidade de ovos e triplicar o consumo de sementes e frutas secas. Segundo um estudo, …