O Japão já ganhou a Copa (pelo menos no que toca a dar o exemplo)

Francis R. Malasig / EPA

Os torcedores japoneses têm dado o exemplo na Copa da Rússia por recolherem o lixo no final dos jogos

Os japoneses têm dado o exemplo nesta Copa da Rússia por recolherem seu lixo no final dos jogos. Torcedores de outras seleções, como o Senegal e o Brasil, já seguem os mesmos passos.

Mamoru e Paroshi, dois torcedores do Japão, olham um para o outro e riem antes de responder à pergunta que se tornou frequente desde que a Copa da Rússia começou: “por que os japoneses recolhem o próprio lixo?”

“É a cultura japonesa”, dizem ambos, quando confrontados com o episódio no final do jogo contra a Colômbia na Arena Mordovia, em Saransk, que venceram por 2-1, que chocou meio mundo.

O civismo dos japoneses rapidamente se tornou viral, não só nas redes sociais como também entre a imprensa mundial. Felizmente, a prática tem ganhado seguidores e, agora, até torcedores de outras seleções, como o Senegal e Brasil, já foram vistos fazendo a mesma coisa.

Para os japoneses, é estranho que as pessoas estejam tão surpreendidas. “Nós sujamos, nós limpamos. Isso é normal no Japão“, diz Mamoru. E, como diz o provérbio que dá vida à tradição, “não jogue terra no poço que dá água”.

Mais do que uma prática que acontece nos estádios de futebol russos, essa é uma filosofia japonesa, passada de geração em geração, conhecida por “souji” (a palavra tem vários significados, mas pode ser traduzida por uma bem simples de entender: “limpeza”).

Currículo escolar

Nas escolas japonesas, as crianças estão responsáveis por realizar certas tarefas como, por exemplo, limpar banheiros, varrer o chão ou lavar a louça, em um sistema rotativo coordenado pelos professores. O objetivo é ensinar os estudantes a terem cuidado com os espaços públicos que frequentam.

“Aprendemos desde cedo que é fácil levar esse hábito para onde quer que vamos“, explica Chikako Ehara, outro torcedor da seleção da Terra do Sol Nascente.

Já na Copa do Brasil, em 2014, o hábito japonês de recolher o próprio lixo já tinha sido notado porque os torcedores iam para os estádios preparados para limpar tudo antes de saírem. Durante a maior parte dos jogos, os sacos de lixo azuis eram improvisados a partir de balões usados para torcer pela equipe.

Mamoru explica que não é preciso muita organização para fazer isso acontecer. Basta que cada um limpe a área em sua volta. “É também uma forma de sermos respeitosos com os anfitriões”, afirma.

“Para nós, é uma honra que outros países também estejam fazendo o ‘souji’. Esperamos que outros torcedores se inspirem a fazer o mesmo”, diz ainda Chikako.

Prática errada?

No entanto, a limpeza dos estádios feita pelos torcedores tem gerado outro debate. No Japão, há quem diga que fazer o “souji” fora de casa significa interferir na cultura dos outros países.

Em um artigo publicado em 2014, o escritor japonês Mayumi Matsumoto, que vive em Londres, questionou se a prática não seria, na verdade, desrespeitosa para outras culturas e questionou mesmo se não poderia gerar perda de empregos.

“Não devemos desprezar as pessoas de outros países que não fazem a limpeza em eventos esportivos. Essas pessoas estão se comportando da forma que é natural para elas. E temos que pensar nas pessoas que precisam de emprego nos países mais pobres”.

Por enquanto, na Copa da Rússia, o “souji” está claramente ganhando o debate.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chapéu de Indiana Jones bate recorde em leilão

O icônico chapéu do personagem Indiana Jones rendeu R$ 2,1 milhões em um leilão em que 600 objetos foram vendidos nesta quinta-feira (20) em Londres, superando as estimativas dos especialistas. Entre os 600 itens disponíveis para …

Hospitais norte-americanos se unem e criam farmacêutica para baixar preços de medicamentos

Mais de 120 hospitais americanos estão criando uma empresa farmacêutica sem fins lucrativos para diminuir os preços dos remédios. Em 2019, a empresa espera ter seus primeiros produtos no mercado. A nova farmacêutica, Civica Rx, criada …

Astrônomos descobrem “Vulcano”, o planeta de Spock

Astrônomos norte-americanos descobriram um exoplaneta com características muito semelhantes às de “Vulcano”, o planeta de origem de Spock, o inesquecível personagem da famosa série Star Trek. Localizado a 16 anos-luz da Terra, o novo planeta orbita …

Trump ameaça paralisar governo se não houver dinheiro para o muro

O presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta sexta-feira (21) travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por não prever financiamento para construir o desejado muro na fronteira com …

Bolsonaro passa por cirurgia para drenagem de líquido no abdômen

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado em unidade semi-intensiva, passou por um procedimento para drenagem de líquido que estava ao lado do intestino, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, em …

Temer, Moreira e Padilha devem depor em processo sobre suposta organização criminosa

O juiz Vallisney de Oliveira, juiz da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, convocou o presidente Michel Temer como testemunha em um processo que investiga se uma suposta organização criminosa agiu na Petrobras. Além do …

TSE pretende tornar público o código fonte das urnas eletrônicas

Durante um evento de segurança que ocorreu em São Paulo na quarta-feira (19), Rodrigo Coimbra, chefe da seção de voto informatizado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmou que faz parte do planejamento do órgão tornar …

Brasileiras triplicam busca por congelamento de óvulos para adiar maternidade

Desde criança, a publicitária Camila Alvarenga de Paula Pinto, hoje com 37 anos, alimenta uma certeza na vida: quer ser mãe. Ela tem como referência a sua própria mãe, Denise, que teve três filhos e …

Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais

A partir de 1º de novembro, os brasileiros poderão receber, em reais, remessas enviadas do exterior por parentes e amigos, definiu o Banco Central (BC). Em circular publicada nesta quinta-feira (20), a autoridade monetária regulamentou as …

Detergentes podem contribuir para excesso de peso em crianças

Os produtos habitualmente utilizados na limpeza da casa podem promover alterações na microbiota intestinal (antes conhecida por flora intestinal) e provocar o excesso de peso em crianças. A conclusão é de um novo estudo realizado …