LEGO lança coleção em homenagem às cientistas que fizeram história da NASA

Que o homem já pisou no espaço, estamos todos cansados de saber. Mas você sabe dizer quantas mulheres já exploraram a vastidão do universo?

Mais de 40 astronautas mulheres americanas já deixaram o Planeta Terra em algum momento da história da NASA. Quem computou e anunciou os dados foi Maia Weinstock, a vice-editora de notícias do MIT, Massachusetts Institute of Technology.

Cansada do descaso de sua profissão e em seu meio, Maia inovou na forma de chamar a atenção e propôs que a LEGO criasse uma linha que homenageasse as mulheres matemáticas, astronautas e cientistas que entraram para a história sem muitos comentarem sobre.

A vice-editora se inscreveu portanto na competição “LEGO Ideas”, que convida pessoas de todo o mundo a proporem uma linha criativa de personagens para a marca. Se as propostas inscritas forem capazes de arrecadar o apoio de 10 mil pessoas, são avaliadas pela comissão oficial do brinquedo e tornam-se realidade.

O projeto de Maia, que chama Women of NASA, ou Mulheres da NASA, além de conseguir o número necessário de apoio, já foi aprovado pela comissão LEGO e irá para as lojas ainda em 2017 ou início de 2018.

O brinquedo traz cinco personagens que representam as mulheres pioneiras na NASA: Katherine Johnson, Nancy Grace Roman, Margaret Hamilton, Mae Jemison e Sally Ride.

As pioneiras na NASA. Você sabe quem são?

Nancy Grace Roman foi uma das primeiras astrônomas e executivas mulheres a existir na NASA. Roman era conhecida como “Mãe do Hubble”, por ter desenvolvido papel fundamental na criação do telescópio espacial Hubble.

Mae Jemison e Sally Ride eram astronautas. Em 1983, Ride foi a primeira mulher a ir para o espaço. Jamison também fez história como a primeira africana a sair do Planeta Terra em sua profissão.

Katherine Johnson era física, cientista espacial e matemática. Ela teve um papel fundamental na criação da programas aeronáuticos que visavam a exploração espacial dos Estados Unidos.

Margaret Hamilton era, também, uma cientista da computação. Foi ela quem desenvolveu o software de computador de bordo na missão Apollo.

“As mulheres têm desempenhado papéis críticos na história do programa espacial dos EUA, e ainda assim, em muitos casos, suas contribuições são desconhecidas ou sub-apreciadas. Especialmente porque as mulheres têm historicamente lutado para ganhar aceitação nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática”, afirmou Maia Weinstock.

Segundo o Lego Ideas, ainda não há uma previsão exata de quando o brinquedo irá às lojas de todo o mundo. Muito bom, não?

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …