Israel inicia campanha de vacinação em massa

Kremlin.ru / Wikimedia

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Premiê Benjamin Netanyahu foi o primeiro israelense a receber a vacina, como forma de encorajar a população. Neste domingo, presidente do país, ministros e agentes de saúde também receberam o imunizante.

Israel iniciou neste domingo (20/12) sua campanha de vacinação em massa contra o coronavírus, imunizando funcionários da área da saúde. A campanha teve início um dia com o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, que foi o primeiro israelense a ser inoculado. Numa cerimônia pública, Netanyahu disse que queria “dar o exemplo” e “encorajar” a população.

Neste domingo, além dos primeiro agentes de saúde, a imunização também foi aplicada no presidente Reuvén Rivlin.

“Quando você vai e se vacina, você não está apenas cuidando de sua própria saúde, mas também da saúde daqueles ao seu redor”, declarou Rivlin ao ser vacinado no hospital Hadassah, em Jerusalém. “Este passo ajudará a todos a voltarem ao normal, reativará a economia e aliviará parte da enorme pressão sobre o sistema de saúde”, acrescentou.

Rivlin disse que as preocupações de alguns sobre o efeito das vacinas são legítimas, mas acrescentou que os imunizantes passaram por controles rigorosos e são confiáveis.

Além dos trabalhadores da saúde, espera-se que os prefeitos e outros ministros do governo também sejam imunizados hoje, informou a emissora pública de televisão Kan.

Ontem, junto com Netanyahu, foi vacinado o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, e hoje, junto com Rivlin, também foi a vez do ministro da Fazenda, Israel Katz.

A previsão é de que amanhã também sejam disponibilizadas doses para idosos que vivem em asilos e para os funcionários desses espaços. Depois, será a vez das outras pessoas com mais de 60 anos, e então seguirão as pessoas com patologias pré-existentes. Por fim, o restante da população será imunizado, com exceção de menores de 16 anos, mulheres grávidas ou amamentando e pessoas alérgicas ou que ainda estejam se recuperando da covid-19.

Com uma população de 9 milhões de habitantes, Israel tem centenas de milhares de doses de vacina da Pfizer – entre 500 mil e 600 mil, de acordo com o jornal Haaretz – e espera receber quase 4 milhões a mais até o final deste ano.

“Acredito que nas próximas semanas teremos vacinas suficientes para vacinar pelo menos 2 milhões de cidadãos”, disse hoje a diretora de Serviços de Saúde Pública do Ministério da Saúde, Sharon Alroy-Preis.

O plano de vacinação israelense exige de 60 mil a 82 mil doses por dia, embora a imprensa local tenha advertido que as dificuldades na distribuição poderiam forçar um ritmo mais lento. Além da Pfizer, Israel também tem acordos com outras farmacêuticas, incluindo a Moderna, da qual receberá 6 milhões de doses nos próximos meses.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …