Irmão de oficial denuncia superlotação em submarino argentino desaparecido

O número de pessoas a bordo do submarino ARA San Juan na Argentina supostamente ultrapassou sua capacidade em sete pessoas, afirmou o irmão de um dos oficiais que desapareceu com a embarcação.

“O submarino tem um total de 37 lugares para a tripulação permanente, mas desta vez 44 pessoas estavam a bordo”, disse à Sputnik News o parente do oficial, que afirma que ficou sabendo da superlotação por meio da esposa de um agente do serviço secreto — que faz parte da tripulação desaparecida do ARA San Juan.

O ARA San Juan sumiu em 15 de novembro, enquanto viajava de Ushuaia para Mar del Plata. A Marinha da Argentina afirma que uma provável explosão foi registrada na área próxima onde o último contato foi feito e nega qualquer irregularidade na embarcação.

A Marinha da Argentina insistiu neste sábado (25) que o submarino desaparecido ARA San Juan estava em boas condições quando iniciou sua missão, apesar dos temores levantados pela possível explosão que atingiu a embarcação de 44 tripulantes.

As esperanças para os sobreviventes diminuem cada vez mais. Já são 10 dias de desaparecimento — período de tempo suficiente para acabar o suprimento de oxigênio do submarino de acordo com especialistas, ainda que ele esteja intacto.

Há um esforço multinacional de busca e resgate em andamento. Apesar das condições climáticas muito adversas, um navio norueguês está transportando para o local um módulo de resgate submarino dos EUA que irá fazer buscas.

Juan Kulichevsky / Wikimedia

O submarino ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes a bordo

O ARA San Juan partiu em 8 de novembro do porto de Ushuaia a caminho de Mar del Plata.

“Dois dias antes de navegar, houve uma verificação de todo o sistema operacional”, disse o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, em coletiva de imprensa. “O submarino não navega se isso não for feito. Se partiu de Ushuaia, era porque estava na condição de fazê-lo”.

Balbi disse que o capitão informou em 15 de novembro que havia um problema elétrico em um compartimento da bateria, mas ele depois comunicou por telefone via satélite que o problema havia sido resolvido e que continuaria a viagem submersa em direção a Mar del Plata.

Desde então, não houve contato com o San Juan, e nenhum sinal da embarcação ou detritos, apesar de uma busca intensiva.

Mas também foi no dia 15 de novembro que tanto a Marinha dos Estados Unidos como a agência internacional de monitoramento da proibição de testes nucleares detectaram o que parecia ser uma explosão submarina na área onde o submarino estava em operação.

A informação sobre a explosão causou comoção entre os familiares dos marinheiros, reunidos na base naval de Mar del Plata, onde esperavam informações . Alguns se ajoelharam aos prantos, outros deram socos nas paredes ou se abraçaram com outros familiares e marinheiros.

Acabo de saber que sou viúva“, disse na altura Jessica Gopar, mulher do cabo Fernando Santilli. “Vim pendurar um cartaz que dizia que estamos esperando por ele, quando alguém saiu e fez um gesto negativo com o rosto. Entendi logo que tudo tinha acabado“, disse, chorando.

Os familiares da tripulação, que aguardam por informações em Mar del Plata, afirmam que a embarcação de 33 anos estava em mau estado de conservação.

“Nós nos sentimos apoiados pelas pessoas”, disse Zulma de Vallejos, mãe do membro da equipe Celso Oscar Vallejos. “Eu sei que meu filho vai voltar. Eu sei que ele vai voltar vivo. A última palavra não foi falada”.

Ciberia // Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …