Mãe em Estocolmo não é mais suspeita de aprisionar filho

Christian Bruna / EPA

Promotores suecos estão retirando seu caso contra uma mulher acusada de prender o filho por vários anos. De acordo com as últimas informações, não há provas suficientes de que ele havia sido detido contra sua vontade.

A mulher de 70 anos foi acusada de ter mantido o filho confinado em seu apartamento em um subúrbio de Estocolmo, capital da Suécia, por até três décadas.

Ela negou as alegações de cárcere privado e lesões corporais graves depois que o filho, agora com cerca de 40 anos, foi encontrado ferido e vivendo em condições miseráveis. A mulher foi liberada da custódia.

Não encontramos nenhuma indicação de que ele tenha sido preso, amarrado ou fisicamente impedido de deixar a residência. Não há indícios de que existiam cômodos trancados”, disse a promotora Emma Olsson à agência de notícias AFP.

“O próprio homem confirmou que cabia a ele decidir se queria deixar o apartamento”, disse.

“Ele é um adulto e poderia sair se quisesse”, acrescentou a promotora, observando que testemunhas também o viram na rua e na vizinhança de vez em quando.

Olsson afirmou a repórteres que os ferimentos do homem não podem ser atribuídos à violência.

Como o caso se desenrolou?

Reportagens publicadas nos últimos dias disseram que a irmã do homem havia visitado ao apartamento no domingo, 29 de novembro, depois de saber que sua mãe estava no hospital.

Ela disse à emissora sueca SVT que se mudou do local quando era adolescente e não viu mais o irmão desde então.

Segundo seu relato, na infância e adolescência ela tentou em vão alertar sobre o bem-estar de seu irmão, que foi retirado da escola quando tinha 11 ou 12 anos.

Ao visitar seu antigo lar e abrir a porta destrancada, ela relata ter encontrado o apartamento no escuro e cheirando a urina, decomposição, sujeira e poeira.

Ela não ouviu resposta alguma quando gritou “olá”. Ao entrar nos cômodos, teve que abrir caminho através da bagunça.

Ao ouvir um som da cozinha, ela viu um homem sentado em um canto escuro, iluminado por uma lâmpada da rua. Feridas cobriram suas pernas até os joelhos. Era seu irmão.

Quando a viu, ele se levantou e sussurrou seu nome repetidamente. O homem havia perdido quase todos os dentes e sua voz estava arrastada, disse ela.

De alguma forma, ele a reconheceu e não aparentava medo.

Quando o homem foi levado ao hospital, os médicos alertaram a polícia e a mãe foi detida.

A promotora Olsson disse à AFP que os assistentes sociais agora estão investigando o caso, incluindo os relatos de que ele foi retirado da escola antes da formatura e isolado em casa.

“Pode-se questionar as atitudes da mãe, mas agora cabe aos serviços sociais verificar isso”, disse ela.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Xi deixa alerta para Biden: protecionismo norte-americano pode gerar 'nova Guerra Fria'

O líder chinês deixou um aviso para o presidente norte-americano, Joe Biden: os EUA arriscam entrar em uma nova Guerra Fria se continuarem com as políticas protecionistas do ex-presidente Donald Trump. Em um discurso virtual na …

Polícia prende ladrões que abriam túmulos e roubavam crânios para rituais nos EUA

A polícia do condado de Lake, no estado da Flórida, nos EUA, prendeu dois homens acusado de violarem sepulturas e roubarem crânios e ossos no cemitério Edgewood, na região. A investigação utilizou DNA encontrado em charuto, …

Instituto Pasteur abandona projeto de vacina contra Covid-19

O Instituto Pasteur da França anunciou nesta segunda-feira o abandono do seu principal projeto de vacina contra a Covid-19, após os resultados decepcionantes dos primeiros testes clínicos. "As respostas imunológicas induzidas foram inferiores às observadas …

Biden reimpõe restrições para passageiros procedentes do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, restabeleceu nesta segunda-feira (25/01) a proibição da entrada no país de pessoas procedentes da União Europeia, Reino Unido e Brasil para conter a pandemia de covid-19. A nova …

Quem é 'el Chapo asiático' que foi preso acusado de controlar mercado de drogas de R$ 380 bilhões

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de "El Chapo" da Ásia. O cidadão canadense nascido na China é apontado como …

Homem recebe primeiro transplante duplo de braço e ombro

A ciência cada vez mais evoluída. Um homem da Islândia foi o primeiro do mundo a receber um transplante duplo de braço e ombro. A cirurgia foi um sucesso e o paciente, o islandês Felix Gretarsson, …

Bolsonaro pode enfrentar um tribunal internacional por crimes contra a humanidade

Jair Bolsonaro pode enfrentar acusações no Tribunal Penal Internacional (TPI) depois de ser acusado de crimes contra a humanidade. Líderes indígenas no Brasil e grupos de direitos humanos estão pedindo ao tribunal que investigue o presidente …

Presidente mexicano López Obrador é diagnosticado com Covid-19

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, 67 anos, entrou para a lista dos líderes mundiais que foram infectados pela Covid-19. Ele informou nesse domingo (24) que testou positivo para o novo coronavírus, …

Desenterram em Jerusalém granada de mão britânica da 1ª Guerra Mundial

Em pleno centro da cidade de Jerusalém, foi desenterrada uma granada de mão britânica da Primeira Guerra Mundial. O artefato perigoso foi descoberto em uma antiga cisterna por Oscar Becherno, responsável pela escavação arqueológica em nome …

Portugueses reelegem presidente Rebelo de Sousa

Urnas em Portugal confirmam previsão de vitória do chefe de Estado de centro-direita, que ganha novo mandato de cinco anos. Combate à pandemia é prioridade. Como esperado, os portugueses reelegeram neste domingo (24/01) o presidente Marcelo Rebelo …