Um grupo de macacos do Panamá entrou na Idade da Pedra

Eric Kilby / Flickr

Macaco-prego-de-cara-branca

Um grupo de pesquisadores descobriu que uma população de macacos-prego-de-cara-branca do Panamá entrou na Idade da Pedra. Os animais começaram a usar ferramentas de pedra para conseguir partir nozes e mariscos, tornando-se o quarto tipo de primatas a fazer isso, depois de nós, humanos. 

De acordo com um novo estudo, disponibilizado em pré-publicação no BioArXiv no início de julho, o grupo de macacos habita a ilha de Jicarón, uma pequena ilha na costa do Panamá pertencente ao Parque Nacional de Coiba. Existem três ilhas no parque e todas têm essa espécie animal.

Os macacos de Jicarón começaram a usar ferramentas – mas nem todos. Apenas os machos de uma determinada região da ilha recorreram a estas ferramentas. “Ficamos surpresos com o fato de este comportamento parecer estar associado a uma determinada localização geográfica“, disse Brendan Barrett, autor principal do estudo e pesquisador do Instituto Max Planck de Ornitologia.

Estes comportamentos foram relatados pela primeira vez no parque em 2004, quando a coautora da pesquisa, Alicia Ibáñez, observou os macacos usando ferramentas de pedra.

Em março de 2017, os pesquisadores voltaram à região e colocaram “armadilhas” que continham câmeras de vídeo em todas as ilhas, de forma a capturar os macacos no momento em que utilizavam a ferramentas.

A equipe viu então os macacos machos partir cocos, caranguejos e caracóis. No entanto, os pesquisadores não conseguiram explicar o porquê do comportamento não ser difundido para outros grupos na ilha. Apesar disso, a equipe notou que os macacos se movem em grupos e, por isso, a inovação deve se espalhar.

Os biólogos sugerem que é possível que a entrada na Idade da Pedra tenha uma componente casual, em vez de ser fruto da evolução dos primatas. Por exemplo, é possível que um individuo da população de macacos fosse mais inteligente do que os restantes e começasse a usar ferramentas, que foram depois copiadas por outros.

E, tendo em conta que as opções alimentares destes primatas são limitadas, a utilização de ferramentas pode aumentar suas hipóteses de sobrevivência.

A equipe espera que sejam realizadas mais pesquisas sobre a espécie, de forma a melhor compreender o que está acontecemdo com esses macacos do Panamá.

Os macacos-de-cara-branca são a segunda espécie americana a entrar na Idade da Pedra. Outro grupo de macacos, encontrado no norte do Brasil, também usa ferramentas de pedra e pode estar fazendo isso há 700 anos. As outras duas espécies são macacos na Tailândia e chimpanzés na África Ocidental.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas revelam nova razão que explica dependência do álcool

De acordo com um novo estudo, a dependência do álcool tem uma relação direta com as mudanças climáticas: quanto mais frio é o clima e menos incidência de sol, mais as pessoas tendem a consumir …

Cientistas encontraram pássaro que é três espécies em uma só

Cientistas encontraram um pássaro incomum na Pensilvânia, que guarda um incrível segredo genético: a toutinegra é o híbrido de três espécies diferentes de pássaros. Uma equipe de cientistas encontrou um pássaro incomum na Pensilvânia, cuja mãe …

Hitler abraçou uma menina judia; 85 anos depois, a foto foi a leilão

Uma foto de 1933 mostra o ditador nazista ao lado de uma menina de seis anos de idade cuja avó era judia. A imagem, com uma dedicatória assinada por Hitler, foi arrematada em leilão por …

No deserto mais seco do mundo, a chuva mata

No deserto mais seco e mais antigo da Terra, as coisas não funcionam da mesma maneira que em outros lugares. A água, por exemplo, não é uma bênção. No deserto do Atacama, no Chile, as …

CIA pensou em usar “soro da verdade” nos interrogatórios do 11 de setembro

O “Projeto Medicação” foi posto de lado em 2003, mas, até lá, os médicos da CIA estudaram a hipótese de substituir as violentas técnicas de interrogatório pelo uso de um “soro da verdade” que fizesse …

Distração de professora provoca ferimentos em 40 crianças na China

A distração de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta em uma escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou nesta sexta-feira a imprensa …

Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura

A velocidade com que caminhamos fornece muitas pistas sobre o nosso estado de saúde e pode mesmo ajudar a prever uma morte prematura.  Segundo um novo estudo, realizado o por cientistas da Universidade do Sul …

Assassino de John Lennon sente “mais vergonha” a cada dia que passa

Mark David Chapman, que assassinou John Lennon em 1980, disse a um conselho de condicional que se sente “mais e mais envergonhado” a cada ano que passa por ter assassinado o ex-Beatle. “Há 30 anos, eu …

Submarino argentino ARA San Juan é achado um ano após ter desaparecido com 44 tripulantes

A carcaça do submarino argentino Ara San Juan, desaparecido desde 15 de novembro de 2017 com 44 tripulantes a bordo, foi localizada no fundo do oceano Atlântico, a 800 metros de profundidade, a leste da …

Cientistas determinam qual foi o pior período na história da humanidade

Cientistas americanos chegaram à conclusão de que em 536 d.C., "um dos períodos mais terríveis" começou na história da humanidade. Segundo o historiador medieval Michael McCormick, arqueólogo da Universidade de Harvard, um "nevoeiro misterioso" caiu sobre a …