Italiano é condenado por infectar 32 mulheres e um bebê com HIV

“Seus atos tinham como único objetivo matar”. Foi assim que promotores descreveram o que fez o contador italiano Valentino Talluto, condenado nesta sexta-feira a 24 anos de prisão por infectar mais de 30 mulheres com HIV (vírus que transmite a Aids) intencionalmente.

Sob o pseudônimo “Hearty Style“, Talluto conheceu por meio da internet mais de 53 mulheres, com as quais fez sexo desprotegido e sem contar que era portador do vírus até ser preso, em novembro de 2015.

Quando algumas delas lhe pediam para fazer sexo com proteção, o italiano, de 33 anos, alegava ser alérgico a preservativos e que tinha acabado de fazer um teste que descartou a presença de qualquer doença sexualmente transmissível.

De todas as vítimas de Talluto, 32 mulheres foram infectadas, assim como os cônjuges de três delas e o bebê de uma quarta. A criança nasceu com encefalopatia, uma inflamação no cérebro, que segundo os médicos foi “devida ao vírus HIV contraído da mãe durante o nascimento”.

Muitas das parceiras do italiano eram estudantes. Algumas já eram mães. A mais jovem tinha 14 anos e a mais velha, 40 anos. Quando várias delas descobriram, por meio de exames de rotina, que eram portadoras do vírus, entraram em contato com Talluto, que alegou que não tinha nada a ver com o contágio.

Outras só souberam de sua condição quando a prisão dele foi noticiada pela imprensa. Durante o julgamento, que começou em março deste ano em Roma, as vítimas descreveram os horrores do HIV, incluindo o estigma, e o fardo do tratamento.

Algumas delas continuaram com Talluto meses depois de descobrirem que tinham o vírus. No final, foi a traição compulsiva dele – o italiano chegava a manter seis relacionamentos ao mesmo tempo – que as afastou.

Sem intenção

A acusação pediu a prisão perpétua de Talluto por ele ter causado de forma intencional “uma epidemia”. “Talluto nunca colaborou, fez declarações falsas, negou toda a responsabilidade. Suas ações tinham como único objetivo matar“, afirmaram os promotores.

Por outro lado, a defesa alegou que os atos do italiano foram “imprudentes, mas sem intenção”.

Segundo seu advogado, Talutto era um homem carente de afeto, que nunca conheceu seu pai e perdeu sua mãe, viciada em drogas e soropositiva, há quatro anos. Além disso, argumentaram que as mulheres poderiam ter sido infectadas por outros homens.

No fim do mês passado, Talluto quebrou o silêncio. Ele se mostrou arrependido pelo que fez, mas disse não ter consciência dos seus atos.

“Muitas das mulheres com quem me relacionei conheceram meus amigos e parentes. Disseram que eu queria infectar a maior quantidade de pessoas possível. Se fosse assim, teria buscado sexo casual em bares; não teria compartilhado minha intimidade com elas”, alegou.

Ao fim de mais de 10 horas de julgamento, Talluto foi considerado culpado por ter causado “danos físicos graves e incuráveis” a suas vítimas e condenado a 24 anos de prisão. O juiz, contudo, não acatou o argumento da acusação de que o italiano teria provocado uma “epidemia”.

Condenações pelo mundo

Essa não foi a única condenação no mundo por contágio intencional de HIV.

No Estado americano do Missouri, que tem uma das legislações penais mais duras dos Estados Unidos, um jovem de 23 anos foi condenado a 30 anos de prisão em 2015 por esconder que era soropositivo e fazer sexo sem proteção com cinco homens. Um deles acabou infectado.

No mesmo Estado, outro homem, de 36 anos, foi condenado a 12 anos de prisão pela mesma acusação. Um de seus ex-parceiros afirmou ter sido infectado por ele.

Diagnosticado com o vírus HIV havia dez anos, o acusado fez sexo sem proteção com mais de 300 homens. Durante o julgamento, ele reconheceu que não informou nenhum deles sobre sua condição.

No entanto, o juiz optou por reduzir a pena para 12 anos de prisão uma vez que as autoridades tiveram dificuldade para localizar potenciais vítimas e reunir provas. A maioria dos encontros, organizado por meio da internet, aconteceu de forma fortuita.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …