Kevin Spacey pede desculpas após acusação de assédio sexual a menor e revela homossexualidade

O astro de Hollywood Kevin Spacey, o “Frank Underwood” da série americana House of Cards, exibida pelo Netflix, veio a público pedir desculpas depois de ter sido acusado de assediar um ator adolescente há mais de 30 anos.

No mesmo pedido de desculpas, Spacey admite, pela primeira vez, ter tido relacionamentos com outros homens. E diz que “escolhe viver agora como um homem gay”.

As acusações contra Spacey foram feitas somente agora pelo ator de Star Trek Anthony Rapp que, à época, tinha 14 anos de idade. Rapp relatou que Spacey o convidou para uma festa e aparentava estar bêbado, quando o suposto incidente ocorreu.

Em entrevista ao site BuzzFeed News, o ator, de 46 anos, contou que estava sentado na beira de uma cama, após uma festa ocorrida no apartamento de Spacey, em 1986, quando o vencedor do Oscar, hoje com 58 anos, entrou no quarto.

“Ele me carregou no colo como um noivo carrega a noiva. Mas eu não me afastei inicialmente, porque estava me perguntando: ‘o que está acontecendo?’. Ele, então, se deitou em cima de mim”, disse Rapp.

Ele estava tentando me seduzir. Eu tinha noção de que ele estava querendo investir em mim sexualmente”, acrescentou o ator, que disse ter conseguido ir ao banheiro e escapar.

Rapp explicou que se sentiu motivado a revelar a história após o escândalo envolvendo o poderoso produtor de Hollywood Harvey Weinstein, acusado por mais de 50 mulheres de estupro e assédio sexual. Weinstein nega as acusações de sexo não consentido. “Eu revelei a minha história, apoiado nos ombros das corajosos homens e mulheres que têm decidido falar”, disse, no Twitter.

Em nota, Kevin Spacey, que tinha 26 anos quando o suposto incidente ocorreu, disse estar “horrorizado” pelo relato, e afirmou que não se lembra do encontro. “Mas se eu tiver me comportado da forma como ele descreve, devo a ele as mais sinceras desculpas pelo que teria sido um comportamento etílico inapropriado“.

Spacey afirmou ainda que “admira” Rapp. “Eu sinto muito pelos sentimentos que ele diz ter carregado por todos esses anos”, escreveu.

O protagonista de House of Cards também fez revelações sobre a própria sexualidade, ao afirmar que já teve relacionamentos com homens e mulheres.

“Essa história me encorajou a lidar com outras questões da minha vida. Eu sei que há histórias sobre mim por aí, algumas alimentadas pelo fato de eu ser tão cuidadoso com minha privacidade. As pessoas mais próximas a mim sabem que, na minha vida, tive relacionamentos com homens e mulheres”, revelou.

Amei e tive relacionamentos românticos com homens, ao longo da minha vida, e escolhi hoje viver como um homem gay. Quero lidar com isso de forma honesta e aberta, e isso começa comigo examinando meu próprio comportamento”, assumiu.

Entretanto, a revelação de Spacey valeu muitas críticas nas redes sociais, com pessoas a questionar o momento escolhido pelo prestigiado ator para revelar sua orientação sexual, quando está sendo acusado de tentativa de abuso sexual a um menor.

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A crise dos combustíveis no Reino Unido

Governo atribui escassez em todo o país ao pânico dos consumidores, enquanto faltam caminhoneiros em razão de políticas pós-Brexit. Premiê Johnson deixa militares de prontidão para garantir distribuição aos postos. Mais de dois terços dos postos …

Cientistas brasileiros desenvolvem algoritmo capaz de detectar covid pela tosse

Para o diagnóstico de infecção do coronavírus SARS-CoV-2, diferentes pesquisas buscaram soluções para identificar sinais da doença. Agora, cientistas brasileiros do Grupo CyberLabs desenvolveram um algoritmo capaz de detectar a covid-19 através de um simples áudio …

CIA teria considerado assassinar Assange durante presidência de Trump, aponta relatório

Jornalistas, analistas políticos e organizações de imprensa ficaram chocados neste domingo (26) após lançamento de uma reportagem que acusa membros da administração do ex-presidente dos EUA, Donald Trump, de haver planejado assassinato do fundador do …

Cresce a desconfiança nas instituições no Brasil, segundo Datafolha

A confiança dos brasileiro nas instituições públicas sofreu uma queda generalizada desde julho de 2019, com a maior piora ocorrendo na avaliação da Presidência da República, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (25/09). Também houve aumento …

Alemanha: social-democratas saem à frente nas eleições, mas disputa é acirrada

Os social-democratas alemães saíram na frente neste domingo (26) nas eleições parlamentares que marcam o fim da era Merkel, de acordo com as estimativas iniciais, mas os conservadores da chanceler alemã ainda pretendem disputar …

Revelada consequência grave da COVID-19 mais frequente do que se acreditava

Novo estudo revelou que os pacientes com COVID-19 que foram internados em unidades de terapia intensiva (UTI) têm mais possibilidade de desenvolver deficiências cognitivas contínuas. O estudo de quase 150 pacientes internados no início da pandemia …

Fundo de Bill Gates investe US$ 50 milhões em robôs agricultores que poupam água

A startup norte-americana Iron Ox recebeu um aporte de US$ 53 milhões (R$ 280,5 milhões) para melhorar sua tecnologia de robôs usados na agricultura e que consomem 90% menos água que plantações tradicionais. O dinheiro veio …

Bolsonaro pede à população que tome banho frio e evite elevador

O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta quinta-feira (23/09) à população que tome banho frio e evite usar o elevador para economizar energia elétrica. "Aqui são três andares. Quando tem que descer, mesmo que o elevador esteja …

A incrível descoberta que indica presença humana nas Américas muito antes do que se pensava

Novas descobertas científicas apontam que humanos chegaram às Américas pelo menos 7 mil anos antes do que se estimava anteriormente. As pesquisas em torno do momento em que o continente americano passou a ser povoado a …

Mianmar: Justiça americana ordena quebra de sigilo do Facebook para investigar ameaças contra rohingyas

Um juiz americano ordenou ao Facebook que divulgue os arquivos de contas ligadas de membros do exército birmanês e de milícias budistas que perseguiram a minoria Rohingya em Mianmar. A decisão, que encontra resistência …