Kevin Spacey pede desculpas após acusação de assédio sexual a menor e revela homossexualidade

O astro de Hollywood Kevin Spacey, o “Frank Underwood” da série americana House of Cards, exibida pelo Netflix, veio a público pedir desculpas depois de ter sido acusado de assediar um ator adolescente há mais de 30 anos.

No mesmo pedido de desculpas, Spacey admite, pela primeira vez, ter tido relacionamentos com outros homens. E diz que “escolhe viver agora como um homem gay”.

As acusações contra Spacey foram feitas somente agora pelo ator de Star Trek Anthony Rapp que, à época, tinha 14 anos de idade. Rapp relatou que Spacey o convidou para uma festa e aparentava estar bêbado, quando o suposto incidente ocorreu.

Em entrevista ao site BuzzFeed News, o ator, de 46 anos, contou que estava sentado na beira de uma cama, após uma festa ocorrida no apartamento de Spacey, em 1986, quando o vencedor do Oscar, hoje com 58 anos, entrou no quarto.

“Ele me carregou no colo como um noivo carrega a noiva. Mas eu não me afastei inicialmente, porque estava me perguntando: ‘o que está acontecendo?’. Ele, então, se deitou em cima de mim”, disse Rapp.

Ele estava tentando me seduzir. Eu tinha noção de que ele estava querendo investir em mim sexualmente”, acrescentou o ator, que disse ter conseguido ir ao banheiro e escapar.

Rapp explicou que se sentiu motivado a revelar a história após o escândalo envolvendo o poderoso produtor de Hollywood Harvey Weinstein, acusado por mais de 50 mulheres de estupro e assédio sexual. Weinstein nega as acusações de sexo não consentido. “Eu revelei a minha história, apoiado nos ombros das corajosos homens e mulheres que têm decidido falar”, disse, no Twitter.

Em nota, Kevin Spacey, que tinha 26 anos quando o suposto incidente ocorreu, disse estar “horrorizado” pelo relato, e afirmou que não se lembra do encontro. “Mas se eu tiver me comportado da forma como ele descreve, devo a ele as mais sinceras desculpas pelo que teria sido um comportamento etílico inapropriado“.

Spacey afirmou ainda que “admira” Rapp. “Eu sinto muito pelos sentimentos que ele diz ter carregado por todos esses anos”, escreveu.

O protagonista de House of Cards também fez revelações sobre a própria sexualidade, ao afirmar que já teve relacionamentos com homens e mulheres.

“Essa história me encorajou a lidar com outras questões da minha vida. Eu sei que há histórias sobre mim por aí, algumas alimentadas pelo fato de eu ser tão cuidadoso com minha privacidade. As pessoas mais próximas a mim sabem que, na minha vida, tive relacionamentos com homens e mulheres”, revelou.

Amei e tive relacionamentos românticos com homens, ao longo da minha vida, e escolhi hoje viver como um homem gay. Quero lidar com isso de forma honesta e aberta, e isso começa comigo examinando meu próprio comportamento”, assumiu.

Entretanto, a revelação de Spacey valeu muitas críticas nas redes sociais, com pessoas a questionar o momento escolhido pelo prestigiado ator para revelar sua orientação sexual, quando está sendo acusado de tentativa de abuso sexual a um menor.

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …