Maduro nega crise migratória e diz que venezuelanos migram com bolsos cheios

(h) Miraflores Press / EPA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, insistiu nesta quinta-feira (13) que o seu governo é alvo de uma campanha internacional enganadora, que tem como objetivo justificar uma intervenção militar e política no país.

De acordo com Nicolás Maduro, há venezuelanos que se deixam seduzir por essa campanha e abandonam o país devido à crise econômica, mas que migram com os bolsos “cheios de dólares”.

“Alguns regressaram da escravidão [do exterior]. A maioria dos que regressaram foram enganados, eu diria, 100%, com pacotes falsos”, disse.

Nicolás Maduro falava durante o encerramento do III Congresso do Partido Socialista Unido da Venezuela – PSUV, o partido do governo –, que decorreu na Praça Bicentenário do palácio presidencial de Miraflores, em Caracas.

“Uma característica da migração venezuelana é que sai do país com o bolso cheio de dólares. O mínimo que levam são 5 mil dólares, isso é dinheirinho. Vendem moto, vendem carro e alguns até venderam o apartamento”, afirmou.

Segundo Maduro, há uma “estúpida campanha” contra o país, nas redes sociais, que procura “impor uma crise humanitária de migração”, para justificar uma intervenção contra a Venezuela, pela via militar e política”.

O chefe de Estado diz que, por trás dessa campanha, está o governo da vizinha Colômbia e acusou a oligarquia colombiana de “pretender explorar a comunidade internacional, pedindo milhões de dólares, roubando-os com a desculpa da migração venezuelana”.

Nicolás Maduro anunciou que o ministro venezuelano da Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, dirigirá uma comissão que acudirá a instâncias internacionais para exigir uma indenização à Colômbia pelos mais de 5 milhões de colombianos que se encontram na Venezuela, usufruindo de vários benefícios sociais.

Nicolás Maduro disse ainda que no dia 1º de outubro iniciará uma nova etapa da criptomoeda venezuelana Petro, que permitirá elevá-la a “uma potência a nível mundial”, e que permitirá à população adquirir planos de poupança com a moeda virtual.

“A Venezuela tem demonstrado ter tido sucesso no social, com a criação das missões sociais [programas governamentais de apoio à população carente]. Somos campeões mundiais em política nacional e internacional, e agora nos faz falta conquistar o campeonato mundial do equilibro econômico”, disse.

De acordo com a ONU, pelo menos 2,3 milhões de venezuelanos estão radicados no exterior, incluindo 1,6 milhão que migraram desde 2015, devido ao agravamento da escassez de alimentos, medicamentos e aos altos preços dos produtos na Venezuela, tendo em conta os baixos salários.

Países como o Brasil, a Colômbia, o Chile, o Panamá, a Argentina e o Equador são os principais destinos dos venezuelanos que migraram para países da América do Sul.

Nicolás Maduro continua a rejeitar a existência de um êxodo causado pela crise no país, afirmando se tratar de “uma campanha mundial para justificar uma política de intervenção”.

Por tudo isso, o presidente da Venezuela ordenou a criação de uma ponte aérea para trazer os cidadãos que pretendam voltar para casa.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …

Twitter vai tolerar até cinco posts antes de banir por desinformação sobre covid-19

O Twitter resolveu endurecer suas políticas de uso e vai pegar mais pesado contra quem dissemina fake news a respeito da COVID-19, tal como a eficácia e segurança das vacinas que visam combater a doença. Em …

EUA: "Trump tenta manter opções em aberto" para eleições presidenciais de 2024

Não demorou muito para Donald Trump se recuperar de sua derrota - que, aliás, ele ainda não reconhece. No domingo (28), o ex-presidente encerrou a Conferência de Ação Política Conservadora em Orlando, na Flórida. Diante …

Japão nomeia ministro da solidão para enfrentar o isolamento social no país

Os sintomas diretos da Covid-19 sobre nossa saúde já são bastante sabidos, entre febre, cansaço excessivo, dores no corpo, tosse seca e problemas respiratórios, mas uma série de efeitos indiretos vem sendo percebidos – se …

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …