Johnny Depp pede desculpas por sugerir assassinato de Donald Trump

O ator americano Johnny Depp pediu, em comunicado enviado à revista “People”, por declarações realizadas durante o festival de música de Glastonbury, no Reino Unido, onde perguntou quando foi a última vez que um presidente dos Estados Unidos foi assassinado.

“Peço desculpas pela brincadeira de mal gosto que fiz na noite de ontem sobre o presidente Donald Trump“, indicou o protagonista da saga “Piratas do Caribe”.

“Não foi entendido como eu pretendia, foi um comentário sem maldade. Só queria divertir as pessoas, não ferir ninguém”, completou.

Depp fez a polêmica brincadeira durante a apresentação do filme “O Libertino”, estrelado por ele em 2004. Segundo a imprensa britânica, o ator disse: “Alguém pode trazer Trump aqui?”, o que provocou histeria entre os presentes no evento anual realizado em Somerset.

Quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente? Quero esclarecer: não sou um ator. Atuo para viver. No entanto, passou um tempo e talvez seja o momento”, continuou Depp.

Na sequência, ele mesmo reconheceu que suas declarações poderiam ser mal interpretadas. “Certamente isso vai sair na imprensa e será horrível. Se trata apenas de uma pergunta, não estou insinuando nada”, afirmou.

As declarações do ator foram condenadas pela Casa Branca.

“O presidente Trump condena a violência em todas suas formas e é triste que outros, como Johnny Depp, não tenham seguido seu exemplo”, afirmou a Casa Branca em comunicado divulgado hoje.

“Espero que alguns dos colegas de Depp condenem severamente esse tipo de retórica, como fariam se os comentários tivessem como alvo um democrata”, completa a nota divulgada pelo governo.

Em outro comunicado, o Serviço Secreto, responsável pela segurança do presidente dos EUA, afirmou estar ciente das declarações de Depp.

“Por razões de segurança operacional, não comentamos especificamente ou em termos gerais os meios e métodos usados para protegê-lo”, disse o órgão.

Em janeiro, a cantora Madonna disse, em Washington, que pensava em explodir a Casa Branca. Já o rapper Snopp Dogg também provocou polêmica ao divulgar um videoclip no qual aponta uma pistola de brinquedo para Trump, representado por um ator fantasiado de palhaço.

Mais recentemente, a humorista Kathy Griffin publicou uma foto na qual segura uma cabeça falsa de Trump, sugerindo uma decapitação do presidente. O republicano respondeu dizendo que a também atriz deveria estar “envergonhada” de ter feito algo assim.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …